domingo, 27 de junho de 2010

GUARDAR OS "DEZ MANDAMENTOS" É SINÔNIMO DE AMAR A DEUS E AO PRÓXIMO?


o-bom-samaritano1.jpg

É verdadeira esta afirmação?

Muitas vezes ouvi esta afirmação; Muitos blogs e sites a usam; até que resolvi pensar melhor sobre ela; vejam o que concluí

Não vejo a afirmação de que “Amar a Deus sobre todas as coisas e amar ao próximo com a ti mesmo” seja um resumo dos “dez mandamentos”, veja porque:

Os dez mandamentos não falam de amor.

Veja bem - Sobre os DEZ Mandamentos,
há a concordância que:

1 - Não ter outros Deuses, Só Nosso Criador;
2 - Não fazer/ter/adorar/imagens;
3 - Não falar o nome de Deus em vão;
4 - Lembra-te do sábado(Descanso -repouso);
5 - honrar pai e mãe;
6 - Não matarás;
7 - Não adulterar;
8 - Não furtarás;
9 - Não dirás falso testemunho:
10- Não cobiçarás.

- Os quatro primeiros - fala-nos do verdadeiro Deus e fuga da idolatria - ( NÃO FALA DE AMAR A DEUS OU DE SERMOS AMADOS POR ELE);

- Os seis seguintes - (FALA-NOS DE NÃO PREJUDICAR O PRÓXIMO, MAS NÃO DE AMÁ-LO E SER AMADO POR ELE)


- O Quarto mandamento - Fala-nos de responsabilidade para com Deus e para com nosso próximo, pois trata do descanso semanal - penso que deve ser dedicado ao descanso do trabalho e comunhão com Deus.

Quando Jesus disse:

Mateus 22:38
"Destes dois mandamentos dependem toda a lei e os profetas."

Ele disse TODA LEI E PROFETAS, e não os dez mandamentos e os profetas!


Quando a Bíblia fala "lei" nem sempre se refere aos dez mandamentos; e quando diz "mandamentos", nem sempre também se refere aos dez mandamentos, veja por quê:


Os dez mandamentos são uma fração dos mandamentos(LEIS) do Senhor contidas no Torah.

O Torah tem 613 mandamentos que devem ser estudados junto com o Talmude, para entender a alma do povo Judeu.

- 248 mitzvot eram(são) mandamentos positivos, como por exemplo a diretriz de que o Judeu deve cuidar da viúva e do órfão;

- 365 eram mandamentos negativos (são), como por exemplo a advertência de que o Judeu não deve aceitar suborno;

E Assim por diante...

Portanto vendo por este ângulo e sabendo que a bíblia foi escrita por Judeus, e que quando fala em mandamentos, temos a obrigação de permitir outros além dos dez.
Ajudado em consulta ao livro "o Físico" - páginas 410 e 414. Contém fatos históricos.

======================

Então, sobre esta afirmação de que "AMAR A DEUS SOBRE TODAS AS COISAS E AO PRÓXIMO COMO A TI MESMO", tratar-se de resumo dos dez mandamentos, pode ser UM PARADIGMA OU UM SOFISMA.

=======================

Penso que Jesus quis mostrar que guardar os dez mandamentos não é sinônimo de amar, veja porque:


Quando da parábola do Bom Samaritano(LUC 10:25 A 37), os dois zelosos guardadores da lei, ou seja o LEVITA E O SACERDOTE, que viviam no ministério da lei, PASSARAM DIRETO PELO MORIBUNDO A BEIRA DA ESTRADA, Pois os dez mandamentos não os condenava por não socorrê-lo(FALTOU O AMOR); CONTUDO O BOM SAMARITANO, pertencente aos perdidos, como diziam, compadeceu-se dele e o socorreu(PLENO DE AMOR). O Bom Samaritano vivia no Ministério do Espírito e não no ministério da lei.

PERGUNTA 1: O BOM SAMARITANO GUARDAVA OS DEZ MANDAMENTOS? guardava o sábado?
PERGUNTA 2: O LEVITA E O SACERDOTE GUARDAVAM OS DEZ MANDAMENTOS? guardavam o sábado?

(Já li que a bíblia não pode ser interpretada com base na parábolas, mas não foi na bíblia que li isto)

Para hoje:
(Guardar o sábado no contexto do novo testamento, acatando o que Paulo disse em Colossenses 2:16 e 17 e Romanos 14:5 e 6)

Quando do Grande julgamento, Jesus dirá:

Mateus 25
31 Quando, pois vier o Filho do homem na sua glória, e todos os anjos com ele, então se assentará no trono da sua glória;
32 e diante dele serão reunidas todas as nações; e ele separará uns dos outros, como o pastor separa as ovelhas dos cabritos; 25 33 e porá as ovelhas à sua direita, mas os cabritos à esquerda.
34 Então dirá o Rei aos que estiverem à sua direita: Vinde, benditos de meu Pai. Possuí por herança o reino que vos está preparado desde a fundação do mundo;
35 porque tive fome, e me destes de comer; tive sede, e me destes de beber; era forasteiro, e me acolhestes;
36 estava nu, e me vestistes; adoeci, e me visitastes; estava na prisão e fostes ver-me.
37 Então os justos lhe perguntarão: Senhor, quando te vimos com fome, e te demos de comer? ou com sede, e te demos de beber? 38 Quando te vimos forasteiro, e te acolhemos? ou nu, e te vestimos?
39 Quando te vimos enfermo, ou na prisão, e fomos visitar-te?
40 E responder-lhes-á o Rei: Em verdade vos digo que, sempre que o fizestes a um destes meus irmãos, mesmo dos mais pequeninos, a mim o fizestes.


Veja a seqüencia da narração em Lucas 10: 25 a 37, quando o Interprete da Lei perguntou:

Mestre que farei para herdar a Vida eterna? (Lucas 10:25)

Termina com a resposta do próprio interprete da Lei dizendo o termo: "O que usou de misericórdia para com ele."

Veja: Os dez mandamentos não ensinam a se comportar como o Bom Samaritano se comportou, pois caso contrário o Sacerdote e o Levita, que os guardavam, teriam socorrido o homem assaltado e ferido.

O Levita e o Sacerdote, guardavam os dez mandamentos, contudo negaram a misericórdia.

Guardar os dez mandamentos não é sinônimo de amar ao nosso próximo.

Entenda o que Jesus quis ensinar.
===================================
Lucas 10:
25 E eis que certo homem, intérprete da Lei, se levantou com o intuito de pôr Jesus à prova e disse-lhe: Mestre, que farei para herdar a vida eterna?
26 Então, Jesus lhe perguntou: Que está escrito na Lei? Como interpretas?
27 A isto ele respondeu: Amarás o Senhor, teu Deus, de todo o teu coração, de toda a tua alma, de todas as tuas forças e de todo o teu entendimento; e: Amarás o teu próximo como a ti mesmo.
28 Então, Jesus lhe disse: Respondeste corretamente; faze isto e viverás.
29 Ele, porém, querendo justificar-se, perguntou a Jesus: Quem é o meu próximo?
30 Jesus prosseguiu, dizendo: Certo homem descia de Jerusalém para Jericó e veio a cair em mãos de salteadores, os quais, depois de tudo lhe roubarem e lhe causarem muitos ferimentos, retiraram-se, deixando-o semimorto.
31 Casualmente, descia um sacerdote por aquele mesmo caminho e, vendo-o, passou de largo.
32 Semelhantemente, um levita descia por aquele lugar e, vendo-o, também passou de largo.
33 Certo samaritano, que seguia o seu caminho, passou-lhe perto e, vendo-o, compadeceu-se dele.
34 E, chegando-se, pensou-lhe os ferimentos, aplicando-lhes óleo e vinho; e, colocando-o sobre o seu próprio animal, levou-o para uma hospedaria e tratou dele.
35 No dia seguinte, tirou dois denários e os entregou ao hospedeiro, dizendo: Cuida deste homem, e, se alguma coisa gastares a mais, eu to indenizarei quando voltar.
36 Qual destes três te parece ter sido o próximo do homem que caiu nas mãos dos salteadores?
37 Respondeu-lhe o intérprete da Lei: O que usou de misericórdia para com ele. Então, lhe disse: Vai e procede tu de igual modo.
===================================

No juizo o amor triunfará

Moral da história:

Se vamos obedecer aos mandamentos, não nos comportemos como O LEVITA, O SACERDOTE, MUITOS ESCRIBAS, MUITOS FARISEUS E MUITOS MAIORAIS DO TEMPLO, que secamente aplicavam a lei, sem um olhar de bondade , perdão, amor e misericórdia,.

"O CUMPRIMENTO DA LEI É O AMOR".

CONCLUINDO:

Não sabemos se Jesus vai perguntar sobre pontos divergentes de doutrinas e regras outras, mas com certeza as manifestações de amor, Ele vai.

No amor de Nosso Senhor e Salvador Jesus Cristo.
Francisco Alberto de Azevedo

142 comentários:

Francisco A. de Azevedo disse...

Completando o assunto assistam ao vídeo:

http://www.youtube.com/watch?v=IeLmq5pO5kc&feature=player_embedded

Fala dos Miseráveis e dos misericordiosos

Alberto

Décio disse...

Brinhante texto; não deixa dúvidas, o que vale é o Amor, e não a letra da lei. parabéns.

Décio - um Aprendiz de Cristão.

P R A S disse...

Parabéns! Texto claro, sem margem para duvidas; belo trabalho.

Novamente; parabéns.

www.exadventistas.blogspot.com

Jean Patrik disse...

Paz querido!!!

brigado por comentar no meu blog.

Quero deixar esse site: http://www.cacp.org.br/estudos/artigo.aspx?lng=PT-BR&article=2353&menu=7&submenu=4

e se quiser participar de um debate com muitos adventista eu lhe convido a acessar esse site: http://novotempo.com/namiradaverdade/

Um grande abraço!!!

Anônimo disse...

Com este comentário você quer dizer que as obras é que nos fazem "santos" perante Deus, ou seja, está invalidando o sacrifício de Jesus quando esteve aqui na terra.
Gostaria de expor outra visão, sobre esta desfigurada que acabo de ler.
Estes primeiros 4 mandamentos são, SIM, direcionados ao amor à Deus. Explicações:
1 - Não ter outros Deuses, Só Nosso Criador;
2 - Não fazer/ter/adorar/imagens;
3 - Não falar o nome de Deus em vão;
4 - Lembra-te do sábado(Descanso -repouso);
Mandamentos 1 e 2 - Uma vez que o nosso único modelo deve ser Ele, ao adorar/ter imagens de outros deuses, não estaremos com nosso amor voltado para Deus, e sim a deuses seculares (falsos).
Mandamento 3 - Poderia dispensar a explicação. Você, certamente, não sai por aí fazendo piadas de seu próprio pai, citando-o em conversas que venham a denegrir sua imagem, e após isto dizer que o ama!
Mandamento 4 – O Sábado serve de sinal entre nós, seres humanos, e o nosso Deus. O cordão umbilical que nos liga ao Pai. Quando não guardamos o Sábado é como se cortássemos este cordão. É uma marca para o Seu povo. A forma mais abrangente de mostrar que fazemos parte do Seu exercito. Pois o Senhor é o Deus do Sábado. Lembrando que TODO O BEM é lícito fazer no Sábado. Pesquisem na bíblia versos sobre o Sábado; Jesus não só guardava o Sábado como também ensinou qual a verdadeira forma de guardá-lo. Se ele veio aqui na terra e nos ensinou isto, certamente é porque é importante. Jesus não veio perder tempo com coisas fúteis. (Coloquem no Google – “Bíblia Online” coloquem a Palavra chave “Sábado” e confiram em suas bíblias os versos.) ESTÁ ESCRITO!
Lucas 6:5
Lucas 23:54

Os próximos 6 mandamentos são direcionados ao amor ao próximo. Explicações:
5 - honrar pai e mãe;
6 - Não matarás;
7 - Não adulterar;
8 - Não furtarás;
9 - Não dirás falso testemunho:
10- Não cobiçarás.
Mandamento 5 – Os filhos não demonstram seu amor aos pais quando os desonram. Um filho que envergonha seu pai com suas atitudes, certamente está colocando o amor no lixo ao fazer isto.
Mandamentos 6, 7, 8, 9, 10 – Vou matar minha mãe (6), vou trair meu marido(7), vou roubar de meu irmão(8), vou fazer fofoca da minha irmã(8) e vou olhar para a casa e o carro do meu visinho e desejar que ele perca tudo se caso eu não conseguir ter uma casa e um carro iguais ou melhores ao dele(10). Depois disso vou dizer: TE AMO, a cada um deles!
Por favor, sem ofensas, mas quem escreveu o texto acima foi uma pessoa que não soube examinar as escriturar e fazer uma analise correta dela. Estude verso por verso, novo e antigo testamento. Depois faça as suas conclusões, ao invés de pegar textos chaves, sem o seu contexto completo, para fazer análises da sua própria idéia.
Esta reflexão é apenas para que vejamos por outro ângulo o que foi exposto no comentário anterior.
Desde já agradeço

Francisco A. de Azevedo disse...

Caro Anônimo,

Penso que você não entendeu a essência do texto; peço-lhe que lei-o novamente.

Não estou contestando a bíblia, mas certas afirmações que ouço e leio por ai.

Cordialmente,

Administrador do Blog
Alberto

Francisco A. de Azevedo disse...

Sr. Anônimo ,

Saudações Cristãs!

Veja o que encontrei pesquisando no novo testamento sobre o sábado VS Jesus VS Fariseus e outros maiorais do templo;

Vá ao link abaixo e veja:

http://cristaoslivres-francisco.blogspot.com/2009/01/um-outro-paradoxona-doutrina-do-sbado.html

E Ainda sobro o sábado no link:

http://cristaoslivres-francisco.blogspot.com/2008/08/paradoxo-do-sbado.html

Pode fazer seus comentários e teremos o prazer de responde-los.

Cordialmente,

Alberto

"NÃO PERCA A CHANCE DE VIVER SAUDÁVEL!" disse...

Boa noite, Francisco!

Em primeiro lugar, quero lhe responder o que está no blog do Jean Patrik, pois o mesmo está bloqueado
para as minhas respostas, não sei o porque.
Ao vc dizer que "estou ofendendo" com as minhas respostas aos ataques que nós, da IASD sofremos, francamente, meu rapaz, então vcs podem dizer o que bem entendem e depois reclama de ofensas?
Então vc não viu o que o Jean publicou em seu blog a nosso respeito e no blog "NA MIRA DA VERDADE". Se não, faça, depois vc verá o que é ofensa, entendeu?
Me surpreendi ao vc dizer que já frequentou a IASD, ACHO QUR SE VC TIVESSE SIDO CONVERTIDO, não sairia, bem essa é a minha opinião.
Me admiro também ao vc mencionar sobre o que descrevi sobre a "besta" e as "meretrizes", vc não aceita ou não entende quem é a besta-mãe e suas filhas, só tenho a lamentar, está em APOCALIPSE. Por isso é o que disse, se vc tivesse ficado um pouco mais entre nós, saberia todos significados proféticos de APOCALIPSE.Penso também que vc é mais um daqueles que quando vai a alguma igreja, vai intuito de criticar, procurando defeitos nas pessoas, em vez de olhar pra CRISTO, perfeito, só Ele mesmo.
A questão do Sábado, é outra falta de conhecimento Bíblico, da maioria
dos que se dizem evangélicos. Afirmam, inclusive vc,que sábado é de judeu. Onde está na Bíblia tal afirmação? Francamente, vC precisa ler mais a Palavra de DEUS,saiba que de Gênesis a Apocalipse, vc não encontrará nenhuma passagem que desabona o sábado. Só pra te refrescar a sua memória, veja este texto: Col.2:14>> Veja que Paulo diz, a lei cravada na cruz é a de ordenanças, ou seja, a Lei de DEUS é imutável, não pode ser alterada.

Quanto ao seu tema "GUARDAR OS DEZ MANDAMENTOS...Não se trata de sinônimo, mas sim, de obediência a DEUS e amor tb ao próximo.

ORLANDO R. NETTO

Francisco A. de Azevedo disse...

Orlando,
Saudações cristãs!

É com respeito que recebo seus comentários aqui no meu blog, e assim, também me dirijo a você!

Veja como você se dirigiu a mim:

" Então vc não viu o que o Jean publicou em seu blog a nosso respeito e no blog "NA MIRA DA VERDADE". Se não, faça, depois vc verá o que é ofensa, entendeu?"

Senti no seu comentário certa hostilidade!

Me embrulha o estômago a hostilidade, arrogância, orgulho e truculência em defesa de idéias denominacionais..

Foi por isto que não pude ficar entre os Adventistas.

Se você prestar atenção, verá que muito do que acha que fui eu que escrevi, não é de minha autoria, por exemplo:
"Ao vc dizer que "estou ofendendo" com as minhas respostas aos ataques que nós, da IASD sofremos".

Onde falei isto?

Podemos até discordar, mas sem toda esta agressividade e truculência.

Visitei o blog A MIRA DA VERDADE e o blog do JEAN PATRICK e fiz comentários em ambos.

Só tem uma diferença o Blog do "Jean Patrick" publica os meus comentários, já o blog "mira da verdade" recusa a maioria dos meus comentários e parece que também não publica os comentários do Jean.

Observação - O Blog do Patrick, parece que passa em certos momentos, por dificuldade em receber os comentários... Tentei postar hoje uma resposta para o Fábio e não consegui.. Então tenha calma, continue tentando e penso que conseguirá postar lá.

Não posso abrir mão do meu direito de pensar e buscar entender a bíblia conforme Deus me inspira.

Entendo seu ponto de vista, afinal de contas, já fui assim também!

"Cada ponto de vista é a vista de um ponto!"

Não sei de quem é a frase, contudo bate direto no que estamos falando.

Quando eu olhava/lia a bíblia com os óculos da doutrina Adventista e de Ellen G. white, entendia tudo como você.

Hoje já não uso mais estes óculos, penso que o Espírito Santo é derramado sobre todos os sinceros de coração; Penso também que Deus derrama seu Espírito hoje, para enfrentarmos as situações de hoje; Não num passado distante, e ainda por tabela, derramando sobre outros(as) que ouviram ou ainda ouvem por você ou para nós.

O Espírito de Deus fala com você por tabela?

O que estou querendo dizer é que o espírito Santo de Deus pode falar direto com você! Pode até usar livros e sermões, mas a preferência de Deus é que você mesmo abra os ouvidos para sua voz.

"Se hoje ouvirdes a sua voz não endureçais o Vosso coração."

Não estou dizendo que deves me ouvir, mas prestar atenção ao clamor do Espírito de Deus!

Não sou contra a guarda do sábado; contudo sou contra aqueles que julgam os Cristãos gentios de não guardá-lo, e ainda mais, acusam as igrejas que não ensinam a guarda do sábado judaico de serem filhas da Meretriz.

Orlando, este ponto de vista que você defende com unha e dentes, não é um ponto de vista seu, e sim o ponto de vista da doutrina organizacional.

Quando for fazer ano bíblico de novo, preste atenção, quando a bíblia fala em:

- Sábado, Judeus, gentios, , pactos, 144.00, Grande multidão, selo de Deus, selados com o Espírito Santo e etc;

- Diferença de exigências dos apóstolos, que eram Judeus, aos conversos gentios ao Cristianismo (Um bom exemplo era o Romano gentio Cornélio);

- Veja também que quando no novo testamento, mostra alguém guardando o sábado, ou se preparando para guardá-lo, todos eram JUDEUS;

- Veja se existe no novo testamento a recomendação, para que algum converso gentio seguisse as regras alimentícias dos Judeus e guardasse o sábado judaico;

- Veja que o assunto preferido dos Escribas e fariseus, quando pegavam no pé de Jesus e dos apóstolos, era sobre Comidas, bebidas(Alimentos limpos ou imundos) e sábados;

Os Fariseus de hoje Fazem o mesmo com os outros Cristãos.

Desculpe-me a sinceridade, mas não posso ser falso com você!

Desculpe-me se algum entendimento meu, diferente do seu, te ofendeu. Não foi esta a intenção!

No Amor de Nosso Senhor e Salvador Jesus Cristo Filho do Eterno

Alberto

Anônimo disse...

-" Veja que o assunto preferido dos Escribas e fariseus, quando pegavam no pé de Jesus e dos apóstolos, era sobre Comidas, bebidas(Alimentos limpos ou imundos) e sábados;". Não é de adimirar que o senhor francisco azevedo tenha saido da IASD,não poderia ser o contrario com esse conhecimento tão limitado das escrituras. Que convineinte em irmão o seu comentário!Porem o irmão esquece que foi o próprio jesus que criou as leis sobre alimentos e sobre o sábado(afinal no principio o verbo estava com DEUS e o verbo era DEUS). Por acaso teria o proprio DEUS errado em criar essas leis? porque é isso que esta por trais das suas palavras, ou o irmão não percebeu? provi-nos no contexto biblico que jesus permite alimentar-se de comidas empuros. Uma pequena correção, não era os escribas e fariseus que pegavam no pé de JESUS e sim Jesus que os admoestavam os mesmos, ou por acaso a criatura é maior do que o criador? fique na paz.

Francisco A. de Azevedo disse...

Senhor anônimo do comentário anterior,

Saudações Cristãs!

Pegavam sim no pé de Jesus e dos Apóstolos, por causa de comidas bebidas e sábados.

Quando for fazer o ano bíblico novamente preste atenção nos detalhes.

Veja o que está no Novo Testamento sobre alimentação:

A - 1 Cor 10 :

25. COMEI DE TUDO O QUE SE VENDE NO MERCADO, sem levantar dúvidas por motivo de consciência,
26. pois a Terra e tudo o que ela contém pertence ao Senhor.
27. Se algum pagão vos convidar e aceitardes o convite, comei de tudo o que vos for oferecido, sem levantar dúvidas por motivo de consciência.
28. Mas se alguém vos disser: «Isto é carne sacrificada aos ídolos», não comais, por causa daquele que vos avisou e por motivo de consciência.
29. Falo da consciência dele, não da vossa. Por que motivo a minha liberdade deveria ser julgada por outra consciência?
30. Se eu tomo alimento dando graças, porque seria eu censurado por alguma coisa, pela qual dou graças?

B - Jesus disse também:
São Mateus 15,11

"Não é o que entra na boca que torna o homem impuro, mas o que sai da boca isso é que torna o homem impuro".

C - Visão de Pedro:

Atos 10:
11. Viu o céu aberto e uma coisa que descia para a terra; parecia uma grande toalha sustentada pelas quatro pontas.
12. Dentro dela havia toda a espécie de quadrúpedes, e também répteis da terra e aves do céu.
13. E uma voz disse-lhe: «Levanta-te, Pedro, mata e come!»
14. Mas Pedro respondeu: «De modo nenhum, Senhor! Porque eu nunca comi coisa profana e impura!»
15. A voz disse-lhe pela segunda vez: «NÃO CONSIDERES IMPURO O QUE DEUS PURIFICOU».

Continua no próximo comentário...

Francisco A. de Azevedo disse...

Continuação comentário anterior..

D - Será que ele considerou puro que já era puro? ou quis dizer que tornava a alimentação dos Cristãos gentios pura? Veja:

Marcos 7:
15. Nada há fora do homem que, entrando nele, o possa manchar; mas o que sai do homem, isso é que mancha o homem.
16. [BOM ENTENDEDOR MEIA PALAVRA BASTA.]
17. Quando deixou o povo e entrou em casa, os seus discípulos perguntaram-lhe acerca da parábola.
18. Respondeu-lhes: Sois também vós assim ignorantes? Não compreendeis que tudo o que de fora entra no homem não o pode tornar impuro,
19. porque não lhe entra no coração, mas vai ao ventre e dali segue sua lei natural? ASSIM ELE DECLARAVA PUROS TODOS OS ALIMENTOS e acrescentava:
20. Ora, o que sai do homem, isso é que mancha o homem.
21. Porque é do interior do coração dos homens que procedem os maus pensamentos: devassidões, roubos, assassinatos,
22. adultérios, cobiças, perversidades, fraudes, desonestidade, inveja, difamação, orgulho e insensatez.
23. Todos estes vícios procedem de dentro e tornam impuro o homem.

E - Hebreus 13:9
Não vos deixeis levar por nenhum tipo de doutrinas estranhas. O melhor é fortalecer o coração pela graça, e não com regras alimentares, que de nada serviam para quem as observava.

F - I Timóteo, 4
1. O Espírito diz claramente que nos últimos tempos alguns renegarão a fé, para dar atenção a espíritos sedutores e a doutrinas demoníacas.
2. Serão seduzidos por homens hipócritas e mentirosos, que têm a própria consciência como que marcada a ferro quente.
3. Eles proibirão o casamento, EXIGIRÃO A ABSTINÊNCIA DE CERTOS ALIMENTOS, embora Deus tenha criado essas coisas para serem recebidas com acção de graças por aqueles que têm fé e conhecem a verdade.
4. De facto, tudo o que Deus criou é bom, e nada é desprezível se tomado com acção de graças,
5. porque é santificado pela Palavra de Deus e pela oração.

G - Romanos, 14
1. Acolhei o fraco na fé sem lhe criticar os escrúpulos.
2. Um acredita que pode comer de tudo; outro, sendo fraco, só come legumes.
3. Quem come de tudo, não despreze quem não come. E quem não come, não julgue aquele que come, porque Deus acolhe-o assim mesmo.
4. Quem és tu para julgar um servo alheio? Se ele fica de pé ou cai, isso é lá com o patrão dele; mas ele ficará de pé, pois o Senhor é poderoso para o sustentar.

...continue lendo rom 14...

LEMBREM-SE! JESUS E OS APÓSTOLOS FALAVAM DE ALIMENTOS DOS GENTIOS TAMBÉM!

AS REGRAS ALIMENTÍCIAS DELES ERA DIFERENTE DA DOS JUDEUS.

ENTENDI QUE NÃO SE EXIGIU DOS GENTIOS SEGUIR AS REGRAS ALIMENTARES DA DISPENSAÇÃO LEVÍTICA.

Francisco A. de Azevedo disse...

Anônimo de comentário de 05 de outubro de 2010 23:53 hs...

Veja no NOVO TESTAMENTO como pegavam no pé de Jesus e dos Discípulos, por causa do sábado...

Vamos lá:

TODOS OS INCIDENTES, CONTROVÉRSIAS, JULGAMENTOS, ACUSAÇÕES E PERSEGUIÇÕES A JESUS E AOS DISCÍPULOS PELOS ESCRIBAS, FARISEUS E MAIORAIS DO TEMPLO, QUANTO AO SÁBADO, ERAM POR CAUSA DO SÁBADO SEMANAL, conforme podemos ver nas citações bíblicas.

NESTES INCIDENTES ELES OS JULGAVAM DE VIOLAR O SÁBADO SEMANAL.

MATEUS 12
1 – Naquele tempo passou Jesus pelas searas NUM DIA DE SÁBADO; e os seus discípulos, sentindo fome, começaram a colher espigas, e a comer.
2 – Os fariseus, vendo isso, disseram-lhe: Eis que os teus discípulos ESTÃO FAZENDO O QUE NÃO É LÍCITO FAZER NO SÁBADO.
5 – Ou não lestes na lei que, aos sábados, os sacerdotes no templo violam o sábado, e ficam sem culpa?
8 – Porque o Filho do homem até do sábado é o Senhor.
11 – E ele lhes disse: Qual dentre vós será o homem que, tendo uma só ovelha, se NUM SÁBADO ELA CAIR NUMA COVA, não há de lançar mão dela, e tirá-la?

MARCOS 3
2 E OBSERVAVAM-NO para ver SE NO SÁBADO curaria o homem, A FIM DE O ACUSAREM.
4 Então lhes perguntou: É lícito no sábado fazer bem, ou fazer mal? salvar a vida ou matar? Eles, porém, se calaram.

LUCAS 6
6 – Ainda em outro sábado entrou na sinagoga, e pôs-se a ensinar. Estava ali um homem que tinha a mão direita atrofiada.
7 -E os escribas e os fariseus observavam-no, PARA VER SE CURARIA EM DIA DE SÁBADO, PARA ACHAREM DE QUE O ACUSAR.
9 – Disse-lhes, então, Jesus: Eu vos pergunto: É lícito no sábado fazer bem, ou fazer mal? salvar a vida, ou tirá-la?

LUCAS 13
10 – Jesus estava ensinando numa das sinagogas no sábado.
14 – Então o chefe da sinagoga, INDIGNADO PORQUE JESUS CURARA NO SÁBADO, tomando a palavra disse à multidão: Seis dias há em que se deve trabalhar; vinde, pois, neles para serdes curados, e não no dia de sábado.
15 – Respondeu-lhe, porém, o Senhor: Hipócritas, no sábado não desprende da manjedoura cada um de vós o seu boi, ou jumento, para o levar a beber?
16 – E não devia ser solta desta prisão, no dia de sábado, esta que é filha de Abraão, a qual há dezoito anos Satanás tinha presa?

LUCAS 14
1 – Tendo Jesus entrado, num SÁBADO, em casa de um dos chefes dos fariseus para comer pão, ELES O ESTAVAM OBSERVANDO.
3 – E Jesus, tomando a palavra, falou aos doutores da lei e aos fariseus, e perguntou: É lícito curar no sábado, ou não?
5 – Então lhes perguntou: Qual de vós, se lhe cair num poço um filho, ou um boi, não o tirará logo, mesmo em dia de sábado?

JOÃO 5
9 – Imediatamente o homem ficou são; e, tomando o seu leito, começou a andar. Ora, aquele dia era sábado.
10 – Pelo que disseram os judeus ao que fora curado: Hoje é sábado, e não te é lícito carregar o leito.
16 – POR ISSO OS JUDEUS PERSEGUIRAM A JESUS, PORQUE FAZIA ESTAS COISAS NO SÁBADO.
18 – Por isso, pois, os judeus ainda mais PROCURAVAM MATÁ-LO, PORQUE NÃO SÓ VIOLAVA O SÁBADO, mas também dizia que Deus era seu próprio Pai, fazendo-se igual a Deus.

Continua no próximo...

Francisco A. de Azevedo disse...

Continuação...

Resposta ao Anônimo do comentário de 05 de outubro de 2010 23:53 hs..

Veja como continuavam a pegar no pé de Jesus por causa do sábado..

JOÃO 7
22 – Moisés vos ordenou a circuncisão (não que fosse de Moisés, mas dos pais), e no sábado circuncidais um homem.
23 – Ora, se um homem recebe a circuncisão no sábado, para que a lei de Moisés não seja violada, como vos INDIGNAIS CONTRA MIM, porque NO SÁBADO tornei um homem inteiramente são?

JOÃO 9
14 – Ora, era sábado o dia em que Jesus fez o lodo e lhe abriu os olhos.
16 -Por isso alguns dos fariseus diziam: ESTE HOMEM NÃO É DE DEUS; POIS NÃO GUARDA O SÁBADO. Diziam outros: Como pode um homem pecador fazer tais sinais? E havia dissensão entre eles.

Veja a recomendação do Apóstolo Paulo quanto a isto:

PAULO AOS COLOSSENSES 2:

“16 – Ninguém, pois, vos julgue pelo comer, ou pelo beber, ou por causa de dias de festa, ou de lua nova, ou de sábados,…”


PERGUNTA 1

Se todos os incidentes, controvérsias, acusações e julgamentos E PERSEGUIÇÕES, referentes à suposta(falsa), violação do sábado por Jesus e pelos discípulos, referiam-se aos sábados semanais; Porque só em colossenses 2:16 e 17 , referem-se à sábados cerimoniais..?

PERGUNTA 2
Não aconteceu nenhum incidente quanto aos sábados cerimoniais, ou aconteceu?

PERGUNTA 3
Porque Paulo advertiu para não julgar ninguém quanto aos sábados cerimoniais, se não aconteceu nenhum incidente quanto a eles?

PERGUNTA 4
Não era essa a preocupação de Paulo. Ou era?

PERGUNTA 5
Depois do citado acima, podemos dizer que Paulo em Colossenses 2:16 e 17, estava se referindo a sábados cerimoniais?

HOJE DÁ-SE A ENTENDER TAMBÉM: “NÃO SÃO DE DEUS POIS NÃO GUARDAM O SÁBADO.” Será isto correto?

================================
OPINIÃO DE SAMUELLE BACCHIOCHI SOBRE CL 2.16-17. (se não me engano é Adventista)
“O sábado em Colossenses 2.16: O tempo sagrado prescrito por falsos mestres referem-se como sendo ‘um sábado festival’ ou a lua nova ou um sábado. – ‘eortes e neomnia o sabbaton.’ (2.16). O consenso unânime de comentaristas é que estas três expressões representam uma lógica e progressiva seqüência (anual, mensal e semanal). Este ponto de vista é válido pela ocorrência desses termos… Um outro significativo argumento contra os sábados cerimoniais ou anuais é o fato de que estes já estão incluídos nas palavras ‘dias de festa…’Esta indicação positivamente mostra que a palavra SABBATON como é usada em Cl 2.16 não pode se referir aos sábados festivais, anuais ou cerimoniais”.
Determinar o sentido de uma palavra baseando-se exclusivamente em conceitos teológicos em prejuízo de evidências lingüísticas e contextuais é estar contra as regras de hermenêuticas bíblicas. Ademais, a interpretação que o Comentário Adventista dá à palavra ‘sábados’ de Cl 2.16 é difícil de ser sustentada, desde que temos visto que o sábado pode legitimamente ser tido como ‘sombra’ ou símbolos preparatórios de bênçãos da salvação.”“.

Atenciosamente,

Que o Deus Eterno nos ilumine

Francisco Alberto de Azevedo

DAYSE disse...

O amor? O que é o amor? Poderia o senhor me explicar o que é o amor? Disse Jesus: aquele que diz que me ama e nao guarda os mandamentos, mente e nele nao há verdade. Bem, se amo a Deus, respeito e guardo os seus mandamentos. Por que será que somente os Adventistas do SEtimo dia compreendem que a guarda de todos os mandamentos é necessario? Por que Deus deu somente essa luz para eles? Ahhh, vejo muito amor nas outras denominaçoes religiosas. Preocupação com o próximo, atenção, até certa dedicação. Mas será que esse é um amor verdadeiro? Ou justiça própria? Falar é fácil, viver é dificil, mas quem sou eu para julgar o meu próximo, quem sou eu para julgar um adventista? Sou uma adventista porque creio no segundo advento de cristo, e, do sétimo dia, porque sei que este mandamento como os outros 9 devem ser obedecidos, mas caso o amor nao seja o grande motivo de guardar esses mandamentos, em vão perco meu tempo. Ninguém será salvo por obras. Mas onde está o amor neste mundo? Ahhh, Lúcifer controla o mundo e leva-nos a dois extremos. Sermos legalistas demais ou sermos desgarrados demais. Meus irmãos de fé precisam praticar mais o amor ao próximo né? E, eu, o que tenho praticado, e você dono desse blog? E os pecados acariciados? Por que é tão fácil olhar para os defeitos dos outros? Por que será que parece que às vezes DEus nao nos ouve? Será que é com sinceridade que procuro o meu Deus? Será que sou movido pelo Espírito Santo ou pelo espírito satânico. Lucifer, o cara é inteligente, temos que admitir. Sabe que Deus tem um povo escolhido para levar a frente a sua mensagem e tenta desviar esse povo. Uffa, ainda bem que a salvação é individual. Cada um que se preocupe com os suas dívidas com DEus. Mas o que me adianta ser cheia de amor e quando alguem vem me ensinar as verdades bíblica, eu finjo que nao escuto porque nao quero me comprometer? Não dou ouvido ao santo sábado, nao dou ouvidos a união das igrejas através de doutrinas como a imortalidade da alma, o falso falar em línguas? Sabe por quê? Porque o amor q tem em meu coração é vil, é falso, é humano. O verdadeiro amor é humilde, aceita a vontade de DEus, aceita as provações da vida, aceita que o seu proximo é falho e orgulho. Ahh, já tive muita raiva de meus irmãos de fé. Já pensei em ser uma adventista dentro do meu lar, do meu convivio. Que seja assim, mas nunca poderei negar que esse povo, defeituoso e precisando abrir os olhos, povo que anda cego, pobre e nu, mas deixa de ser o que o meu SEnhor Escolheu. Cuidado, homens da terra, para nao apontar o erro esquecendo que todos erramos.

Francisco A. de Azevedo disse...

Dayse,

Saudações cristãs!

Obrigado pela visita e participação!

Desculpe a demora em publicar seu comentário.

------------------------------

Textos sobre o amor:

1 João

4.8 Aquele que não ama não conhece a Deus, pois Deus é amor.
4.16 E nós conhecemos e cremos no amor que Deus tem por nós. Deus é amor, e aquele que permanece no amor permanece em Deus, e Deus, nele.

(I São João 4,20)
Se alguém disser: Amo a Deus, mas odeia seu irmão, é mentiroso. Porque aquele que não ama seu irmão, a quem vê, é incapaz de amar a Deus, a quem não vê.

(Gálatas 5,14)
porque TODA A LEI se encerra num só preceito: Amarás o teu próximo como a ti mesmo (Lv 19,18).

(Romanos 13,8)
A ninguém fiqueis devendo coisa alguma, a não ser o amor recíproco; PORQUE AQUELE QUE AMA O SEU PRÓXIMO CUMPRIU TODA A LEI.

ão Mateus 22:
36. Mestre, qual é o maior mandamento da lei?
37. Respondeu Jesus: Amarás o Senhor teu Deus de todo teu coração, de toda tua alma e de todo teu espírito (Dt 6,5).
38. Este é o maior e o primeiro mandamento.
39. E o segundo, semelhante a este, é: Amarás teu próximo como a ti mesmo (Lv 19,18).
40. NESSES DOIS MANDAMENTOS SE RESUMEM TODA A LEI E OS PROFETAS.

I São João, 3
11.Pois esta é a mensagem que tendes ouvido desde o princípio: que nos amemos uns aos outros.
16.Nisto temos conhecido o amor: (Jesus) deu sua vida por nós. Também nós outros devemos dar a nossa vida pelos nossos irmãos.
17.Quem possuir bens deste mundo e vir o seu irmão sofrer necessidade, mas lhe fechar o seu coração, como pode estar nele o amor de Deus?
18.MEUS FILHINHOS, NÃO AMEMOS COM PALAVRAS NEM COM A LÍNGUA, MAS POR ATOS E EM VERDADE.

DECLARAÇÃO DE PAULO SOBRE O AMOR

1 Coríntios

13.1 Eu poderia falar todas as línguas que são faladas na terra e até no céu, mas, se não tivesse amor, as minhas palavras seriam como o som de um gongo ou como o barulho de um sino.
13.2 Poderia ter o dom de anunciar mensagens de Deus, ter todo o conhecimento, entender todos os segredos e ter tanta fé, que até poderia tirar as montanhas do seu lugar, mas, se não tivesse amor, eu não seria nada.
13.3 Poderia dar tudo o que tenho e até mesmo entregar o meu corpo para ser queimado, mas, se eu não tivesse amor, isso não me adiantaria nada.
13.4 Quem ama é paciente e bondoso. Quem ama não é ciumento, nem orgulhoso, nem vaidoso.
13.5 Quem ama não é grosseiro nem egoísta; não fica irritado, nem guarda mágoas.
13.6 Quem ama não fica alegre quando alguém faz uma coisa errada, mas se alegra quando alguém faz o que é certo.
13.7 Quem ama nunca desiste, porém suporta tudo com fé, esperança e paciência.
13.8 O amor é eterno. Existem mensagens espirituais, porém elas durarão pouco. Existe o dom de falar em línguas estranhas, mas acabará logo. Existe o conhecimento, mas também terminará.
13.9 Pois os nossos dons de conhecimento e as nossas mensagens espirituais são imperfeitos.
13.10 Mas, quando vier o que é perfeito, então o que é imperfeito desaparecerá.
13.11 Quando eu era criança, falava como criança, sentia como criança e pensava como criança. Agora que sou adulto, parei de agir como criança.
13.12 O que agora vemos é como uma imagem imperfeita num espelho embaçado, mas depois veremos face a face. Agora o meu conhecimento é imperfeito, mas depois conhecerei perfeitamente, assim como sou conhecido por Deus.
13.13 Portanto, agora existem estas três coisas: a fé, a esperança e o amor. Porém a maior delas é o amor.


MANIFESTAÇÃO DO AMOR DE DEUS POR NÓS:

(São João 3,16)
Com efeito, de tal modo Deus amou o mundo, que lhe deu seu Filho único, para que todo o que nele crer não pereça, mas tenha a vida eterna.

Cordialmente,

Alberto

"NÃO PERCA A CHANCE DE VIVER SAUDÁVEL!" disse...

Alberto!

Porque será que vc não citou I João 2:4? O verso 5 complementa e identifica quem realmente ama a DEUS.

Com certeza, vc gostaria que o mesmo não existisse, ou seja, que tivesse outra versão do tipo: "amamos a DEUS conforme o nosso entendimento, DEUS nos aceita do jeito que somos, e isto é suficiente".

Parabéns DAYSE, pela sua participação. Este é mais uma ovelha perdida, pena que até o momento, está cego espiritualmente.
Visite meu blog: orlandornetto.blogspot.com

Saudações em CRISTO;

ORLANDO R. NETTO

Francisco A. de Azevedo disse...

Sr. Orlando e Dayse,

Saudações!

Quanto aos seus comentários de citar passagens bíblicas, dando a entender que sou mentiroso, pois não guardaria algum mandamento de Deus.

PERGUNTO:

Qual entre os mandamentos de Deus julgas que não guardo?

Aguardando!

No Amor de Nosso Senhor e Salvador Jesus Cristo, filho do Eterno

Alberto

"NÃO PERCA A CHANCE DE VIVER SAUDÁVEL!" disse...

Alberto!

Você quer que continue lhe chamando de lunático?
Pois é o que parece. Agora vc pergunta a mim e a DAYSE: "Qual entre os Mandamentos ..."?
Cara, me surpreendo cada vez mais com suas respostas. Agora chego a pensar que, vc não seguiu a nenhuma denominação cristã, muito menos ASD.
Já que perguntou, eis a resposta:
o 4º Mandamento. Pelo menos é o que parece conforme seus comentários em tudo quanto é blog, e-mails, etc.
Vai negar agora?
Melhor é vc mudar de opinião do que
ficar passando por ridículo.
Não se trata de julgamento de nossa parte, apenas refutamos sobre o assunto e porque tb vc nos ataca, e agora que tocamos na sua ferida, então é isso!
Como diz o ditado: "QUEM COM FERRO FERE, COM FERRO SERÁ FERIDO".

PENSE NISTO......

ORLANDO R. NETTO

Francisco A. de Azevedo disse...

Senhores Leitores,

Saudações Cristãs!

Postei os comentários do Senhor Orlando(ADVENTISTA), nos quais ele ofende a minha pessoa, por discordar dele e das doutrinas de sua ORGANIZAÇÃO RELIGIOSA.

===== ME CHAMA DE LUNÁTICO e outras indiretas e alfinetadas ====

Ele é MAL EDUCADO, GROSSEIRO E NÃO RESPEITA AS PESSOAS. Gosta de satanizar, demonizar, denegrir a imagem, denegrir o caráter, fazer pressão psicológica e assédio espiritual dos que discordam dele.

NÃO CONSEGUIU ME INTIMIDAR, POIS SEI MUITO BEM COMO FUNCIONA ESTA TÉCNICA DE AMEDRONTAR AS PESSOAS, para trazê-las sob as sua garras E MANTÊ-LAS DOMINADAS, sendo usadas por eles e sua DENOMINAÇÃO.

Vejam que sempre fui educado com ele, exceto uma ou duas vezes que tive que falar sobre "fanatismo e farisaísmo ". Fora isto sempre o tratei com muito respeito e educação, pois foi isto que APRENDI COM MEUS PAIS E TAMBÉM COM OS ENSINAMENTOS DE MEU PASTOR JESUS CRISTO E DE SEUS APÓSTOLOS.

Também na religião a que pertenci até Aos meus 30 anos de idade, nunca fui tratado com tamanha grosseria e truculência.

Aproveito para pedir que quando forem postar algum comentário, não sejam ofensivos, pois serei obrigado a não moderá-los.

RESPONDENDO AO Senhor Orlando QUANDO ELE ME JULGA DE NÃO GUARDAR O QUARTO MANDAMENTO((sábado-descanso). OBSERVEM QUE ELE JULGA-ME SEM ATENDER AS RECOMENDAÇÕES DO APÓSTOLO PAULO PARA NÃO JULGAR NINGUÉM POR CAUSA DE SÁBADOS

veja com a bíblia diz isto:

PAULO AOS COLOSSENSES 2:

“16 – NINGUÉM, POIS, VOS JULGUE pelo comer, ou pelo beber, OU POR CAUSA de dias de festa, ou de lua nova, ou de SÁBADOS,…”

E ainda:

14.4 Quem é você para julgar o escravo de alguém? Se ele vai vencer ou fracassar, isso é da conta do dono dele. E ele vai vencer porque o Senhor pode fazê-lo vencer.
14.5 ALGUMAS PESSOAS PENSAM QUE CERTOS DIAS SÃO MAIS IMPORTANTES DO QUE OUTROS, ENQUANTO OUTRAS PESSOAS PENSAM QUE TODOS OS DIAS SÃO IGUAIS. Cada um deve estar bem firme nas suas opiniões.
14.6 Quem dá mais valor a certo dia faz isso para honrar o Senhor. E também quem come de tudo faz isso para honrar o Senhor, pois agradece a Deus o alimento. E quem evita comer certas coisas faz isso para honrar o Senhor e dá graças a Deus.
14.7 Porque nenhum de nós vive para si mesmo e nenhum de nós morre para si mesmo.

No Amor de Nosso Senhor Salvador Jesus Cristo, Filho do Eterno.

Obrigado!

Francisco Alberto de Azevedo

"NÃO PERCA A CHANCE DE VIVER SAUDÁVEL!" disse...

Alberto!

Encerrando a minha participação neste blog, me admira o quanto vcs, que não aceitam o 4ºMandamento, em dizer "PAZ NO SENHOR", sendo que o ódio está estampado na cara de vcs contra os ASD. Negam isto?

PENSEM NISTO...

ORLANDO R. NETTO

Francisco A. de Azevedo disse...

Senhor Orlando,

saudações Cristãs!

Discordar não é odiar! Não no meu dicionário.

Você disse: "ódio está estampado na cara de vcs contra os ASD. Negam isto?"

Quando vistes meu Rosto?

Você está querendo colocar ódio no meu coração, mente e cara. Isto é o que você concluiu. Não queira sentir por mim(Amar, odiar ou divergir por mim). Eu sei o que vai no minha mente e coração.

Será que você sente por mim?

É claro que nego!

Esta lógica de seu comentário anterior está errada.

Quando você mostra erros de interpretação e heresias para uma pessoa, pode muito bem estar demonstrando amor e não ódio.

Então peço-lhe entenda meus textos comentários de um ângulo que não seja ódio, mas interesse na busca da correta interpretação.

Afinal, posso até ter sido magoado por alguém, ou até ter magoado alguém, contudo: Grande é a diferença entre dialogar, divergir no entendimento de textos bíblicos e odiar alguém.

Portanto esta é sua conclusão.

Então não queira confundir os leitores e colocar em mim sentimento de ódio que não existe.

Tem outra! Parece que você sente necessidade de ser odiado e perseguido. Pare com esta paranóia e mania de perseguição.

Cordialmente,

Alberto

Francisco A. de Azevedo disse...

Orlando!!!!

Antes que me esqueça! Quando você diz que te odeio? você esta afirmando uma coisa que não sabe se sinto? portando pode ser uma mentira ou falso testemunho?

Veja o que diz o Nono mandamento:

9 - Não dirás falso testemunho:

Além disto, se eu te amar e não te odiar? você esta inventando que eu te odeio? Ai está uma mentira? Quem é o Pai da mentira?

Cordialmente,

Alberto

"NÃO PERCA A CHANCE DE VIVER SAUDÁVEL!" disse...

Alberto!

Não devia, como prometido, mas para satisfação aos seus leitores e em especial a vc, lamento lhe dizer que realmente não entendes o que é dialogar, discordar, refutar, contestar e outros sinônimos.

Portanto, a única coisa posso fazer por vc, é orar e pedir a intervenção do Espírito Santo em sua vida.

Não percebem(me dirijo a todos os ex-adventistas) que a união de vcs
em prol de atacar a IASD, mesmo que não vêem por este ângulo, mas é isto que fazem, estão concluindo o trabalho elaborado pelo nosso inimigo "invisível", satanás. Compare com Apc.12:17.

PENSEM NISTO.....

ORLANDO R. NETTO

Francisco A. de Azevedo disse...

Orlando,

Saudações!

Este negócio de se colocar entre os perseguidos é uma coisa; outra bem diferente é estar entre os perseguidos.

As passagem bíblicas Apocalipse 14:12, 12:17 , 1 João 2:4 e 34, também posso usar para alertar que sinto-me perseguido pelo Dragão,ou seja, satanás, como te mostrei, sobre o 9º mandamento, quando julgaste as pessoas de ODIAR os ASD.

Podes estar transgredindo o 9º mandamento. Não é mesmo? E me acusas de ser transgressor do 4º mandamento?

E o 1º mandamento, estamos transgredindo? Diz para termos um só Deus e não dois ou três.

Veja outra que encaixa bem sobre acusar:

"(Apocalipse 12,10)
Eu ouvi no céu uma voz forte que dizia: Agora chegou a salvação, o poder e a realeza de nosso Deus, assim como a autoridade de seu Cristo, porque foi precipitado o acusador de nossos irmãos, que os acusava, dia e noite, diante do nosso Deus."

Veja bem: Dizer que guardas os mandamentos de Deus é uma coisa; outra bem diferente é guardá-los na prática(Atos e em verdade) e não só de boca e língua afiada.

Veja o que João disse:
I São João, 3
18.MEUS FILHINHOS, NÃO AMEMOS COM PALAVRAS NEM COM A LÍNGUA, MAS POR ATOS E EM VERDADE.

Cordialmente e sem ódio, no amor de Nosso Senhor e Salvador Jesus Cristo, Filho do Eterno.

Alberto

P R A S disse...

Estimado Irmão em Cristo Francisco A. de Azevedo.

Vejo que os frutos do Espírito são abundantes na tua vida!

Este é o caminho! Que o Altíssimo sempre lhe conceda com abundância!

Li pacientemente todos os comentários do Srº Orlando e sinceramente tenho tristeza até em ter de admitir isso; mas neles não encontramos os verdadeiros frutos do Espírito:

Galatas 5:22 "Mas o fruto do Espírito é: amor, gozo, paz, longanimidade, benignidade, bondade, fé, mansidão..."

E com lágrimas tenho de admitir:

Galatas 5:4

"Separados estais de Cristo, vós os que vos justificais pela lei; da graça tendes caído."

Pelo verdadeiro amor que Jesus colocou em nossos corações; oremos pelo Srº Orlando e demais adventistas com este mesmo espírito.

Um forte abraço

E que o Altíssimo continue nos ilumine sempre

ex-adventistas.com

"NÃO PERCA A CHANCE DE VIVER SAUDÁVEL!" disse...

ALBERTO!

Pelo visto, isso não vai ter fim. Agora vc citou textos que servem de advertência pra vc mesmo. Por exemplo: Apc.12:10. Leia, medite, reflita, estas palavras cabem para aqueles que atacam o povo de DEUS.
O que a profecia de Apc.14:12 diz?
Francamente, por estas e outras besteiras que escreve, concluo que não chegaremos ao entendimento, pois falta conhecimento de sua parte como diz em OSÉIAS 4:6.

Uma confusão tremenda que fazem, é comparar OS DEZ MANDAMENTOS DA LEI DE DEUS com mandamentos de homens, ou seja, a Lei de DEUS é única, escrita pelo dedo de DEUS(Ex.31.18), as outras leis que encontramos na Bíblia, inclusive no N.T, são leis de homens. Infelizmente, a luz da sabedoria para interpretar estes, e toda Bíblia, é um privilégio de poucos, assim como diz o texto de Mt.20:16>"Muitos serão chamados, mas poucos os escolhidos".

Com certeza irá interpretar que estou usando de arrogância, prepotência, e tudo mais que vcs rotulam os ASD. Mas o resultado disso tudo, a profecia diz quem é o Seu povo verdadeiro, Apc.14:12.

Este texto, muitos gostariam que não existisse, pois o mesmo é pesado para aqueles que são desobedientes a DEUS. A exclusão deste povo é vc mesmo que faz, pois a escolha é individual.

Concluindo, não tem para onde fugir, ou vc obedece a DEUS ou ao diabo.

Em breve responderei ao PRAS sobre a postagem acima.

Pensem nisto.....

ORLANDO R. NETTO

"NÃO PERCA A CHANCE DE VIVER SAUDÁVEL!" disse...

AO PRAS!

Também já esperava de sua parte, quanto à opinião sobre os ASD.
Esta atitude, revela, como diz a Bíblia: "A BOCA FALA O QUE O CORAÇÃO SENTE".
Agindo assim, fica explícito o que está em Apc.12:17. Agora só falta vc discordar com este texto, refuta atacando uma denominação conceituada em todo mundo. Faço-lhe a mesma pergunta que fiz ao Alberto:
Se realmente fostes ASD, posso saber o que foi que motivou-o a desligar-se dela?
Não tome como ofensa, apenas responda se não lhe comprometer.

Fico impressionado ao vc citar textos do Apóstolo Paulo. Claro que muitos deles, jamais citaria pois iria contra à sua opinião, principalmente a respeito da Lei de DEUS. Um deles é Rm.3:31>"ANULAMOS, POIS, A LEI PELA FÉ? DE MANEIRA NENHUMA, ANTES ESTABELECEMOS A LEI".
Agora só falta vc me dizer que a Lei de que Paulo está tratando, não é a Lei de DEUS( OS DEZ MANDAMENTOS).

Espero que não penses assim, aí seria demais.

Se for o caso, outra pergunta:
"ONDE VC ESTAVA QUANDO ALGUÉM FALOU DESTE ASSUNTO EM SUA IGREJA? ISTO É, SE REALMENTE ÉS UM EX-ADVENTISTA?

Sabe porque esta desconfiança?
Muitos já foram desmascarados em dizer que eram ex-adventistas, só para levar vantagem em blogs existentes por aí. Não venha me dizer tb que estou afirmando que está mentindo, apenas estou lhe perguntando se é possível sabermos, devido aos fatos já comentados.

Não precisa ter pena de mim, sei das minhas convicções conforme a Bíblia me diz. Se olhar bem para si mesmo, descobrirá quem realmente necessita de piedade e misericórdia. Cuidado com julgamentos precipitados, inclusive os tais que o levou a se afastar da IASD, motivos estes que devem ser tratados com o nosso criador DEUS.

Com estima cristã;

ORLANDO R. NETTO

Anônimo disse...

Veja como os Adventistas atacam indiscriminadamente as outras religiões Cristãs:

Blog ; ADVENTISMO EM FOCO
Links=
1 - http://adventismoemfoco.wordpress.com/2010/10/08/porque-o-adventismo-em-foco-prefere-postagens-mais-agressivas/

Por que o Adventismo em Foco Prefere Postagens mais Agressivas?
Publicado em outubro 8, 2010 por IASD

A Bíblia descreve diversos tipos de ensinadores e profetas divinos. Havia alguns mais calmos, como o profeta Daniel. Outros, profundamente ‘agressivos’ como Elias e João Batista. João Batista chegou a ponto de insultar os líderes religiosos e o governador da época. Exemplo:

(Mateus 3:7) – E, vendo ele muitos dos fariseus e dos saduceus, que vinham ao seu batismo, dizia-lhes: Raça de víboras, quem vos ensinou a fugir da ira futura?

Os fariseus e saduceus eram os 2 maiores grupos religiosos de Israel!!! Seria o mesmo que dissermos hoje: Católicos e PROTESTANTES, Raça de víboras, quem vos ensinou a fugir da ira futura?

No exemplo de João Batista novamente desmascaramos os falsos profetas do espiritismo como Chico Xavier. Este não falava em ira futura, como aquele falava. Um falso profeta jamais fala da vingança de Deus.

Bem, retornando ao tema, vemos que Deus aprova na Bíblia profetas agressivos. As profecias em si são agressivas. O Livro do Apocalipse e de Daniel, não tratam de mar de rosas, mas de mar de sangue:

(Apocalipse 16:4) – E o terceiro anjo derramou a sua taça nos rios e nas fontes das águas, e se tornaram em sangue.

O que ocorre atualmente é que a maioria dos pregadores e blogs são um mar de rosas. Nem mesmo os heróis calmos da Bíblia possuiam tanta rosa no cabelo como estes pregadores e blogs cristãos da atualidade. Então resgatando o Espírito de João Batista, o blog adventismo em foco, veio para abalar geral.

Anônimo disse...

Com relação ao comentário anterior.

Quem são os Escribas e Fariseus de hoje?
Penso que são aqueles que desobedecem as recomendações de Paulo feita em Colossenses 2:16 e 17, julgando as pessoas pelos motivos citados....

Veja a recomendação do Apóstolo Paulo quanto a isto:

PAULO AOS COLOSSENSES 2:

“16 – Ninguém, pois, vos julgue pelo comer, ou pelo beber, ou por causa de dias de festa, ou de lua nova, ou de sábados,…”

É isto que eles fazem sabiam!?

"NÃO PERCA A CHANCE DE VIVER SAUDÁVEL!" disse...

Ao anônimo!

Será que este é o Alberto? Porque de vez em quando, entras com este pseudônimo. Você disse que os ASD atacam as denominações protestantes, às vzs se faz necessário, pois a melhor defesa é o ataque, ou seja, vc entende que é ataque porque é desmascarado perante a Bíblia, como não se admite o que faz, acaba levando para outro sentido.

Dou graças a DEUS porque estão fazendo com se cumpra as profecias. Oh! glória!!!

ORLANDO R. NETTO

Anônimo disse...

Cristãos debatedores,

(Romanos 2,1)
Assim, és inescusável, ó homem, quem quer que sejas, que te arvoras em juiz. Naquilo que julgas a outrem, a ti mesmo te condenas; pois tu, que julgas, fazes as mesmas coisas que eles.

(Romanos 2,3)
Tu, ó homem, que julgas os que praticam tais coisas, mas as cometes também, pensas que escaparás ao juízo de Deus?

(I Coríntios 4,4)
De nada me acusa a consciência; contudo, nem por isso sou justificado. Meu juiz é o Senhor.

(São Tiago 2,13)
Haverá juízo sem misericórdia para aquele que não usou de misericórdia. A misericórdia triunfa sobre o julgamento.

(São Tiago 4,12)
Não há mais que um legislador e um juiz: aquele que pode salvar e perder. Mas quem és tu, que julgas o teu próximo?

(São Tiago 4,11)
Meus irmãos, não faleis mal uns dos outros. Quem fala mal de seu irmão, ou o julga, fala mal da lei e julga a lei. E se julgas a lei, já não és observador da lei, mas seu juiz.

(São Tiago 5,9)
Não vos queixeis uns dos outros, para que não sejais julgados. Eis que o juiz está à porta.

(I Coríntios 4,5)
Por isso, não julgueis antes do tempo; esperai que venha o Senhor. Ele porá às claras o que se acha escondido nas trevas. Ele manifestará as intenções dos corações. Então cada um receberá de Deus o louvor que merece.

Cristãos! Vivam em paz entre si.

Dayse disse...

-
Olá, amigos cristãos.
Vendo toda essa discussão se o sábado é ou não é para ser guardado, fico até muito feliz. Bem, qual foi o dia que Deus descansou? Humm, o sétimo dia. Beleza. E, por que Deus descansou? Ahhh, Ele deveria estar muito cansado né? Acho que não. A palavra sábado, no hebraico quer dizer descanso, ou seja, o descanso do sétimo dia. Eita, viu só. Mas como temos um inimigo em comum, Lúcifer, o qual deseja que não obedeçamos os mandamentos de Deus, então, ele coloca dúvidas na cabeça do homem. Mas de que homem ele coloca dúvida? Nos homens orgulhosos que não conseguem ser fiéis e tentam impedir os que querem ser. Afinal, se eu nao consigo cumprir, preciso mentir para mim mesmo, pois assim nao me sentirei culpado. Ou melhor, ainda vou fazer confusão, vou falar para as pessoas que nao se deve guardar. Parabéns!!! Vamos desviar os filhos de DEus, pois assim nossa condenação será certa. Lúcifer, fica feliz da vida. Mais um orgulhoso no meu time.
Presta atenção:
DEUS DESCANSOU NO SETIMO DIA E DEPOIS COLOCOU COMO MANDAMENTO NO DECÁLOGO.
E ELE DISSE: LEMBRA-TE
VOCÊ SÓ PODE LEMBRAR DE ALGO QUE FORA ESQUECIDO, CONCORDA?
DEUS SABIA QUE ESQUECERIAM DO SEU SANTO DIA DE ADORAÇÃO.
VEJA O SITE ABAIXO, FEITO POR ESTUDIOSOS, NÃO POR CRISTÃO ADVENTISTA, POIS A REALIDADE NÃO SE PODE MUDAR.
O SÁBADO É PARA O REMANESCENTE FIEL. PEQUENO POVO. POVO ESCOLHIDO.
E DAREI OS MEUS SÁBADOS PARA SERVIR DE SINAL ENTRE MIM E VÓS, PARA QUE SAIBAIS QUE EU SOU O VOSSO DEUS E TU ÉS O MEU POVO.
AMÉMMMMMM
Sábado
Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa
Nota: Para outros significados de Sábado, veja Sábado
O sábado, por fundamentação bíblica e etimológica, é considerado o último[1],[2] dia da semana, seguindo a sexta-feira e precedendo o domingo, é um dia de oração e de descanso para judeus e cristãos sabatistas (tais como os Adventistas do Sétimo Dia e os Batistas do Sétimo Dia).

1° dia 2° dia 3° dia 4° dia 5° dia 6° dia último dia
Domingo Segunda-feira Terça-feira Quarta-feira Quinta-feira Sexta-feira Sábado

Por ordenação de trabalho e lazer e pela normalização ISO,[3] o sábado é considerado o sexto dia da semana com o sábado e o domingo como fim de semana, sendo assim na maioria dos calendários em todo o mundo.[4]

1° dia 2° dia 3° dia 4° dia 5° dia 6° dia último dia
Segunda-feira Terça-feira Quarta-feira Quinta-feira Sexta-feira Sábado Domingo

A palavra sábado deriva do latim sabbatum, que por sua vez deriva do Sabá hebraico (שבת, transliterado como shabāt), que designa o dia de oração e de descanso entre os judeus.

Povos pagãos antigos reverenciavam seus deuses, dedicando este dia ao astro Saturno, o que originou outras denominações, em inglês diz-se Saturday, e no holandês Zaterdag, com o significado de "Dia de Saturno".

Entre os romanos, por exemplo, este dia dedicado a Saturno, deus da agricultura, representava um dia de descanso pela boa colheita.

Origem dos nomes dos dias da semana
Ver artigo principal: Dias da semana
Os nomes dos dias da semana em português têm a sua origem na liturgia católica. Na maior parte das outras línguas, a sua origem são nomes de deuses pagãos e deuses mitológicos aos quais os dias eram dedicados.
.

"NÃO PERCA A CHANCE DE VIVER SAUDÁVEL!" disse...

Aos leitores!

Pessoal, esse anônimo é tão verdadeiro, que nem se identifica, por que será?

Ele citou textos que falam sobre julgamentos. Veremos se ele tem autoridade para tal procedimento.

Em outras de suas inúmeras postagens, disse que E.G.W é profetisa falsa e tb os ASD,e suas doutrinas são heresias.

Em primeiro lugar, tenho a absoluta certeza de que não conhece a origem
do adventismo, sabem por que?
Ele afirma que surgiu através de Guilherme Miller, se ele conhecesse, jamais diria isso.

A história do adventismo começou com Tiago White e sua esposa, Ellen G.White. Aí é que está o problema.
Miller recebeu o chamado de DEUS, mas não soube interpretar, confundiu "PURIFICAÇÃO DO SANTUÁRIO", em 1844, com a Volta de CRISTO.

Por causa da sua interpretação e falta de discernimento sobre a profecia que DEUS revelara a ele,
DEUS usou uma profetisa na pessoa de ELLEN G. WHITE.

Em seus diversos livros publicados,
ela revela sobre este acontecimento, conforme encontramos na profecias das 2300 tardes e manhãs do livro de DANIEL.
Também, de uma maneira mais clara e detalhada, de que E.G.W foi uma profetisa, encontramos nas "115 COMPARAÇÕES DE E.G.W COM OS PROFETAS".
Quem quiser, posso disponibilizar este material através do e-mail:
ornetto.winalite@gmail.com.

OBS>> PROCUREM LER "A HISTÓRIA DO ADVENTISMO", para maiores esclarecimentos.

Saudações em CRISTO;

ORLANDO R. NETTO

Francisco A. de Azevedo disse...

Senhores Cristãos!

Saudações!

Se você olha um lado da moeda não pode dizer que a conhece; portanto veja o outro lado, para poder dizer, "Conheço bem esta moeda!"

Procurem ver o outro lado da história da IASD, Nos livros:
--------------------
1 - THE WHITE LIE (A Mentira Branca - Walter T. Rea) -
nos links:
http://www.scribd.com/doc/3288026/A-Mentira-Branca-Walter-T-Rea

ou em espanhol

http://www.ellenwhiteexposed.com/espanol/egw17.htm

-----------------------------

2 - A NUVEM BRANCA (Dirk Anderson)
Nos links:

http://www.ellenwhiteexposed.com/port/mystory.htm

ou

http://gracamaior.com.br/ibsd-x-iasd/a-nuvem-branca-por-dirk-anderson.html

ou

http://www.ellenwhiteexposed.com/port/index.html

ou

http://www.ellenwhiteexposed.com/port/woc.htm

---------------------

3 - O LEVIATÃ ADVENTISTA (Edgard S. Pereira) -

No link:
http://oleviataadventista.blogspot.com/

-------------------

4 - A IGREJA DE VIDRO (Ubaldo Torres de Araújo) -

No link:

http://www.scribd.com/doc/7371292/Evangelico-Ubaldo-Torres-de-Araujo-Igreja-Adventista-A-Igreja-de-Vidro

--------------------------
5 - EU E O PAI SOMOS UM (Ricardo Nicotra)

no link:

http://www.scribd.com/doc/3941743/Eu-e-o-Pai-somos-Um

------------------------

6 - 42 VERGONHAS DA IASD (Ennis Meier)

no link:

http://www.adventistas.ws/

--------------------------------

7 - Mais informações no site:

http://www.adventistas.com/

Anônimo disse...

Parte do comentário do senhor ORLANDO, abaixo:

Uma confusão tremenda que fazem, é comparar OS DEZ MANDAMENTOS DA LEI DE DEUS com mandamentos de homens, ou seja, a Lei de DEUS é única, escrita pelo dedo de DEUS(Ex.31.18), as outras leis que encontramos na Bíblia, inclusive no N.T, são leis de homens. Infelizmente, a luz da sabedoria para interpretar estes, e toda Bíblia, é um privilégio de poucos, assim como diz o texto de Mt.20:16>"Muitos serão chamados, mas poucos os escolhidos".


Esse senhor falou uma sandice sem tamanho, prestem atenção, disse que somente o decálogo é lei de Deus, o restante das 613 ordenanças, bem como, os mandamentos de Cristo no novo testamento, são leis de homens. Nunca ouvi tamanho absurdo em minha vida, isso se chama patologia mental bíblica. E ainda tem a audácia de dizer que tem o privilégio da sabedoria para interpretar a bíblia. Quem lhe deu esse privilégio senhor ORLANDO, para blasfemar contra a palavra de Deus desse jeito, será que foi satanás, pois este é perito em distorcer a bíblia.

Anônimo disse...

Vamos usar de lógica, o que o senhor ORLANDO não fez. Vejamos, Moisés deixa claro no pentateuco, que toda lei foi passada por Deus, não só as duas tábuas. Ora, se Moisés tá mentindo em relação ao restante da lei, como sugere tal senhor, então quem me garante que não mentiu também em relação aos dez mandamentos? Se o restante da lei não é de Deus, como ele afirma, então não posso confiar na bíblia, pois a mesma diz que é. Só tem uma solução, conforme a própria bíblia diz: Seja todo homem mentiroso, e Deus verdadeiro, portanto, o senhor ORLANDO, mente descaradamente em favor da doutrina adventista, contrariando a doutrina bíblica.

Anônimo disse...

====================
Resposta a senhora Dayse:

O dia que Deus descansou, segundo está escrito na bíblia, foi o sétimo, sendo que este, dentro do calendário judaico, começa do por do sol de nossa sexta-feira, indo até o por do sol de nosso sábado, havendo desencontros entre os calendários. Ora, Deus não é Deus de confusão, como assim pretendem com essa doutrina de leis dada aos judeus, querendo impor a nós gentios, que além de vivermos em calendários diferentes, contando o dia sétimo das 00:00h de sábado, indo até às 24:00h deste mesmo dia, vivemos em um Estado laico, ao contrário dos judeus, que na época que Deus deu a lei através de Moisés, constituiu um Estado “teocrático”, onde o Senhor era o centro de tudo, inclusive imputando pena de morte para quem transgredisse tais leis, dando todas as condições para que as cumprisse, mostrando que é um Deus justo. Bom, mesmo com todas as condições justas dada por Deus para que as cumprisse, mesmo sob um Estado teocrático, mesmo sob a lei de talião, onde era olho por olho, dente por dente, os judeus não a cumpriram, quebrando o pacto feito através de Moisés, com isso não entrando no DESCANSO de Deus pela desobediência, como então querem fazer o impossível, inclusive taxar Deus de injusto, impondo leis que nem os judeus a puderam suportar, a nós gentios. Minha amiga, Deus é mais do que justo, não faria isso conosco, nos colocando em baixo de leis que só condenaram, sendo chamada por Paulo de ministério da morte e da condenação gravada em tábuas de pedras. Ora, Cristo veio pra que então? Não foi justamente para nos livrar da morte e da condenação do pecado? E Ele não nos livrou? Então como vós quereis nos colocar em baixo de novo, dessa maldição? Quem quer nossa condenação e nossa morte, senão o diabo, que me diga sua consciência. Falaste bem, o diabo está querendo colocar dúvidas no homem, os tirando debaixo das asas de Deus, na graça de Cristo, para nos colocar de novo em baixo da maldição da lei. Você pode dizer, mas só tá em maldição quem não a cumpre? É bem verdade isso, mas quem é que cumpre? Você? Se disser que sim, faz Deus de mentiroso, se disser que não reconhece que se colocou em baixo da maldição, decaindo da graça em Cristo, conforme Gálatas 5:

4 Separados estais de Cristo, vós os que vos justificais pela lei; da graça decaístes.
5 Nós, entretanto, pelo Espírito aguardamos a esperança da justiça que provém da fé.

Cont...

Anônimo disse...

A justiça da obediência vem pela fé e não pela lei, conforme acima, por isso se diz, que tudo que não é da fé, é pecado. Hoje, estamos sob uma nova relação de Deus para conosco, uma nova aliança, cujo alicerce é Cristo, não vivemos mais no velho pacto dos judeus, cujo mediador era Moisés, que intermediou a lei. Outra coisa, quem faz confusão é vocês sabatistas, rasgam a bíblia em favor de falsas doutrinas. Querem justificar uma divisão de lei de forma mentirosa, pois tudo veio de Deus, não existe lei de Moisés e lei do Senhor, como se fossem distintas, mas é uma só, referidas como sinônimos, conforme já bem debatido isso e mostrado através da bíblia, porém se fazem de desentendidos, justamente para impor o que não nos pertence. Veja só um pequeno exemplo abaixo:

Neemias 8:

"...disseram a Esdras o escriba, que trouxesse o livro da lei de Moisés, que o Senhor tinha prescrito a Israel" (vers. 1).

"Esdras, o sacerdote, trouxe a lei perante a congregação". (vers. 2).

"E leu no livro... e todo o povo tinha os ouvidos atentos ao livro da lei" (vers. 3).

"Leram no livro, na lei de Deus" (vers. 8).

"Dia após dia leu Esdras no livro da lei de Deus" (vers. 18).

Não podemos, ao ler esse texto, negar que o "livro da lei de Moisés" (vers. l) é o "livro da lei de Deus" (vers. 18); muito menos, que a "lei de Deus" é um "LIVRO", e não duas tábuas de pedras, como afirmam os sabatistas.

Tendo toda a certeza de que a "lei de Deus" foi escrita em um livro, e que ela é a mesma chamada "lei de Moisés", resta ao cristão, seja sabatista ou não, apenas aceitar isso e deixar de contrariar a palavra de Deus, seguindo doutrinas de homens e até mesmo de demônios, querendo desmerecer o que é sagrado. Quanto ao restante de suas questões, veja abaixo, conforme enumeração:

1) Deus descansou no sétimo dia e depois colocou no decálogo e disse lembrate? Sim, em parte é verdade, porém colocou em sua lei, que são 613 ordenanças, mas ao dizer lembra-te, estava se referindo aos judeus, pois o descanso do sábado semanal foi dado a eles, veja em Deuteronômio 5: 15 Lembra-te de que foste servo na terra do Egito, e que o Senhor teu Deus te tirou dali com mão forte e braço estendido; pelo que o Senhor teu Deus te ordenou que guardasses O DIA DO SÁBADO.


Não está Deus dizendo para lembrares que foste escrava na terra do Egito? Você se lembra disso? Eu não, portanto querida irmã, quem foi escravo na terra do Egito, foram os judeus, logo, Deus está falando com eles e não conosco.

2) Você só pode lembrar de algo que foi esquecido não é mesmo? Certamente, por isso te pergunto, você se lembra quando foi escrava no Egito? Se você não lembra, que é legalista, muito menos eu que só reconheço a graça.

3) Deus sabia que esqueceriam seu santo dia de adoração? Sim, certamente sabia, não só em questão ao sábado, mas em relação a toda lei, tanto é que os judeus não guardaram, sendo necessário a vinda de Cristo para as cumprir, graças a Deus por isso, se não nós gentios, estávamos perdidos. Por isso nos reservou um novo descanso, conforme o que segue em Hebreus 4:

Cont...

Anônimo disse...

2 Porque também a nós foram pregadas as boas novas, assim como a eles; mas a palavra da pregação nada lhes aproveitou, porquanto não chegou a ser unida com a fé, naqueles que a ouviram.
3 Porque nós, os que temos crido, é que entramos no descanso, tal como disse: Assim jurei na minha ira: Não entrarão no meu descanso; embora as suas obras estivessem acabadas desde a fundação do mundo;
4 pois em certo lugar disse ele assim do sétimo dia: E descansou Deus, no sétimo dia, de todas as suas obras;
5 e outra vez, neste lugar: Não entrarão no meu descanso.
6 Visto, pois, restar que alguns entrem nele, e que aqueles a quem anteriormente foram pregadas as boas novas não entraram por causa da desobediência,
7 determina outra vez um certo dia, Hoje, dizendo por Davi, depois de tanto tempo, como antes fora dito: Hoje, se ouvirdes a sua voz, não endureçais os vossos corações.
8 Porque, se Josué lhes houvesse dado descanso, não teria falado depois disso de outro dia.
9 Portanto resta ainda um repouso sabático para o povo de Deus.
10 Pois aquele que entrou no descanso de Deus, esse também descansou de suas obras, assim como Deus das suas.
11 Ora, à vista disso, procuremos diligentemente entrar naquele descanso, para que ninguém caia no mesmo exemplo de desobediência.


Acima diz claramente que foi nos dado outro descanso, pois os judeus não entraram naquele descanso, pela desobediência da lei, haja vista que não a receberam com fé, mas nós os que temos crido, somos os que temos entrado no descanso de Deus, logo, esse novo descanso, claramente é CRISTO, porém HOJE, pelas obras da fé, não da lei. Diz mais adiante, aquele que foi obediente por nós, cumprindo a lei e os profetas, entrou no descanso de Deus, mas Ele mesmo descansou de suas obras (salvação), assim como Deus das suas, portanto, se HOJE ouvires sua voz, não endureçais os vossos corações. Então ouça a voz dele em Mateus 11:

27 Todas as coisas me foram entregues por meu Pai; e ninguém conhece plenamente o Filho, senão o Pai; e ninguém conhece plenamente o Pai, senão o Filho, e aquele a quem o Filho o quiser revelar.
28 Vinde a mim, todos os que estai CANSADOS e oprimidos, e eu vos aliviarei.
29 Tomai sobre vós o meu jugo, e aprendei de mim, que sou manso e humilde de coração; e achareis DESCANSO para as vossas almas.
30 Porque o meu jugo é suave, e o meu fardo e leve.


E aí, vai continuar surda para a voz de Cristo? Vai perder o verdadeiro descanso nele, que é pela fé? Ora, se a lei era a sombra, sendo Cristo a plenitude, então está mais que claro, que nosso verdadeiro descanso é Ele, e não um dia semanal, pois, conforme Paulo, esse descanso é pela fé, então, como todos sabemos que Jesus é o autor e consumador de nossa fé, só nos resta descansarmos nele. Você tem fé em Cristo ou na lei? Então pronto, descanse Nele e não na sombra de um dia semanal.

Cont...

Anônimo disse...

4) O sábado é para o remanescente fiel, pequeno povo, povo escolhido: -Certamente que sim, era somente para o povo de Israel, conforme acima já explicado, pois dentre todas as nações, Deus só o deu àquele pequeno povo, porém nós cristãos, os que vivem pela graça pura de Cristo, somos selados pelo Espírito Santo, não por um dia semanal, seja ele sábado ou domingo.

5) E darei os meus sábados, para servir de sinal entre mim e vós, para que saibais que eu sou o vosso Deus e tu és o meu povo: - Mais uma vez se refere aos povo judeu, pois foi para eles que Deus deu todos os sábados, inclusive os chamados cerimoniais por vocês, porém para nós cristãos, dentro da nova aliança da graça, temos como descanso pleno, nosso senhor Jesus Cristo, que nos resgatou da maldição da lei.

Agora, para finalizar, veja o que se fala na bíblia para quem quer se fazer de judeu, não o sendo, Apocalipse 3:

9 Eis que farei aos da sinagoga de Satanás, aos que se dizem judeus, e não o são, mas mentem, eis que farei que venham, e adorem prostrados aos teus pés, e saibam que eu te amo.



Vai continuar nessa sinagoga de satanás, querendo se fazer de judeu? Ainda não conseguiu ver que nosso descanso é Cristo, pois foi Ele que nos resgatou do ministério da morte e da condenação, gravada em tábuas de pedras. Se somente AMARES, cumprireis a lei e os profetas, assim como Cristo fez, cumprindo-os por AMOR de nós, emitemo-lo, para que caiamos em sua graça, a perfeita justiça de Deus. Conseguiu entender, ou vai continuar no ministério da morte e da condenação, que nem os judeus conseguiram suportar, quanto mais nós gentios.

Fim.

Dayse disse...

Que Confusão hein...

Se estou debaixo da graça, então posso pecar? Porque a lei que diz: não matarás, me diz também, lembra-te do dia de sábado para o santificar. Bem, o sábado não era para os judeus, pois qdo foi criado no setimo dia, existia tão somente Adão e Eva. Depois vieram os Hebreus, da origem de Héber. Abraão era da cidade de Ur né? E Deus prometeu q de Abraao viria uma grande naçao. Hum, o povo que saiu do Egito, ainda não eram judeus né? Mas Deus pediu para que guardassem o setimo dia. Tá certo. Jesus veio da descendência de Judá, por isso, judeus né. Pedro era Judeu, Lucas não era, parece que Mateus também. Ahh, Paulo, um judeu que pregava para os seus e para os gentios. Interessante.
Nossa, que confusão.
O sábado é para quem mesmo?
Por que ele faz parte dos 10 mandamentos?
Por que dizemos que o sábado não deve ser guardado, mas os outros sim?
Afinal, não estamos debaixo da graça?

Vamos ver o que a Bíblia nos diz:
O que é estar debaixo da graça? Para se ter uma resposta, é preciso entender primeiro o que é a graça de Deus.
Na Bíblia a graça é freqüentemente definida como favor imerecido, uma condescendência não merecida, mas revelada a nós por Deus que morreu na cruz na pessoa de seu Filho Unigênito, Jesus Cristo. Só que é mais do que isso. Aceita em nossa vida, ela é o poder habilitador de Deus para Lhe cumprirmos a sua vontade. Foi por isso que Paulo disse: I Coríntios 15:10 “Mas, pela graça de Deus, sou o que sou; e a sua graça, que me foi concedida, não se tornou vã, antes trabalhei muito mais do que todos eles; todavia não eu, mas a graça de Deus comigo.”
Por que existe graça? Para isso é necessário responder: - Porque existe o pecado. Para existir a graça é necessário que exista o pecado, caso contrário a graça seria desnecessária.


N a verdade, a graça foi concedida desde o momento que Jesus decidiu morrer na cruz e não após a sua morte. Todos que foram salvos desde Adão e até a vinda de Jesus serão salvos pela mesma fonte salvadora – A misericórdia de Deus.
Abraão, Enoque, Elias e Jacó são alguns nomes de homens de fé que foram obedientes à lei e serão salvos pela graça..
II Timóteo 1:9 “que nos salvou e nos chamou com santa convocação; não segundo as nossas obras, mas conforme a sua própria determinação e graça que nos foi concedida em Cristo Jesus, antes dos tempos eternos”.

Dayse disse...

A bondade de Deus se estende a todos os pecadores obedientes, sinceros e humildes que crêem no poder transformador e purificador do Espírito de Deus.
E por estar debaixo da graça o homem está livre para não obedecer às leis, estatutos e juízos que Deus deixou para que seus filhos tenham paz na Terra?
Romanos 6:14 “Porque o pecado não terá domínio sobre vós; pois não estais debaixo da lei e sim da graça.”

És um fiel seguidor de Cristo? Obedeces aos seus mandamentos? Já não há condenação para os fiéis. A graça de Jesus não foi vã em sua vida, estais mortos para o pecado, mas vivo para Deus, em Cristo Jesus.
Romanos 6:15 a 18 “E daí? Havemos de pecar porque não estamos debaixo da lei e sim da graça? De modo nenhum! Não sabeis que daquele a quem vos ofereceis como servos para obediência, desse mesmo a quem obedeceis sois servos, seja do pecado para morte ou da obediência para a justiça? Mas graças a Deus porque, outrora, escravos do pecado, contudo, viestes a obedecer de coração à forma de doutrina que fostes entregues; e, uma vez libertados do pecado, fostes feitos servos da justiça.”
Os judeus eram obedientes às leis, mas não compreendiam que seus corações estavam cheios de inveja, malícia, idolatria. Sendo assim, por obedecerem às leis se julgavam justos e bons. Mas não é isso que a Bíblia ensina. Obedecer é conseqüência da gratidão que todo pecador deve ter pelo amor de Jesus Cristo.
Por isso, a lei é: I Timóteo 1: 8 a 11 “ Sabemos, porém, que a LEI É BOA, se alguém dela se utiliza de modo legítimo, tendo em vista que não se promulga lei para quem é justo, mas para transgressores e rebeldes, irreverentes e pecadores... e para tudo quanto se opõe à sã doutrina, segundo o evangelho da glória do Deus bendito, do qual fui encarregado.”

AGORA ENTENDI, A GRAÇA É PARA TODOS, POIS JESUS MORREU PARA SALVAR DESDE ADÃO ATÉ O ÚLTIMO HOMEM QUE VIVER NESTA TERRA, E ISSO QUER DIZER: SALVOS PELA GRAÇA, MAS OBEDIENTES POR AMOR. NINGUÉM SERÁ SALVO PELA LEI, MAS A LEI MOSTRA QUE A GRAÇÃO NAO FOI VÃ NA SUA VIDA.

Dayse disse...

E o Sábado?

1- Isaías 56:1 a 8 “Assim diz o Senhor... Bem-aventurado o homem que faz isto, e o filho do homem que nisto se firma, que se guarda de profanar o sábado e guarda a sua mão de cometer algum mal, não fale o estrangeiro que se houver chegado ao SENHOR, dizendo: O SENHOR, com efeito, me separará do seu povo; nem tampouco diga o eunuco: Eis que eu sou uma árvore seca. Porque assim diz o SENHOR: aos eunucos que guardam os meus sábados, escolhem aquilo que me agrada e abraçam a minha aliança, darei na minha casa e dentro dos meus muros, um memorial e um nome melhor que filhos e filhas; um nome eterno darei a cada um deles, que nunca se apagará. Aos estrangeiros que se chegam ao SENHOR, para servirem e para amarem o nome do SENHOR, sendo deste modo servos seus, sim, todos os que guardam o sábado, não o profanando, e abraçam a minha aliança, também os levarei ao meu santo monte e os alegrarei na minha Casa de Oração...”

2- Ezequiel 20: 1 a 44 – Vers. 12 e 20 “Também lhes dei os meus sábados, para servirem de sinal entre mim e eles, para que soubessem que eu sou o SENHOR que os santifica.”
Deus chama o Sábado de seu sinal para distinguir quem é o seu povo.

Ahhh, JESUS NOS ADOTOU COMO FILHOS DO PAI, E DEU DISSE QUE QUALQUER PESSOA QUE DECIDE GUARDAR O SEU SÁBADO SERÁ UM FILHO SEU.

O próprio Jesus disse: “Se me amais, guardareis os meus mandamentos”- João 14:15

E NA BÍBLIA DIZ:

1. “Aquele que diz: Eu O conheço, e não guarda os Seus mandamentos é mentiroso e nele não está a verdade.” - I João 2:4
2. “Aquele que violar um dos menores mandamentos e o ensinar, será considerado o menor no reino dos céus.” - Mateus 5:17-20
3. “Aquele que tropeçar em um mandamento é transgressor de toda a lei.” - Tiago 2:1-10
4. “Aquele que desviar o ouvido de ouvir a lei de Deus, até a sua oração será abominável.” Provérbios 28:8-9
5. “Em vão adoram-me seguindo a doutrinas de homens.” - Mateus 15:9
6. “Bem-aventurado os irrepreensíveis no seu caminho, que andam na lei do Senhor” – Salmos 119:1
7. “Tu ordenaste os teus mandamentos para que cumpramos à risca.” Salmos 119:4
8. “À lei e ao testemunho se não falarem desta maneira, jamais verão a alva. Isaías” 8:20
9. “Foi do agrado do Senhor, por amor da sua própria justiça, engrandecer a lei e fazê-la gloriosa.” Isaías 42:2110. Hebreus 5:8-9 “embora sendo Filho, aprendeu a obediência pelas cousas que sofreu e, tendo sido aperfeiçoado, tornou-se o Autor da Salvação Eterna para TODOS os que lhe OBEDECEM.”



Um dia, eu estava em sala de um curso q faço, e um rapaz contando que nao trabalha no sábado e tal, todo mundo interessado em saber o porquê, aí perguntaram: você é adventista, ele respondeu: - nao, apesar que temos muitas coisas em comum. E perguntaram: qual a diferença? Ele disse: um ponto, apenas: nós judeus não cremos em JESUS CRISTO, MAS OS ADVENTISTA SIM.
Nossa, fiquei muito feliz em ouvir isso e lembrei-me:


Apocalipse 12: 17 – “Irou-se o dragão(satanás) contra a mulher(igreja) e foi pelejar com OS RESTANTES DA SUA DESCENDÊNCIA – OS QUE GUARDAM OS MANDAMENTOS DE DEUS E TÊM O TESTEMUNHO DE JESUS.”
Apocalipse 14:12 “AQUI ESTÁ A PERSEVERANÇA DOS SANTOS, OS QUE GUARDAM OS MANDAMENTOS DE DEUS E A FÉ EM JESUS”.

Dayse disse...

Os hebreus, povo de origem semita, começaram seus deslocamentos por volta do II milênio antes de Cristo. No livro de Gênesis(o começo), conta-se como Abraão conduz seu povo para a terra que lhe fora prometida por Deus, o país de Canaã, ou Palestina. Historicamente, consta que os hebreus chegaram à Palestina no século XVIII a.C.
Divididos em doze tribos, estabeleceram-se numa região montanhosa, de colinas áridas e vales, banhado pelo rio Jordão e mar Morto. Vivendo sobretudo da agricultura e do pastoreio. Esse povo era chefiado pelo homem mais velho, o patriarca.
As secas, nas terras prometidas da Palestina, levaram os hebreus a migrar para o Egito por volta de 1800 a.C. Nessa travessia, foram conduzidos por Jacó, filho de Isaque, através do rio Nilo. Ficaram por lá muitos anos, sendo conduzidos por Moisés para fora do Egito para a cidade prometida novamente.
Os hebreus foram o único povo da Antigüidade a estabelecer uma religião monoteísta. Seu Deus não podia ser representado por estátuas e até o seu nome Jeová não devia ser pronunciado. A religião dos hebreus que mais tarde influenciaria o cristianismo, ensinava que Deus fez uma aliança com o povo de Israel, estes sendo o sEu povo devia obedecer-lhe os Dez Mandamentos, escritos em tábuas de pedra, depositadas numa caixa de madeira coberta de ouro – Arca da Aliança.
Todos os ensinamentos que o povo devia obedecer estão contidos na Bíblia, livro de narrativas históricas e profecias, a grande contribuição da cultura hebréia ao mundo ocidental.
Tirado de um livro de – História Geral I – Abril Cultural, este documentário confirma a verdadeira religião do povo escolhido por Deus.

E os judeus?

A palavra "judeu" originalmente era usada para designar aos filhos de Judá, filho de Jacó, posteriormente foi designado aos nascidos na Judéia.[10] Depois da libertação do cativeiro da Babilônia, os hebreus começaram a ser chamados de judeus. A palavra portuguesa "judeu" se origina do latim judaeu e do grego ioudaîos. Ambas palavras vêm do hebraico, יהודי, pronuncia-se "iehudí". O primeiro registro do vocábulo em português foi no ano de 1018.[11]
A tradição judaica defende que a sua origem dá-se com a libertação dos filhos de Israel da terra do Egito pelas mãos de Moisés. Com a fundamentação e solidificação da doutrina mosaica, um grupo de hebreus passou a ser conhecida como "Filhos de Israel" (Bnei Israel). É deste evento que surge a noção de nação, fundamentada nos preceitos tribais e na crença monoteísta.

Com a morte do filho de Davi, Salomão, ocorre a crise que leva à separação das tribos de Israel em dois reinos distintos: dez tribos formam o reino de Israel, enquanto a tribo de Judá, Benjamim e Levi constituem o reino de Judá que continua a ser governada pelos descendentes de Davi. Aqui, pela primeira vez, os israelitas do sul são chamados de judeus devido à sua conexão com o reino de Judá e posteriormente por todos aqueles que aderissem à doutrina religiosa deste reino, que passou a ser conhecida como judaísmo.
Com a extinção do reino de Israel, o reino de Judá permanece, e mesmo com a sua destruição, o termo "judeu" passa a designar todos aqueles que descendessem dos antigos israelitas, não importando a sua tribo. A ênfase do judaísmo na separação entre judeus e não judeus, deu à comunidade judaica um sentido de povo separado e religioso, embora, segundo pesquisadores judeus anti-sionistas, este sentido de separação tenha sido impulsionado e exarcebado pelo movimento sionista, com objetivos políticos, durante o século XX.
De acordo com a fé judaica, a revelação do Deus uno e único aconteceu de forma muito concreta através da sua intervenção na história do povo hebreu.

Dayse disse...

Lembre-se:
Que dia Deus descansou da semana? O sétimo dia
Qual dia Ele abençoou e santificou? O sétimo dia
Que nome Deus deu ao sétimo dia? Sábado
O que significa o nome Sábado em hebraico? Descanso.
O descanso do sétimo dia = Sábado.

18-Ezequiel 22:26 “Os seus sacerdotes transgridem a minha lei e profanam as minhas cousas santas; entre o santo e o profano, não fazem diferença, nem discernem o imundo do limpo e dos meus sábados escondem os olhos; e assim, Sou profanado no meio deles”.
. Em seis dias Ele criou os céus e a terra, no sétimo, separou como um dia dedicado a sua obra e seria um deleite para o homem. O inimigo de Deus sempre trabalhou e sempre trabalhará para atrapalhar a obra de Deus e confundi-la. A própria Bíblia confirma que ele tentaria modificar a lei do Senhor.
DANIEL 7:25 “PROFERIRÁ PALAVRAS CONTRA O ALTÍSSIMO, MAGOARÁ OS SANTOS DO ALTÍSSIMO E CUIDARÁ EM MUDAR OS TEMPOS E A LEI...”

Salmo 119:126 “JÁ É TEMPO, SENHOR, PARA INTERVIRES, POIS ELES VIOLARAM A TUA LEI.”

Eita, agora estou entendendo, você fala por satanás, que mudaria os tempos e a lei né. Como você mesmo disse: o dia era contado de por do sol a por do sol.

INTERESSANTE, suas palavras me comprovam que o sábado é odiado e desmoralizado porque é o dia que Deus escolheu, e satanás odeia tudo que é de Deus.

Preste atenção de novo:

Que mudanças foram feitas no decorrer da História?

Os dias eram contados de pôr-do-sol a pôr-do-sol ou seja tarde e manhã. Foram mudados para a meia-noite a contagem dos dias.
Ver Calendário Gregoriano – pelo papa Gregório XIII -1582
O Sábado que faz parte dos 10 mandamentos fora mudado para o Domingo.
Concílio de Laodicéia – ano 346 – foi mudado definitivamente o sábado pelo dies solis – em Latim) – dia do sol.
Na primeira parte do século IV o imperador romano Constantino diz que se convertera ao cristianismo, porém, isso não passou de manobra política, com interesses pessoais, porque de fato o seu coração permaneceu pagão. No ano 321- depois de Cristo, no dia 07 de março, Constantino, o Grande, lavra o seguinte edito decretando que todas as cortes de justiça, habitantes de cidades e oficinas repousassem no dia do sol(venerabili die solis), exceção feita apenas àqueles que estivessem ocupados em trabalhos de agricultura. Encyclopaedia Britannica (11ªed.) artigo – O Domingo.
Esta foi a primeira lei original do Domingo e modelo de todas as leis dominicais que se seguiram. Este edito uniu a Igreja Cristã e o Estado Romano. Fundiam-se o poder político e o religioso, ficando aberto o caminho para a fraude. A verdade global de Deus começa a perigar, e o Domingo inicia sua escalada para enganar a cristandade, tomando lugar do santo Sábado do Senhor. Havia cristãos, porém, que guardavam o Sábado e o Domingo paralelamente.
Assim satisfaziam a lei de Deus e a lei do homem. Finalmente, no Concílio de Laodicéia –no ano 364 depois de Cristo, a igreja romana transferiu definitivamente a solenidade do Sábado para o Domingo, agora como dia santificado e obrigatório para todos os católicos. Está portanto cumprida a profecia.

Dayse disse...

A verdade foi assim lançada por terra, isto é: A Lei de Deus, única parte da Bíblia escrita pelo Seu próprio dedo, duas vezes, em tábuas de pedras, foi alterada pelo homem e hoje são milhares os que aceitam essa infeliz modificação.
O edito do imperador Constantino, em 07 de março do ano 321, não retrata o início da guarda do dia pela igreja, pois, a semente surgiu na igreja de Alexandria e pouco depois foi plantada na igreja de Roma e, daí, criou raízes, encontrando um meio propício, visto que o “dia do sol invicto” já era proeminente naquele mundo pagão, bem como numa crescente parte dos cristãos. Por isso, quando surgiu esse edito, o Domingo já era guardado por uma boa parte dos cristãos, conforme relato dos “pais da igreja” antes do ano 321. Todavia, como diz a obra intitulada “História da Igreja Antiga” III período, pág. 464: “Ele.ordenou a celebração cívica do Domingo, porém não como “dies dominis”(dia do Senhor), mais sim como “dies solis”(dia do sol), o que se podia unir com seu culto a Apolo...”. 43 anos depois do edito de Constantino, no concílio de Laodicéia, foi publicado o decreto eclesiástico: “Os cristãos não devem judaizar e descansar no Sábado, mas trabalhar neste dia; porém, ao Domingo honrar de maneira especial, como cristãos. Se, entretanto, forem encontrados judaizando, sejam então excomungados por Cristo”, Hefele, History of de Councilis of the Church. Vol.2, livro 6, séc.93, cânon 29.
Quando esse edito foi promulgado, havia ainda cristãos guardando o Sábado. Esse edito encontrou resistência por parte das igrejas orientais onde o poder de Roma exercia pouca influência. Este fato levou Gregório, bispo de Nisa, repreender os “rebeldes” da igreja, conforme atesta Gregor Opera, tomo II, pág. 312.
Com a presença viva dos apóstolos, a apostasia não se instalava, mas, logo após a era apostólica, as profecias indicavam uma igreja contaminada por falsos mestres, Atos 20:29-30, II Pedro 2:1-2. Os primeiros “mestres” surgiram na igreja de Alexandria e aos poucos foram também surgindo em todas as partes, outros “mestres” como autoridades da igreja, vistos pela maioria dos cristãos daquela época, ensinando a guarda do Domingo, desta forma o Sábado sucumbiu diante do Domingo. O apóstolo Pedro advertia: “Entre vós haverá também falsos doutores, que introduzirão encobertamente(“cristianizadas”) heresias e muitos seguiram as suas dissoluções, pelos quais será blasfemado o caminho da verdade”.
Assim unem-se o poder religioso e o poder político, a igreja e o estado, dando à igreja de Roma um tremendo poder, poder este que durou vários séculos, pois nesse tempo poucas pessoas tinham o acesso às Escrituras, a maioria dos cristãos, “comiam com as mãos dos outros”. Porém, após a reforma, as pessoas começaram a ter o acesso às Escrituras e investigar muitas verdades escondidas pelo poder romano, que tinha interesse de dominar as nações do mundo.

Dayse disse...

Estudando qualquer livro de História Geral, vês-se que Roma era pagã e queria dominar os povos. Desejava dominar os cristãos como relata a Bíblia, através das perseguições aos seguidores de Jesus como Estêvão, Paulo, Barnabé, Tito, Silas... Muitas pessoas eram mortas por Roma que unida aos judeus fariseus( os que não aceitavam Jesus como o Messias), mataram muitos que criam ser Jesus, O Messias prometido, sendo assim, muitos mártires testemunharam o amor ao Filho de Deus. Roma percebeu que essa não era a melhor forma de destruir os passos de Cristo deixados na Terra, afinal, matavam 10 mártires e 100 pessoas se convertiam. O que fazer? Roma uniu-se ao cristianismo demonstrando “conversão”, todavia era uma forma de infiltrar e modificar o que Jesus tinha deixado.
E conseguiu. Tornou-se a mãe das igrejas, denominando-se à “primeira igreja cristã”, onde mistura o paganismo com o cristianismo.
Apocalipse 17:4-6 “Achava-se a mulher vestida de púrpura e de escarlata, adornada de ouro, de pedras preciosas e de pérolas, tendo na mão UM CÁLICE DE OURO transbordante de abominações e com as imundícias da sua prostituição. Na sua fronte, achava-se escrito um nome, um mistério: BABILÔNIA, A GRANDE, A MÃE DAS MERETRIZES E DAS ABOMINAÇÕES DA TERRA. Então, vi a mulher embriagada com o SANGUE DOS SANTOS E COM O SANGUE DAS TESTEMUNHAS DE JESUS; e; quando a vi, admirei-me com grande espanto.
Sabe por que Babilônia? Babilônia passada era idólatra, esta também é. E por que a grande? Porque o seu poder era universal, tinha o poder de influenciar todos os povos por sua mão de ferro. Por que a mãe das meretrizes? É a mãe por que é a genitora, a que deu origem, onde tudo iniciou, é mãe de meretrizes, por ser também uma meretriz, é meretriz por ser adúltera. Adúltera de que? Dos princípios deixados por Jesus Cristo. Estava embriagada com o sangue de quem? Dos seguidores de Cristo como Pedro, Paulo e muitos outros.
A guarda do Domingo, dia do sol, existe antes mesmo do Concílio de Laodicéia. Esse dia pagão já era observado por várias populações da antigüidade.

Francisco A. de Azevedo disse...

Dayse,

Saudações Cristãs!

Postei seu comentário, mas o assunto está fugindo do foco. O Seu texto atinge e denigre a imagem da Igreja Católica e dos outros cristãos que não guardam o sábado judaico.

Muitos usam apocalipse 14:12, 12:17, 1 joão 2:4 e 3:4, para reivindicar dos Cristãos Gentios a guarda do sábado. Também usam estas passagens para acusar as outras Igrejas e Cristãos de serem transgressores, contudo, Paulo disse para não julgarmos ninguém por causa de sábados em Col 2:16 e 17, Rom 14:5 e 6; Portanto quando usas esta argumentação estás indo contra as orientações Apóstólicas e caindo em juízo temerário, indo portanto contra Deus.

Vou deixar o seu comentário por enquanto, até que você e a pessoa para quem foram dirgidas as suas repostas, troquem os e-mails e façam seus debates nas próprias caixas postais.

Cordialmente,

Alberto

Francisco A. de Azevedo disse...

Dayse,

Me esqueci de fazer uma recomendação...Penso que é importante para você!

Peço-lhe que leia Neste blog o Título:

"Uma mensagem urgente de Deus para a Igreja Adventista do Sétimo dia"

No Link:
http://cristaoslivres-francisco.blogspot.com/2011/02/uma-mensagem-urgente-de-deus-pra-igreja_04.html

Cordialmente,

Alberto.

Anônimo disse...

============
Para Dayse;

Eu é que o diga, que confusão, e bota confusão, pois uma só é pouco, pegam parte de um conjunto de leis dada ao povo judeu, conforme já foi mencionado e provado na bíblia no meu comentário anterior (Neemias 8), que o livro contendo toda a lei, é chamado de Deus, não de Moisés como querem loucamente afirmar, como se tivessem duas leis, uma de Deus, outra inventada por Moisés, portanto inferior. Me prove na bíblia que quem está na graça de Cristo, não em baixo da lei dos judeus, tem que matar, roubar e fazer qualquer coisa errada? Consegue provar essa insanidade que postou? Com certeza não, pois isso não existe, é apenas um argumento desonesto de quem quer de toda maneira salvar doutrinas absurdas, de impor a guarda de um dia semanal a nós gentios. Toda lei, dada por Deus a Moisés, a bíblia deixa clara que foi abolida na cruz, portanto, não se faça de desentendida, pois já foste refutada algumas vezes, onde te foi dito, que o Cristão na graça, não mata, não rouba, não é sodomita, não come merda e nem anda nú, porque não lhe é lícito, sendo isto testificado em sua consciência pelo Espírito Santo, pois se fosse pelas duas tábuas de pedras, iria comer merda a vontade, pois lá, em nenhum canto, me diz que não pode fazer isso. Não precisamos de lei para fazer o que é correto, mas somente a testificação do Espírito Santo em nossas consciências, pois é este que nos convence do pecado, nos orientando no que é certo, não duas tábuas de pedras, que só serviu para condenar e matar o homem, pois todos se extraviaram, inclusive você, ou melhor, principalmente você e eu. O ministério da morte e condenação gravado em tábuas de pedras, se opõe claramente contra o ministério do Espírito de vida em Cristo Jesus, não tem como concicilar. Um, só serviu para matar o pecador, enquanto que o outro, SALVA. Entendeu, ou vai fazer como sempre fez, colocar o véu de Moisés no rosto, para não ver a glória de Deus em Cristo?

Anônimo disse...

Cont...

Vejam a contradição:

1) Os sabadólatras dizem, nós entramos nos descanso de Deus, guardamos o sábado semanal.

2) Paulo afirma, conforme Hebreus 4, abaixo:
3 Porque nós, OS QUE TEMOS CRIDO, é que entramos no DESCANSO, tal como disse: Assim jurei na minha ira: Não entrarão no meu descanso; embora as suas obras estivessem acabadas desde a fundação do mundo.

Vendo acima, entramos no descanso de Deus através de qual obra:

1) Da lei?

2) Da fé?

Ora, se Deus voltou a trabalhar em Cristo, na obra da redenção, justamente porque o povo judeu não entrou naquele descanso da criação, então, ainda nos resta um outro descanso, através desta última obra, por isso está escrito, Hebreus 4:
9 Portanto resta ainda um repouso sabático para o povo de Deus.
10 Pois aquele que entrou no descanso de Deus, esse também descansou de suas obras, assim como Deus das suas.

Bom, se ainda resta um repouso sabático, sendo este pela fé, então está claríssimo que esse descanso é Cristo, pois somente este é o consumador de nossa fé. Você crê em quem, em Cristo ou na lei? Eu creio em Cristo, por isso se diz, nós que temos crido, é que entramos no descanso de Deus.

Anônimo disse...

Cont...

Pergunta aos sabatistas e quem puder responder?
Se a lei foi dada para Adão, como falsamente ensinam, mesmo não havendo isso em nenhum canto da bíblia, então me respondam abaixo:

Se pecado é a transgressão da lei, dentro do contexto adâmico, então me diga:

- Qual foi dos dez mandamentos que Adão quebrou, ao comer do fruto? E isso, levando em conta, a mentira sabatista, que afirma que a lei de Deus é só estes (decálogo).

Ora, se já existia lei, tendo Deus dado a Adão como se diz falsamente, então porque Paulo afirma que antes da LEI, já existia o PECADO no mundo, conforme abaixo:

- Romanos 5: 13 Porque antes da lei já estava o pecado no mundo, mas onde não há lei o pecado não é levado em conta.


Vemos claramente, através dos textos bíblicos acima, que o pecado de Adão, não foi imputado como transgressão da lei, mas como desobediência, haja visto, que não havia lei. Se Deus diz vai, e você não vai, claramente entra em desobediência, e não em transgressão da lei como querem os sabadólatras. No novo contexto em Cristo, na plenitude de sua graça, o pecado assumiu um novo conceito, onde se diz: Tudo que não é da FÉ, é pecado. Ora, no contexto adâmico, esse conceito não tinha sentido, pelo simples fato de ele ver Deus face a face, não lhe sendo imputado o pecado da incredulidade, mas nos dias atuais sim. Da mesma forma, a transgressão da lei, pois se Deus fez o homem inocente e de livre arbítrio, sem conhecer o bem e o mal, porém já lhe dando lei, isso aponta para uma enorme contradição divina (conforme querem os sabatistas), pois afirma claramente que o homem foi feito por Deus para o pecado, não para a obediência. Deus fez o homem para a obediência, não lhe imputando lei nenhuma, pois caso assim fosse, claramente mostrava que tinha feito o homem para a perdição, conforme Timótio 1 abaixo:

9 reconhecendo que a lei não é feita para o justo, mas para os transgressores e insubordinados, os irreverentes e pecadores, os ímpios e profanos, para os parricidas, matricidas e homicidas,
10 para os devassos, os sodomitas, os roubadores de homens, os mentirosos, os perjuros, e para tudo que for contrário à sã doutrina.

Ora, a lei não foi feita para os justos, como se afirma acima, então, que sentido tinha de Deus ter dado a mesma a Adão, que era inocente, não tendo conhecimento do bem e do mal? Seria Deus um Deus de confusão? Segundo os sabatistas sim, talvez seja por isso, que da mesma forma afirmam que Miguel ressuscitou Moisés, sendo este as primícias da ressurreição e não Cristo.

E aí, querida irmã Dayse, quem é que faz confusão aqui, senão os adoradores do deus saturno (sabadólatras).

Dayse disse...

- A circuncisão que Deus chama de aliança para com o seu povo escolhido, diferenciando-o do povo pagão – Gênesis 17:10-11
- Deus proíbe que se coma carne com sangue – Gênesis 9:4
- A devolução dos dízimos – Gênesis 14:20
- A prática da adoração de ídolos contrária vontade de Deus – Gênesis 31:19,34- Jacó afirma que não deveria viver, aquele que pegou tais ídolos – Gênesis 31:32
- José evita adulterar por compreender que desagradaria a Deus – Gênesis 39:9
- A instituição da páscoa- oferta de um cordeiro sem defeito para ser imolado – Êxodo 12:1-9
- As ordenanças dos pães asmos – Êxodo 13:5-11
- A observância do repouso do sétimo dia quando o povo de Deus estava no deserto – Êxodo 16:4-5, Êxodo 16:22-29
Deus falava diretamente com o seu povo, mas mesmo assim esse, corrompeu-se. Quando os israelitas(descendentes de Jacó) foram prisioneiros no Egito, aprenderam muitas práticas daquele povo, com isso foi preciso que tudo fosse escrito. E no monte Sinai, Deus chama Moisés, o mediador entre Deus e seu povo, para ensinar como os seus filhos deveriam viver na terra e serem considerados os escolhidos do Senhor.

Os mandamentos, estatutos e ordenanças escritos.
- As tábuas de pedra – Os 10 mandamentos escritos pelo próprio Deus e entregue a Moisés – Êxodo 20:1-17- Deuteronômio 4:13
- Mandamentos, regras, estatutos e juízos que Deus falou para Moisés para que o povo cumprisse: Deuteronômio 4:14
- Ofertas, festas, rituais, sacrifícios e ordenanças : Leis acerca da organização das ofertas pacíficas – Êxodo 20:22-26; Ano de descanso – Êxodo 23:10-11; Festas dos pães asmos, da Sega e da Colheita – Êxodo 23:14-19 e Êxodo 34:18-24; ofertas para o tabernáculo- Êxodo 25; os sacrifícios e as cerimônias de consagração – Êxodo 29; ofertas contínuas Êxodo 29:38-46; ofertas de manjares – Levítico 2; sacrifícios pacíficos – Lev 3, ofertas pela ignorância – Lev. 4:3-4; sacrifícios pelos pecados ocultos – Lev.5:1-13; lei do holocausto – Lev. 6:8-13; ofertas para purificação da mulher – Lev.12; dia da expiação – Lev.16; ofertas pacíficas – Lev.19:5-8; sacrifícios de animais – Lev.22:17-31; a páscoa – Lev. 23:4-8; as primícias- Lev. 23:9-14; pentecostes – Lev. 23:5-25; o dia da expiação – Lev. 23:26-32; a festa dos tabernáculos – Lev. 23:33-44
- Leis civis: Estatutos acerca da compra de servos – Êxodo 21:1-11; leis acerca das propriedades – Êxodo 22:1-15
- Leis penais: Lei acerca da violência- Êxodo 21:12-36; penas de diversos crimes – Lev.20; penas de açoites – Lev.2:1-4
- Leis morais: lei acerca da proibição de levantar falso testemunho e injúria – Êxodo 23:1-9; contra casamentos ilícitos – Lev. 18:1-18; contra uniões abomináveis como homem com homem ou com animal – Lev. 18:19-30; não fazer injustiças – Lev. 19:14-14; contra mexerico – Lev. 19:16-17; não manter contato com adivinhos e agoureiros – Lev. 19:26; não procurar necromantes e nem adivinhos – Lev.31e Deut. 18:9-14; sobre roupas de homem e de mulher – Lev.22:5, leis de caráter humanitário – Deut. 24:522; sobre o divórcio – Deut. 24:1-4
- Regras de higiene: acerca da lepra – Lev. 13; limpeza do acampamento – Lev.23:9-14
- Leis de saúde: animais limpos e imundos para o consumo do seu povo – Lev.11:1-47 e Deut. 14:3 a 21; proibido comer carne com sangue – Lev.17:10-16; alimentos imundos – Isaías 65:3-4 e 66:17
- Leis civis e religiosas – Êxodo 22:16-31

Anônimo disse...

Bom dia, eu tenho algumas perguntas para fazer.

Qual o real objetivo dos dez mandamentos?
Bom, pelos meus longos anos de ensinamentos pelo que eu saiba uma pessoa que realmente segue a Deus aceitando a graça e a sua lei tem o amor no seu coração não é capaz de matar, trair, odiar o seu próximo e não se arrepender. Eu sei porque vivo uma constante luta contra imoralidade e o ódio.

Você pode não ter falado diretamente mas parece que muitas das vezes tenta anular os dez mandamentos, em especial o sábado. Ora, para que serve a Bíblia se não podemos seguir os seus ensinamentos? Sabe eu parei para analisar e percebi um engano:

1- Os primeiros quatro mandamentos falam que devemos ser fieis a Deus, respeita-Lo e honrar Sua grande glória como prova nosso amor a Ele. Afinal, quando amamos alguém não respeitamos essa pessoa e somos fieis ao mesmo? (Ele fala de como devemos provar e amar a Deus. Como conseqüência ficamos mais perto Dele.)

2-Os próximos seis mandamentos nos ajuda a provar e exercitar nosso amor pelo próximo. Por acaso quem ama o próximo sente raiva e pensa coisas indevidas ao seu respeito com vontade própria?

3-Você deve saber que Deus nos ama muito, da mesma maneira que um pai fica feliz quando um filho nasce. Eu estava pensando e achei um grande e bom exemplo:
Quem não fica ansioso quando chega o dia do seu aniversário? Quando reunimos nossos familiares e comemoramos o milagre do surgimento de uma vida.
Da mesma forma Deus sempre nos espera nesse dia especial. Deus sabia e sabe que sempre temos muitos compromissos e por isso falou que deveríamos guardar um dia para ficar próximos Dele.
Jesus veio para confirmar a lei. O povo estava tão cheio de tradições que muitas delas não chegavam nem a ter relação com o que Deus falou.
Jesus veio para mostrar a verdadeira lei e não as que tinham sido acrescentadas pelas tradições(entenda, não quero dar a entender que estou alimentando um ódio pelos judeus). Ele mostrava que devemos ser verdadeiros cristãos e em vez de ficarmos sem falar ou simplesmente descansar, nós devemos sair e pregar o evangelho, descansar para as coisas do mundo e reascender a chama da mensagem para que ela não se apague. Umas das funções do sábado é fazer com que ficamos mais pertos Dele e que renovemos nossas forças que se cansam tanto nessa vida de lutas.

Sabe, em relação a parábola, havia uma certa briga entre judeus e samaritanos. Jesus quis mostra a aquele homem que não importa quem seja, todos são capazes de amar ao seu próximo e a Deus, até mesmo o coração mais duro.

Quem aceita a graça obedece a lei, e quem obedece lei prova o seu amor. Porque da mesma forma que o homem sente dor quando algo esta errado, a pessoa que tem os mandamentos em seu coração percebe que tem algo errado quando vê que desobedeceu a lei de Deus.

Os dez mandamentos nos alertam para que não percamos a vida eterna. Incrível como Deus se preocupa tanto você não acha?

Vou ser sincero, fiquei triste por ter escutado algo contraditório a Bíblia pois o próprio Jesus falou:"Se me amais guardareis meus mandamentos."João 14:15

Espero que essas humildes palavras possam te mostrar que quando seguimos aos mandamentos provamos o amor a Deus e que essas possam te fazer amar as suas leis para que não se percas. Eu te suplico, volte para a palavra de Deus! Eu quero um dia te ver no céu e eu sei que Deus quer ver você também!

Anônimo disse...

De: Anônimo
Para: Anônimo
Bom dia :)

1- "Ora, a serpente era mais astuta que todas as alimárias do campo que o SENHOR Deus tinha feito. E esta disse à mulher: É assim que Deus disse: Não comereis de toda a árvore do jardim?
E disse a mulher à serpente: Do fruto das árvores do jardim comeremos,Mas do fruto da árvore que está no meio do jardim,¹DISSE DEUS: NÃO COMEREIS DELE, NEM NELE TOCAREIS PARA QUE NÃO MORRAIS.
Então a serpente disse à mulher: Certamente não morrereis.
Porque Deus sabe que no dia em que dele comerdes se abrirão os vossos olhos,²E SEREIS COMO DEUS, SABENDO O BEM E O MAL.
E viu a mulher que aquela árvore era boa para se comer, e agradável aos olhos,³E ÁRVORE DESEJÁVEL PARA DAR ENTENDIMENTO; tomou do seu fruto, e comeu, e deu também a seu marido, e ele comeu com ela."(Gênesis 3:1-6)

Bom na frase ¹ vemos uma ordem dada por Deus, uma oportunidade de escolha que o homem podia escolher em obedecer ou desobeder a Ele.
Engraçado, naquele mundo tão perfeito porque alguém ia desobedecer a Deus? Agora chega a parte onde você pode perceber porque Eva errou.

Na frase ² Satanás coloca Eva a prova. "E SEREIS COMO DEUS, SABENDO O BEM E O MAL". Como um ser humano eu imagino quantas perguntas podiam ter passado na cabeça de Eva. Naquele momento para ela, Deus não era mais tão perfeito. Satanás conseguiu o que queria, plantou o seu sentimento no coração de Eva, querer ser igual a Deus. Isso se completa no número ³"E ÁRVORE DESEJÁVEL PARA DAR ENTENDIMENTO;" quando se mostra o interesse no conhecimento do bem e do mal.
1-Não terás outros deuses diante de mim.
2-Não farás para ti imagem de escultura, nem alguma semelhança do que há em cima nos céus, nem em baixo na terra, nem nas águas debaixo da terra.

Um homem que da mais importância a si do que para Deus está se colocando como um deus, pois ele adora a si. Isso é muito visto hoje em dia, pessoas que não se importam com os outros, são vaidosos, e por causa disso esquecem de Deus.
Eu queria que a historia fosse diferente mas não foi, Eva comeu do fruto porque aceitou a idéia de Satanás e quis se tornar que nem Deus e no seu nível, violando o 1° e 2° mandamento. As conseqüências estão obvias.

Bem, agora é a minha vez de olhar no seu ponto de vista:)
Se a lei não existia, porque Satanás foi expulso do céu? Afinal, ele não transgrediu nenhuma lei ou pecou já que a lei não existia. Todos no céu eram perfeitos, e seres perfeitos não precisam de leis, então porque Satanás foi expulso se ele não desobedeceu nenhuma lei?
Então Deus foi injusto, pois todos no céu eram justos. Mas você pode dizer, Satanás desobedeceu a Deus, mas não a nada de desobediente em querer ser deus se não olharmos de acordo com a lei. E se uma ordem foi imposta para um então porque Ele não pôs para os outros anjos? Por acaso adorar a Deus no céu para não se afastarem Dele não seria uma lei? Então porque Deus ia colocar mandamentos desnecessários?

Entenda, a lei existiu, existe, e existirá. Pois no exato momento que Deus fala "não adulteraras" Ele sabe o que diz e fala isso para nos livrar das a armadilhas do mal, pois cada mandamento tem como objetivo não que sejamos atraídos para as garras do mal(analise e verá).Satanás preferiu adorar a si mesmo do que a Deus. Não preciso falar o que esta acontecendo até hoje você não acha?
Porque da mesma forma que uma criança precisa ser guiada mesmo sendo inocente, nós precisamos ser guiados por Deus mesmo os seres inocentes, essa é uma das funções da lei, uma que feita de amor e não de limites e ditadura.

Anônimo disse...

Continuação...

Bom, vamos para o sábado. Aqui vai uma historia. Jesus e o homem rico.
"E eis que, aproximando-se dele um jovem, disse-lhe: Bom Mestre, que bem farei para conseguir a vida eterna?
E ele disse-lhe: Por que me chamas bom? Não há bom senão um só, que é Deus. SE QUERES, PORÉM, ENTRAR NA VIDA, GUARDA OS MANDAMENTOS.
Disse-lhe ele: Quais? E Jesus disse: Não matarás, não cometerás adultério, não furtarás, não dirás falso testemunho;
Honra teu pai e tua mãe, e amarás o teu próximo como a ti mesmo.
Disse-lhe o jovem: Tudo isso tenho guardado desde a minha mocidade; que me falta ainda?"(Mateus 19:16-20)
Você pode dizer: "Mas não fala do sábado". Certamente não fala, mas também não fala, não adorarás outro Deus ou não farás imagens de escultura, então quer dizer que esses também foram anulados ou tirados o seu valor e real sentido?

Para encerrar tenho mais um versículo que encaixa muito bem para os dois casos.
"Se guardardes os meus mandamentos, permanecereis no meu amor; do mesmo modo que eu tenho guardado os mandamentos de meu Pai, e permaneço no seu amor." (João 15:10)
Incrível não? Cristo permaneceu santo e justo nesse mundo e mesmo assim ele segue os mandamentos, porque quem guarda os mandamentos permanece no amor de Deus. Todo esse texto que escrevi se resumiu num aparente simples versículo, e ainda pode mostrar o que quer dizer quando alguém fala quando o mandamento "Amarás ao Senhor teu Deus de todo o teu coração, e de toda a tua alma, e de todas as tuas forças, e de todo o teu entendimento, e ao teu próximo como a ti mesmo. "(Lucas 10:27)é um resumo dos Dez mandamentos.

Nossa! Nem queria dazer um texto grande mas enfim! Espero que você tenha um real entendimento.
Até! Que tu possas permitir que Deus ilumine teu caminho :)

Francisco A. de Azevedo disse...

Anônimo de 27 de junho de 2011 10:00

Você citou o versículo abaixo:

"Se guardardes os meus mandamentos, permanecereis no meu amor; do mesmo modo que eu tenho guardado os mandamentos de meu Pai, e permaneço no seu amor." (João 15:10)

Pergunto: Quais são os mandamentos de jesus no caso do versículo e do capítulo de joão que você citou?

Vamos aos mandamentos de Jesus referidos pelo Apóstolo:


15.12 O meu mandamento é este: que vos ameis uns aos outros, assim como eu vos amei.
15.14 Vós sois meus amigos, se fazeis o que eu vos mando.
15.17 Isto vos mando: que vos ameis uns aos outros.

Leia todo o capítulo e veja que aqui Jesus está falando do mandamento do Amor ... Como Paulo enfatizou depois em Rom 13:8

Romanos

13.8 ................., exceto o amor com que vos ameis uns aos outros; pois quem ama o próximo tem cumprido a lei.

E em..


1 Coríntios
13.1 Ainda que eu fale as línguas dos homens e dos anjos, se não tiver amor, serei como o bronze que soa ou como o címbalo que retine.
13.2 Ainda que eu tenha o dom de profetizar e conheça todos os mistérios e toda a ciência; ainda que eu tenha tamanha fé, a ponto de transportar montes, se não tiver amor, nada serei.
13.3 E ainda que eu distribua todos os meus bens entre os pobres e ainda que entregue o meu próprio corpo para ser queimado, se não tiver amor, nada disso me aproveitará.
13.4 O amor é paciente, é benigno; o amor não arde em ciúmes, não se ufana, não se ensoberbece,
13.5 não se conduz inconvenientemente, não procura os seus interesses, não se exaspera, não se ressente do mal;
13.6 não se alegra com a injustiça, mas regozija-se com a verdade;
13.7 tudo sofre, tudo crê, tudo espera, tudo suporta.
13.8 O amor jamais acaba; mas, havendo profecias, desaparecerão; havendo línguas, cessarão; havendo ciência, passará;
13.9 porque, em parte, conhecemos e, em parte, profetizamos.
13.10 Quando, porém, vier o que é perfeito, então, o que é em parte será aniquilado.
13.11 Quando eu era menino, falava como menino, sentia como menino, pensava como menino; quando cheguei a ser homem, desisti das coisas próprias de menino.
13.12 Porque, agora, vemos como em espelho, obscuramente; então, veremos face a face. Agora, conheço em parte; então, conhecerei como também sou conhecido.
13.13 Agora, pois, permanecem a fé, a esperança e o amor, estes três; porém o maior destes é o amor.

Como você mesmo disse eu não me declarei contra os dez mandamentos, e não poderia!

O Que está sendo questionado e a real posição dos mandamentos na vida de um Cristão.. sua real abrangência, pois muitos procuram colocar neles aquilo que eles não dizem e forçam muito para que eles sejam o que não são.

Então não podemos dar aos dez mandamentos uma abrangência que eles não tem.

Muitos dizem que tudo implícito nos dez mandamentos, até o AMOR, mas não posso concordar, pois estaríamos colocando neles aquilo que eles não dizem! E colocando neles falsos conceitos e fora de seu devido lugar, criando com isto um legalismo exacerbado e perigoso não autorizados na Palavra de Deus.

Outra:

Não vejo nos dez mandamentos uma total abrangência, como muitos entendem; por exemplo eles não fazem referência às atitudes abaixo:

PERDÃO,
GRATIDÃO,
BONDADE,
TOLERÂNCIA,
MISERICÓRDIA,
COMPADECIMENTO,
CARIDADE,
SOLIDARIEDADE e etc.

Vejo muito malabaismo para tentar colocar nos dez mandamentos àquilo que eles não são, e aquilo que eles não dizem.

Os dez mandamentos citam regras para não prejudicar ao seu próximo, mas não para ajudá-lo, socorrê-lo e amá-lo, ou seja, não falam das manifestações espontâneas de amor e etc.

Como mostra na parábola do Bom Samaritano os guardadores dos dez mandamentos passando de largo? Não socorrendo? Não ajudando? Não amando?

Cordialmente,

Alberto

Francisco A. de Azevedo disse...

Anônimo de 27 de junho de 2011 10:00

Quanto a sua afirmação:

"Amarás ao Senhor teu Deus de todo o teu coração, e de toda a tua alma, e de todas as tuas forças, e de todo o teu entendimento, e ao teu próximo como a ti mesmo. "(Lucas 10:27)é um resumo dos Dez mandamentos.

Extrapola a explicação bíblica!

veja no contexto:

Lucas 10:27 não diz o que você afirmou!

Diz:

Lucas

10.25 E eis que certo homem, intérprete da Lei, se levantou com o intuito de pôr Jesus à prova e disse-lhe: Mestre, que farei para herdar a vida eterna?
10.26 Então, Jesus lhe perguntou: QUE ESTÁ ESCRITO NA LEI? Como interpretas?
10.27 A isto ele respondeu: Amarás o Senhor, teu Deus, de todo o teu coração, de toda a tua alma, de todas as tuas forças e de todo o teu entendimento; e: Amarás o teu próximo como a ti mesmo.
10.28 Então, Jesus lhe disse: Respondeste corretamente; faze isto e viverás.
10.29 Ele, porém, querendo justificar-se, perguntou a Jesus: Quem é o meu próximo?

Indo a Mateus a explicação fica mais clara..

Mateus
22.35 E um deles, intérprete da Lei, experimentando-o, lhe perguntou:
22.36 Mestre, qual é o grande mandamento NA ALEI?
22.37 Respondeu-lhe Jesus: Amarás o Senhor, teu Deus, de todo o teu coração, de toda a tua alma e de todo o teu entendimento.
22.38 Este é o grande e primeiro mandamento.
22.39 O segundo, semelhante a este, é: Amarás o teu próximo como a ti mesmo.
22.40 DESTES DOIS MANDAMENTOS DEPENDEM TODA LEI E OS PROFETAS.

Veja o que o texto, no contexto, CORRETAMENTE, afirma:

“Destes dois mandamentos dependem toda a Lei e os Profetas”.

O texto NÃO DIZ:
“Destes dois mandamentos dependem OS DEZ MANDAMENTOS”.

Diz TODA A LEI E OS PROFETAS, inclusive, a lei, incluía as penas de execução por transgressão aos mandamentos, leis de sacerdócio, de dízimo, de alimentação, de herança, quanto aos estrangeiros, quanto aos órfãos e a vúvas, etc etc.

Apedrejar alguém por idolatria, adultério ou por profanar o sábado também era lei. Se não cumprissem o apedrejamento estavam descumprindo a lei.

A Lei, era todo o cabedal jurídico dados por Deus e inicialmente ensinado e aplicado pelos líderes religiosos e depois também pelos Reis junto com estes lideres.

Então não podemos restringir toda lei a apenas os dez mandamentos.

haviam centenas de outros mandamentos....

Veja um ensinamento que não está nos dez mandamentos e fala de qual é a religião verdadeira:

NTLH Tiago 1.27

“Para Deus, o Pai, a religião pura e verdadeira é esta: ajudar os órfãos e as viúvas nas suas aflições e não se manchar com as coisas más deste mundo.”

Cordialmente,

Alberto.

Francisco A. de Azevedo disse...

Anônimo de 27 de junho de 2011 10:00
-------
Outra afirmação sua:

Você pode dizer: "Mas não fala do sábado". Certamente não fala, mas também não fala, não adorarás outro Deus ou não farás imagens de escultura, então quer dizer que esses também foram anulados ou tirados o seu valor e real sentido?
------

Resposta à sua afirmação...

Eu disse que devemos respeitá-lo no contexto da Nova Aliança, como expliquei em outros comentários anteriores e que no Novo Testamento há uma exceção quanto ao Quarto mandamento, e é bom que estejamos cientes disto! E Está em Colossenses 2:14 a 17, LEIA COM ATENÇÃO:

Revista e atualizada
2.14 tendo cancelado o escrito de dívida, que era contra nós e que constava de ordenanças, O QUAL NOS ERA PREJUDICIAL, REMOVE-O INTEIRAMENTE, ENCRAVANDO-O NA CRUZ; 2.15 e, despojando os principados e as potestades, publicamente os expôs ao desprezo, triunfando deles na cruz. 2.16 NNGÚEM, POIS, VOS JULGUE por causa de comida e bebida, ou dia de festa, ou lua nova, ou SÁBADOS, 2.17 porque tudo isso tem sido sombra das coisas que haviam de vir; porém o corpo é de Cristo..


Veja que O teólogo Adventista SAMUELLE BACCHIOCHI, entende que o sábado de Col 2:14 e 17 trata-se de sábado semanal e não cerimonial, inclusive ele chama de FALSOS MESTRES OS dizem que o sábado de Col 2:14 a 17, trata-se sábado cerimonial.

Leia com atenção....
================================
OPINIÃO DE SAMUELLE BACCHIOCHI SOBRE CL 2.16-17. (se não me engano é Adventista)
“O sábado em Colossenses 2.16: O tempo sagrado prescrito por FALSOS MESTRES referem-se como sendo ‘um sábado festival’ ou a lua nova ou um sábado. – ‘eortes e neomnia o sabbaton.’ (2.16). O consenso unânime de comentaristas é que estas três expressões representam uma lógica e progressiva seqüência (anual, mensal e semanal). Este ponto de vista é válido pela ocorrência desses termos… Um outro significativo argumento contra os sábados cerimoniais ou anuais é o fato de que estes já estão incluídos nas palavras ‘dias de festa…’Esta indicação positivamente mostra que a palavra SABBATON como é usada em Cl 2.16 não pode se referir aos sábados festivais, anuais ou cerimoniais”.
Determinar o sentido de uma palavra baseando-se exclusivamente em conceitos teológicos em prejuízo de evidências lingüísticas e contextuais é estar contra as regras de hermenêuticas bíblicas. Ademais, a interpretação que o Comentário Adventista dá à palavra ‘sábados’ de Cl 2.16 é difícil de ser sustentada, desde que temos visto que o sábado pode legitimamente ser tido como ‘sombra’ ou símbolos preparatórios de bênçãos da salvação.”“.
===========================

Parece que este Teólogo Adventista diverge de muitos adventistas, pois apresenta o mesmo entendimento que o meu.

É apenas isto! Penso que todo Cristão e filho de Deus merece ter O Dia de Descanso semanal, para se reunir com os irmãos Cristãos e também descansar seus trabalhos diários.

Nada contra os dez mandamentos, apenas um entendimento mais flexivel, conforme Paulo, O Apóstolo dos Gentios recomendou deixando por escrito.

VEJA BEM! NÃO ESTOU DIZENDO QUE OS DEZ MANDAMENTOS FORAM ABOLIDOS! ENTÃO POR FAVOR NÃO USE ESTA AFIRMAÇÃO EM NOSSO DIÁLOGO. OK?

Cordialmente,

Alberto.

Anônimo disse...

Oi, é muito bom saber que você respondeu, assim poderemos chegar a uma resposta mais forte aos argumentos. Aqui vamos nós:

1- Aqui vai algumas partes que você colocou para que possamos ter um maior entendimento.
"Pergunto: Quais são os mandamentos de jesus no caso do versículo e do capítulo de joão que você citou?"
Leia todo o capítulo e veja que aqui Jesus está falando do mandamento do Amor ... Como Paulo enfatizou depois em Rom 13:8
"Romanos
13.8 ................., exceto o amor com que vos ameis uns aos outros; pois quem ama o próximo tem cumprido a lei."
Eu não irei citar Coríntios pois aquilo foi só um complemento(que não perde seu significado, pelo contrário, da mais valor).
Eu parei para ler o capitulo todo para não parecer que tirei conclusões precipitadas. Então vamos rever todo o capitulo(para não ocupar muito espaço irei direto ao ponto):
"8-A ninguém devais coisa alguma, a não ser o amor com que vos ameis uns aos outros; porque quem ama aos outros cumpriu a lei.
9-Com efeito: Não adulterarás, não matarás, não furtarás, não darás falso testemunho, não cobiçarás; e se há algum outro mandamento, tudo nesta palavra se resume: Amarás ao teu próximo como a ti mesmo.
10-O amor não faz mal ao próximo. De sorte que o cumprimento da lei é o amor."(Romanos 13:8-10)

Na verdade não preciso falar, mas nada. Bom, mas para não ocupar nenhuma duvida na nossa mente vou tentar abordar um pouco mais.

Eu percebi as varias citações de homens que cumpriam a lei mas não amavam ao próximo.
Temos que separar essas pessoas em dois grupos: os julgadores e os sinceros.
Julgadores: Podemos ver vários exemplos de quando Jesus falava das pessoas que diziam seguir a lei. Alguns exemplos: Mateus 15:1-9, Mateus 23, Lucas 6: 6-11, entre outros.
Sinceros: Aqueles cujo aceitam a graça e como conseqüência do amor obedecem a lei e falam a verdade:Atos 22,João 9,Lucas 7:1-10 e 36-50, entre muitos outros.

"Mas vejo nos meus membros outra lei, que batalha contra a lei do meu entendimento, e me prende debaixo da lei do pecado que está nos meus membros.
Miserável homem que eu sou! quem me livrará do corpo desta morte?
Dou graças a Deus por Jesus Cristo nosso Senhor. Assim que eu mesmo com o entendimento sirvo à lei de Deus, mas com a carne à lei do pecado."(Romanos 7:23-25)
"Porque o pecado não terá domínio sobre vós, pois não estais debaixo da lei, mas debaixo da graça.
Pois que? Pecaremos porque não estamos debaixo da lei, mas debaixo da graça? De modo nenhum."(Romanos 6:14-15)
Esses versículos foram para completar o que falei anteriormente.

Nenhum homem que realmente não tenha amor não obedece a lei pois quem tem maldade em seu coração não consegue se aproximar, não sozinho, pois não é capaz de aceitar a verdade e é inimigo dela.

Cont.

Anônimo disse...

Continuação

Eu não ia abordar o tema da Nova Aliança mas minha mente não se acalmou, tive que escrever, mesmo tendo pouco tempo. Aqui vamos!

Introdução
Na Bíblia é mostrada varias alianças entre elas a feita com Noé e toda a humanidade.
Aliança:
"E eu convosco estabeleço a minha aliança, que não será mais destruída toda a carne pelas águas do dilúvio, e que não haverá mais dilúvio, para destruir a terra."(Genêsis 9:11)
Sinal da Aliança(Oficialização):
"E disse Deus: Este é o sinal da aliança que ponho entre mim e vós, e entre toda a alma vivente, que está convosco, por gerações eternas.
O meu arco tenho posto nas nuvens; este será por sinal da aliança entre mim e a terra.
E acontecerá que, quando eu trouxer nuvens sobre a terra, aparecerá o arco nas nuvens.
Então me lembrarei da minha aliança, que está entre mim e vós, e entre toda a alma vivente de toda a carne; e as águas não se tornarão mais em dilúvio para destruir toda a carne.
E estará o arco nas nuvens, e eu o verei, para me lembrar da aliança eterna entre Deus e toda a alma vivente de toda a carne, que está sobre a terra.
E disse Deus a Noé: Este é o sinal da aliança que tenho estabelecido entre mim e entre toda a carne, que está sobre a terra."(Genêsis 9:12-17)
ALIANÇA CUMPRIDA.

Aliança feita com Abraão:
"Ora, o SENHOR disse a Abrão: Sai-te da tua terra, da tua parentela e da casa de teu pai, para a terra que eu te mostrarei.
E far-te-ei uma grande nação, e abençoar-te-ei e engrandecerei o teu nome; e tu serás uma bênção."(Genêsis 12:1-2)
Sinal da Aliança(Oficialização):
"Disse mais Deus a Abraão: Tu, porém, guardarás a minha aliança, tu, e a tua descendência depois de ti, nas suas gerações.
Esta é a minha aliança, que guardareis entre mim e vós, e a tua descendência depois de ti: Que todo o homem entre vós será circuncidado.
E circuncidareis a carne do vosso prepúcio; e isto será por sinal da aliança entre mim e vós.
O filho de oito dias, pois, será circuncidado, todo o homem nas vossas gerações; o nascido na casa, e o comprado por dinheiro a qualquer estrangeiro, que não for da tua descendência."(Genêsis 17:9-12)
Objetivo:"E abençoarei os que te abençoarem, e amaldiçoarei os que te amaldiçoarem; e em ti serão benditas todas as famílias da terra."(Genêsis 12:3)
"Vós tendes visto o que fiz aos egípcios, como vos levei sobre asas de águias, e vos trouxe a mim;
Agora, pois, se diligentemente ouvirdes a minha voz e guardardes a minha aliança, então sereis a minha propriedade peculiar dentre todos os povos, porque toda a terra é minha.
E vós me sereis um reino sacerdotal e o povo santo. Estas são as palavras que falarás aos filhos de Israel."(Exôdo 19:4-6)
Seria o povo escolhido espalharia e abençoaria os outros povos trazendo eles para Deus.

Cont.

Anônimo disse...

Nova Aliança feita agora para todo o mundo:
"Eis que dias vêm, diz o SENHOR, em que farei uma aliança nova com a casa de Israel e com a casa de Judá.
Não conforme a aliança que fiz com seus pais, no dia em que os tomei pela mão, para os tirar da terra do Egito; porque eles invalidaram a minha aliança apesar de eu os haver desposado, diz o SENHOR.
Mas esta é a aliança que farei com a casa de Israel depois daqueles dias, diz o SENHOR: Porei a minha lei no seu interior, e a escreverei no seu coração; e eu serei o seu Deus e eles serão o meu povo.
E não ensinará mais cada um a seu próximo, nem cada um a seu irmão, dizendo: Conhecei ao SENHOR; porque todos me conhecerão, desde o menor até ao maior deles, diz o SENHOR; porque lhes perdoarei a sua maldade, e nunca mais me lembrarei dos seus pecados."(Jeremias 31:31-34)
"E, quando comecei a falar, caiu sobre eles o Espírito Santo, como também sobre nós ao princípio.
E lembrei-me do dito do Senhor, quando disse: João certamente batizou com água; mas vós sereis batizados com o Espírito Santo.
Portanto, se Deus lhes deu o mesmo dom que a nós, quando havemos crido no Senhor Jesus Cristo, quem era então eu, para que pudesse resistir a Deus?
E, ouvindo estas coisas, apaziguaram-se, e glorificaram a Deus, dizendo: Na verdade até aos gentios deu Deus o arrependimento para a vida."(Atos 11:15-18)

Cristo renova a aliança e completa a anterior:
"E disse-lhes Jesus: Entendestes todas estas coisas? Disseram-lhe eles: Sim, Senhor.
E ele disse-lhes: Por isso, todo o escriba instruído acerca do reino dos céus é semelhante a um pai de família, que tira do seu tesouro coisas novas e velhas."(Mateus 13:51-52)

Motivo da Nova Aliança:
"Jerusalém, Jerusalém, que matas os profetas, e apedrejas os que te são enviados! quantas vezes quis eu ajuntar os teus filhos, como a galinha ajunta os seus pintos debaixo das asas, e tu não quiseste!
Eis que a vossa casa vai ficar-vos deserta;
Porque eu vos digo que desde agora me não vereis mais, até que digais: Bendito o que vem em nome do Senhor."(Mateus 23:37-39)

Sinal da Aliança(Oficialização):
"E, tomando o cálice, e dando graças, deu-lho; e todos beberam dele.
E disse-lhes: Isto é o meu sangue, o sangue do novo testamento, que por muitos é derramado." (Marcos 14: 23-24)
"E que, havendo por ele feito a paz pelo sangue da sua cruz, por meio dele reconciliasse consigo mesmo todas as coisas, tanto as que estão na terra, como as que estão nos céus."(Colossenses 1:20)

Anônimo disse...

Bom, agora as coisas estão mais claras. Para para abordar um pouco mais o assunto de Cl 2:14-17.

"Então falou Jesus à multidão, e aos seus discípulos,
Dizendo: Na cadeira de Moisés estão assentados os escribas e fariseus.
Todas as coisas, pois, que vos disserem que observeis, observai-as e fazei-as; mas não procedais em conformidade com as suas obras, porque dizem e não fazem;
Pois atam fardos pesados e difíceis de suportar, e os põem aos ombros dos homens; eles, porém, nem com o dedo querem movê-los;
E fazem todas as obras a fim de serem vistos pelos homens; pois trazem largos filactérios, e alargam as franjas das suas vestes,[...]"(Mateus 23:1-5)

Dessa pessoa fala no livro de Colossensses. Acusadores que dizem seguir a lei mas só apontam para o erro dos outros e tentam esconder os seus. Esse foi o conselho para os colossenses.
Agora a Biblia afirma:"A vós também, que noutro tempo éreis estranhos, e inimigos no entendimento pelas vossas obras más, agora contudo vos reconciliou
No corpo da sua carne, pela morte, para perante ele vos apresentar santos, e irrepreensíveis, e inculpáveis,
Se, na verdade, permanecerdes fundados e firmes na fé, e não vos moverdes da esperança do evangelho que tendes ouvido, o qual foi pregado a toda criatura que há debaixo do céu, e do qual eu, Paulo, estou feito ministro."(Colossenses 1:21-23)
E de novo os seguintes versículos:
"Porque o pecado não terá domínio sobre vós, pois não estais debaixo da lei, mas debaixo da graça.
Pois que? Pecaremos porque não estamos debaixo da lei, mas debaixo da graça? De modo nenhum."(Romanos 6:14-15)
"A ninguém devais coisa alguma, a não ser o amor com que vos ameis uns aos outros; porque quem ama aos outros cumpriu a lei.
Com efeito: Não adulterarás, não matarás, não furtarás, não darás falso testemunho, não cobiçarás; e se há algum outro mandamento, tudo nesta palavra se resume: Amarás ao teu próximo como a ti mesmo.
O amor não faz mal ao próximo. De sorte que o cumprimento da lei é o amor."(Romanos 13:8-10)


Eu escrevi, percebi que algumas duvidas suas estão no próprio texto então se tiver algo a duvidar releia e talvez você ache a resposta.
Bom, então é isso. Eu sinto muito porque provavelmente não terei chance de entrar na internet pois irei viajar e provavelmente não terei chance.
Mas não se preocupe, em Agosto eu vou estar de volta, você pode até postar sua resposta se quiser, pode contar com minha presença em Agosto.

Até, que Deus te ilumine e te mostre um conhecimento correto. Que Deus esteja contigo, adeus.

Francisco A. de Azevedo disse...

Anônimo de 30 de junho de 2011 15:16

Saudações Cristãs!

Sobre sua afirmação:

"Eu escrevi, percebi que algumas duvidas suas estão no próprio texto então se tiver algo a duvidar releia e talvez você ache a resposta."

Qual a duvida você acha que tenho?

Esclareça pro favor.

E Se puder se identificar seria melhor..

Também gostaria de sua opinião sobre o texto do Teólogo Adventista SAMUELLE BACCHIOCHI SOBRE CL 2.16-17, que foi citado em comentários acima aqui neste post; Se não leu os comentários, por favor leia-os todos, antes de se manifestar.. para que eu não precise ficar repetindo. oK ?

Cordialmente,

Alberto.

Anônimo disse...

Olá, como irei viajar amanhã decidi guardar um pouco de tempo. Eu me chamo Samuel J., apesar de já ter dado minha opinião vamos a opinião que se qualifica ao capitulo.

Bom, eu irei dar alguns conselhos ao longo do texto. Esse versículo, como muitos outros, se analisados sozinhos dão uma grande dor de cabeça principalmente por parecer que contradiz a Bíblia.
Vamos começar:
"Sepultados com ele no batismo, nele também ressuscitastes pela fé no poder de Deus, que o ressuscitou dentre os mortos.
E, quando vós estáveis mortos nos pecados, e na incircuncisão da vossa carne, vos vivificou juntamente com ele, perdoando-vos todas as ofensas,
Havendo riscado a cédula que era contra nós nas suas ordenanças, a qual de alguma maneira nos era contrária, e a tirou do meio de nós, cravando-a na cruz.
E, despojando os principados e potestades, os expôs publicamente e deles triunfou em si mesmo."(Colossenses 2:12-15)

Um dos problemas das muitas pessoas usam Cl 2:16-17 é que elas só consideram esses versículos mesmo esse fazendo parte de um capitulo.Cuidado! Quando uma pessoa analisa um único versículo com o objetivo de declarar a mudança de algo tem chance de estar errada. Falo isso porque muitos usam esse versículo para falar que o domingo foi declarado dia santo. Continuando :)

"Portanto, ninguém vos julgue pelo comer, ou pelo beber, ou por causa dos dias de festa, ou da lua nova, ou dos sábados,
Que são sombras das coisas futuras, mas o corpo é de Cristo."(Colossenses 2:16-17)
Esse "portanto" no começo do texto faz uma grande diferença, pois mostra ser uma continuação do texto. É interessante porque quando mostra que Jesus triunfou sobre os lideres espirituais e lemos depois o versículo 16 percebemos que esses lideres não podem mais nos julgar, não é que a lei perdeu o sentido e sim que Jesus nos salvou do julgamento e da lei do pecado(Romanos 8:2). Quando olhamos para Cristo todas as coisas são acrescentadas(Mateus 6:33), por isso essas coisas são sombras de coisas futuras pois as.

Cont.

Anônimo disse...

Continuação

Um exemplo de tamanho acontecimento que mais me impressiono é esse:
"Jesus, porém, foi para o Monte das Oliveiras.
E pela manhã cedo tornou para o templo, e todo o povo vinha ter com ele, e, assentando-se, os ensinava.
E os escribas e fariseus trouxeram-lhe uma mulher apanhada em adultério;
E, pondo-a no meio, disseram-lhe: Mestre, esta mulher foi apanhada, no próprio ato, adulterando.
E na lei nos mandou Moisés que as tais sejam apedrejadas. Tu, pois, que dizes?
Isto diziam eles, tentando-o, para que tivessem de que o acusar. Mas Jesus, inclinando-se, escrevia com o dedo na terra.
E, como insistissem, perguntando-lhe, endireitou-se, e disse-lhes: Aquele que de entre vós está sem pecado seja o primeiro que atire pedra contra ela.
E, tornando a inclinar-se, escrevia na terra.
Quando ouviram isto, redargüidos da consciência, saíram um a um, a começar pelos mais velhos até aos últimos; ficou só Jesus e a mulher que estava no meio.
E, endireitando-se Jesus, e não vendo ninguém mais do que a mulher, disse-lhe: Mulher, onde estão aqueles teus acusadores? Ninguém te condenou?
E ela disse: Ninguém, Senhor. E disse-lhe Jesus: Nem eu também te condeno; vai-te, e não peques mais."(João 8:1-11)

Esse não é meu ponto de vista porque nem se quer tinha um ponto de vista sobre o assunto. Cristo nos dá a sua graça, a conseqüências de quando aceitamos a graça é que nossas ações mudam e conseqüentemente obedecemos a lei(Romanos 7:14-25).

Alguns conselhos:
1-Livros que são cartas devem ser analisadas com cuidado pois muitas das vezes tem textos que são direcionados para uma situação específica.
2-Nunca analise um versículo sem entender seu contexto em todo o capitulo e Bíblia num todo.
3-Leia a Bíblia com o intuito de aprender e não de ensinar pois até quando você prega a mensagem nós aprendemos.

Vou ser sincero, fiquei abatido pois por um momento esqueci de ter fé, mas Deus me salvou de ser levado para as garras do pecado. Ele sempre nos dá algo maior do que esperamos, eu pedi uma resposta e Ele me deu a chance de ter uma experiência.

Em Agosto estarei de volta para que possamos conversar mais.
Até!Que tu permita que Deus te guie em cada momento de sua vida.

Francisco A. de Azevedo disse...

Senhor Samuel,

Saudações Cristãs!

Obrigado por se identificar.

Sua afirmação final:

"Em Agosto estarei de volta para que possamos conversar mais.
Até! Que tu permita que Deus te guie em cada momento de sua vida."

Resposta:

Se entendi bem, você quis dizer que aceitando seu entendimento, concordando com sua interpretação, estarei permitindo que Deus me guie em cada momento de minha vida? É isto?

Você tem uma luz especial? Você é um guia? e quer me ensinar?

Faça o seguinte: Leia todo o artigo e todos os comentários e depois volte, pois penso que devemos obedecer aos mandamentos de Deus no contexto da Nova Aliança, acatando ao que o Apostolo Paulo, O Apóstolo dos gentios recomendou, para não julgarmos ninguém por causa de sábados.

Fazendo este julgamento muitos estão caindo em Juízo temerário.

Como disse acima em comentário de 27 de junho de 2011 13:49, há uma exceção no Novo tesstamento quanto ao quarto mandamento e devemos respeitar isso e não ficar exigindo dos gentios àquilo que nem Jesus nem os Apóstolos deles exigiram ou reivindicaram.

Quando novo testamento aparece alguém guardando o sábado há o envolvimento de judeus.

Não há no novo testamento a reivindicação para que os gentios guardem o sábado na forma judaica, pois o mesmo fazia parte da antiga aliança, firmada entre Deus e os Israelitas.

Contudo, mesmo assim guardamos, veja:

Vivemos em uma nação forjada sob os princípios Cristãos, portanto o quarto mandamento é respeitado no contexto da nova aliança, dentro da qual estamos hoje inseridos, pois Nossa Contituição e Leis Trabalhistas obrigam o patrão a conceder ao empregado um sétimo dia de descanso apos seis dias trabalhados.

Quero dizer que não sou contra o DESCANSO no SÁBADO OU NO DOMINGO.

Vejam porquê:

Atenhamo-nos, portanto ao hebraico, língua na qual foi dada a Lei, e façamos toda a apologia ao nome escrito por Deus na Lei dos 10 Mandamentos:

Shabat! Segundo a Vikipédia; “Apesar de ser quase universalmente traduzida como “DESCANSO” ou “UM PERÍODO DE DESCANSO”, a tradução mais literal seria “cessão” de “CESSAR DE TRABALHO”. Podendo a tradução de “SHABAT” ser aceita como “DESCANSO”, vejamos como fica o mandamento, com essa palavra, e como toma outro sentido:

“Lembra-te do dia de “DESCANSO” para o santificar.(8) Seis dias trabalharás e farás toda a tua obra(9). Mas o sétimo dia é o “DESCANSO” do Senhor teu Deus…(10). “…portanto abençoou o Senhor o dia de “DESCANSO” e o santificou”(11). (1)

Portanto, Nossa Constituição e Leis Trabalhistas, garantem ao Cristão este dia de descanso. Não dando o “descanso” ao seu empregado o Patrão está sujeito as respectivas penas previstas nesta leis acima citadas.

Peço-lhe que dê uma lida no título "O Quarto mandamento" por Eclayr Gonzalez -- abrindo o link
http://cristaoslivres-francisco.blogspot.com/2011/01/o-quarto-mandamento.html,

Onde poderás fazer os comentários respectivos, pois como já disse não sou contra os dez mandamentos e nem disse que foram abolidos, contudo levo a sério a exceção quanto ao quarto mandamento, feita pelo Apóstolo Paulo.

Espero que me entenda.

Graça, saúde e paz!

Alberto

Anônimo disse...

Ola, aqui é o Samuel, voltei antes do esperado! Mas vamos logo ao assunto.

"Ouve o conselho, e recebe a correção, para que no fim sejas sábio."(Provérbios 19:20)

Por acaso desejar que Deus guie uma pessoa é errado? Se isso é um "julgamento" então eu vou lhe "julgar" muito. :)
Em primeiro lugar, será que o objetivo desse blog? Você mesmo falou que é para dialogar e encontrar a verdade.

"Lembrem-se: Ser bem informado não é rebelião, ser bem informado é honesto, esconder a verdade pode ser hipocrisia."

Não cabe a mim sair dizendo que sou uma luz especial pois não vou ficar falando a favor de mim mesmo. Afinal, a palavra de Deus pode ser a benção para os que aceitam mas maldição para os que rejeitam.

Vamos agora ao que importa, pois acho que não devemos perder tempo com esses fatores enquanto existem coisas mais importantes a serem esclarecidas.

Em que língua foi dada a Lei?R:Em hebraico.
Mas se tivesse sido entregada em português o povo hebreu poderia entender?R: Não.

A lei foi dada em hebraico, isso é um fato. Mas será que se esqueceu que o próprio Deus fez uma aliança com Abraão?
"Ora, o SENHOR disse a Abrão: Sai-te da tua terra, da tua parentela e da casa de teu pai, para a terra que eu te mostrarei.
E far-te-ei uma grande nação, e abençoar-te-ei e engrandecerei o teu nome; e tu serás uma bênção.
E abençoarei os que te abençoarem, e amaldiçoarei os que te amaldiçoarem; e em ti serão benditas todas as famílias da terra."(Gênesis 12:1-3)

Era função do povo escolhido de ser exemplo para as outras nações.
O que aconteceu quando eles falharam?
"Então me disse: Vês isto, filho do homem? Há porventura coisa mais leviana para a casa de Judá, do que tais abominações, que fazem aqui? Havendo enchido a terra de violência, tornam a irritar-me; e ei-los a chegar o ramo ao seu nariz."(Ezequiel 8:17)

Vamos continuar:

"Porque tudo o que dantes foi escrito, para nosso ensino foi escrito, para que pela paciência e consolação das Escrituras tenhamos esperança."(Romanos 15:4)

Quero lhe propor um desafio.Vou lhe dar duas semanas para achar em algum lugar no antigo testamento que mostre que o sábado contenha alguma exceção. Afinal está escrito:
"Não penseis que vim destruir a lei ou os profetas; não vim destruir, mas cumprir.
Porque em verdade vos digo que, até que o céu e a terra passem, de modo nenhum passará da lei um só i ou um só til, até que tudo seja cumprido.
Qualquer, pois, que violar um destes mandamentos, por menor que seja, e assim ensinar aos homens, será chamado o menor no reino dos céus; aquele, porém, que os cumprir e ensinar será chamado grande no reino dos céus."(Mateus 5:17-19)

Eu sei que a lei aparenta proteger os adventistas mas está escrito:
"Revesti-vos de toda a armadura de Deus, para que possais estar firmes contra as astutas ciladas do diabo."(Efésios 6:11)

Nunca parou para perceber o quão é difícil guardar o sábado, principalmente para os jovens? Parece que todas as coisas que são "boas" acontecem no sábado. Se pararmos para reparar grande parte das pessoas que se tornaram adventistas tiveram dificuldades por causa do sábado, principalmente quando se referia ao trabalho.

"E o dragão irou-se contra a mulher, e foi fazer guerra ao remanescente da sua semente, os que guardam os mandamentos de Deus, e têm o testemunho de Jesus Cristo."(Apocalipse 12:17)

Cont.

Anônimo disse...

Quando falo que é meio difícil compreender as cartas de Paulo não é simplesmente uma opinião minha e sim bíblica.
"Por isso, amados, aguardando estas coisas, procurai que dele sejais achados imaculados e irrepreensíveis em paz.
E tende por salvação a longanimidade de nosso Senhor; como também o nosso amado irmão Paulo vos escreveu, segundo a sabedoria que lhe foi dada;
Falando disto, como em todas as suas epístolas, entre as quais há pontos difíceis de entender, que os indoutos e inconstantes torcem, e igualmente as outras Escrituras, para sua própria perdição.
Vós, portanto, amados, sabendo isto de antemão, guardai-vos de que, pelo engano dos homens abomináveis, sejais juntamente arrebatados, e descaiais da vossa firmeza;"(2 Pedro 3:14-17)

Todas essas mudanças no calendário e até mesmo a lei já foram profetizados, isso Satanás já colocou em pratica.
"E proferirá palavras contra o Altíssimo, e destruirá os santos do Altíssimo, e cuidará em mudar os tempos e a lei; e eles serão entregues na sua mão, por um tempo, e tempos, e a metade de um tempo."(Daniel 7:25)

Você sabia que o domingo já está sendo colocado no lugar do sábado passando de primeiro para sétimo? Procure em algum celular atual e você achará. Sabia que nós seguimos o calendário romano? Se tentar fazer um calendário profético baseado no que seguimos hoje tudo é destruído e perde seu sentido, até mesmo o nascimento de Cristo que aconteceu ano 4 d.C.

Espero que você ache a verdade, pois nós lutamos para encontrá-la e permanecer nela constantemente. Que Deus te guie e abençoe.

Francisco A. de Azevedo disse...

Samuel,

Saudações Cristãs!

Também estou viajando e com dificuldades com a lentidão da internet.

Quando voltar respondo aos seus comentários.

Cordialmente,

Alberto.

Francisco A. de Azevedo disse...

Samuel,

Saudações Cristãs!

Consegui um acesso rápido por pouco tempo e adiantando vou responder ao desafio de Suas palavras:

"Quero lhe propor um desafio.Vou lhe dar duas semanas para achar em algum lugar no antigo testamento que mostre que o sábado contenha alguma exceção".


Não busquei a passagem, mas Jesus cita uma exceção ocorrida com os sacerdotes e outra que ocorreu com ele e com os discípulos quando acusados de profanar o sábado, veja:

Mateus

12.1 Por aquele tempo, EM DIA DE SÁBADO, passou Jesus pelas searas. Ora, ESTANDO OS SEUS DISCÍPULOS COM FOME, entraram a colher espigas e a comer.
12.2 OS FARISEUS, porém, vendo isso, disseram-lhe: EIS QUE OS TEUS DISCÍPULOS FAZEM O QUE NÃO É LÍCITO FAZER EM DIA DE SÁBADO.
12.3 Mas Jesus lhes disse: Não lestes o que fez Davi quando ele e seus companheiros tiveram fome?
12.4 Como entrou na Casa de Deus, e comeram os pães da proposição, os quais não lhes era lícito comer, nem a ele nem aos que com ele estavam, mas exclusivamente aos sacerdotes?
12.5 OU NÃO LESTES NA LEI QUE, AOS SÁBADOS, OS SACERDOTES NO TEMPLO VIOLAM O SÁBADO E FICAM SEM CULP? Pois eu vos digo:
12.6 aqui está quem é maior que o templo.
12.7 Mas, se vós soubésseis o que significa: Misericórdia quero e não holocaustos, não teríeis condenado inocentes.
12.8 Porque o Filho do Homem é senhor do sábado.

OU SEJA, JESUS QUANDO TEVE SEUS DISCÍPULOS ACUSADOS DE PROFANAR O SÁBADO, MOSTROU UM FATO DE PROFANAÇÃO QUE OCORRIA NO VELHO TESTAMENTO.

Veja, apenas respondi a sua pergunta... não estou julgando se tal ato de profanação era lícito ou não...

O Fato é que ocorreram exceções e isto é inegável..

Perguntas para também serem respondidas NO PRAZO DE DUAS SEMANAS citando textos bíblicos do Antigo Testamento:
1 - Quem policiava os portões de Jerusalém para ninguém entrar ou sair aos sábados da cidade?
2 - Quem eram os Atalaias que ficavam de guarda para proteger a cidade de inimigos?
3 - A Cidade ficava desguarnecida?
4 - Os sacerdotes no templo praticavam circuncisão no sábado?
5 – Abraão guardou o sábado?
6 – Isaque guardou o sábado?
7 – Jacó guardou o sábado?
8 – José do Egito guardou o sábado?
9 – Moisés antes e quando esteve na corte de Faraó guardou o sábado?
10 - Mostre-me uma só passagem bíblica em que os patriarcas acima citados guardaram o sábado antes do Êxodo?

Depois respondo as outras questões,

Cordialmente,

Alberto.

Francisco A. de Azevedo disse...

Samuel,

Saudações Cristãs!

No amor de Nosso Senhor e Salvador Jesus Cristo, peço-lhe paciência e muito vagar... não vá lendo e passando por cima dos textos e referências como se já soubesse de tudo... Encarecidamente lhe peço!

Realmente o blog é para dialogar sobre verdades bíblicas, pontanto peço-lhe procure entender os meus textos pelo ponto de vista focado, pois os outros pontos de vista já estudados, nos levam sempre para o mesmo entendimento.

VAMOS OLHAR DE OUTRO ÂNGULO....

Pergunta:

E se ÀQUELAS conclusões estiverem erradas?

SUA CITAÇÃO

Todas essas mudanças no calendário e até mesmo a lei já foram profetizados, isso Satanás já colocou em pratica.
"E proferirá palavras contra o Altíssimo, e destruirá os santos do Altíssimo, e cuidará em mudar os tempos e a lei; e eles serão entregues na sua mão, por um tempo, e tempos, e a metade de um tempo."(Daniel 7:25)


RESPOSTA A SUA CITAÇÃO


Portanto vai uma fonte histórica que identifica este poder de Daniel 7:25, como sendo outro poder que não o indicado pelos ASD...

Assim para podermos melhor nos posicionar quanto aos assunto
De Daniel 7:25 e também Daniel 8, posso lhe dizer que esta profecia PODE TER SE CUMPRIDO ainda na época do AT, peço-lhe, por favor, dê uma chance e leia com bastante atenção e devagar.. procure não se direcionar somente por informações que já te passaram sobre o assunto, pois pode haver lá um equívoco.

Quem seria este poder focando de outro ponto de vista?

Veja Daniel 8

9.
De um deles saiu um pequeno chifre que se desenvolveu consideravelmente para o sul, para o oriente e para a jóia (dos países).

10.
Cresceu até alcançar os astros do céu, do qual fez cair por terra diversas estrelas e as calcou aos pés.

11.
Cresceu até o chefe desse exército de astros, cujo (holocausto) perpétuo aboliu e cujo santuário destruiu.

12.
Por causa da infidelidade, além do holocausto perpétuo foi-lhe entregue um exército! A verdade foi lançada à terra. O pequeno chifre teve êxito na sua empreitada.

13.
Ouvi um santo que falava, a quem outro santo respondeu: quanto tempo durará o anunciado pela visão a respeito do holocausto perpétuo, da infidelidade destruidora, e do abandono do santuário e do exército calcado aos pés?

14.
Respondeu: duas mil e trezentas noites e manhãs. Depois disso o santuário será restabelecido.
...
21.
O bode valente é o rei de Javã; o grande chifre que ele tem entre os olhos é o primeiro rei.

22.
Sua ruptura e o nascimento de quatro chifres em seu lugar significam quatro reinos saindo dessa nação, mas sem terem o mesmo poder.

23.
No fim do reinado deles, quando estiver cheia a medida dos infiéis, um rei surgirá, cheio de crueldade e fingimento.

24.
Seu poder aumentará, nunca porém por si mesmo. Fará monstruosas devastações, terá êxito nas suas empresas, exterminará os poderosos e o povo dos santos.

25.
Graças à sua habilidade, fará triunfar sua perfídia, seu coração inchar-se-á de orgulho; mandará matar muita gente que não espera por isso, levantar-se-á contra o príncipe dos príncipes, mas será aniquilado sem a intervenção de mão humana.


veja:

Existe uma Lacuna histórica coberta pelos ditos apócrifos. Veja uma amostra do homem do pecado(raiz do pecado)e quanta barbaridade este poder cometeu!

Outra! Estes DADOS HISTÓRICOS DE MACABEUS ABAIXO NOS LEVAM A UM entendimento QUE não precisa de todo aquele malabarismo com textos bíblicos para identificar este poder, pois o mesmo já havia sido identificado.... LEIA E ENTENDA.....

Continua no próximo

Francisco A. de Azevedo disse...

Ao samuel

Continuando...

PRESTE ATENÇÃO NAS FRASES EM CAIXA ALTA...

Macabeus - 1
11.Desses reis originou-se UMA RAIZ DO PECADO: Antíoco Epífanes, filho do rei Antíoco, que havia estado em Roma, como refém, e que reinou no ano cento e trinta e sete do reino dos gregos.
12.Nessa época saíram também de Israel uns filhos perversos que seduziram a muitos outros, dizendo: Vamos e façamos alianças com os povos que nos cercam, porque, desde que nós nos separamos deles, caímos em infortúnios sem conta.
13.Semelhante linguagem pareceu-lhes boa,
14.e houve entre o povo quem se apressasse a ir ter com o rei, o qual concedeu a licença de adotarem os costumes pagãos.
15.Edificaram em Jerusalém um ginásio como os gentios, dissimularam os sinais da circuncisão, afastaram-se da aliança com Deus, para se unirem aos estrangeiros e venderam-se ao PECADO.
16.Quando seu reino lhe pareceu bem consolidado, concebeu Antíoco o desejo de possuir o Egito, a fim de reinar sobre dois reinos.
17.Entrou, pois, no Egito com um poderoso exército, com carros, elefantes, cavalos e uma numerosa esquadra.
8.Investiu contra Ptolomeu, rei do Egito, o qual, tomado de pânico, fugiu. Foram muitos os que sucumbiram sob seus golpes.
19.Tornou-se ele senhor das fortalezas do Egito, e apoderou-se das riquezas do país.
20.Após ter derrotado o Egito, pelo ano cento e quarenta e três, regressou Antíoco e atacou Israel, subindo a Jerusalém com um forte exército.
21.PENETROU CHEIO DE ORGULHO NO SANTUÁRIO, TOMOU O ALTAR DE OURO, O CANDELABRO DAS LUZES COM TODOS OS SEUS PERTENCES,
22.A MESA DA PREPOSIÇÃO, OS VASOS, AS ALFAIA, OS TURÍBULOS DE OURO, O VÉU, AS CORÔAS, OS ORNAMENTOS DE OURO DA FACHADA, E ARRANCOU AS EMBUTIDURAS.
23.TOMOU A PRATA, O OURO, OS VASOS PRECIOSOS E OS TESOUROS OCULTOS QUE ENCONTROU.
24.Arrebatando tudo consigo, regressou à sua terra, após massacrar muitos judeus e pronunciar palavras injuriosas.
25.FOI ISSO UM MOTIVO DE DESOLAÇÃO EM EXTREMO PARA TODO O ISRAEL.
26.Príncipes e anciãos gemeram, jovens e moças perderam sua alegria e a beleza das mulheres empanou-se.

Continua no próximo, face o limite de 4096 letras.

Francisco A. de Azevedo disse...

Ao samuel

Continuando..

ATENÇÃO NAS FRASES EM CAIXA ALTA...
Macabeus 1
27.O recém-casado lamentava-se, e a esposa chorava no leito nupcial.
28.A própria terra tremia por todos os seus habitantes e a casa de Jacó cobriu-se de vergonha.
29.DOIS ANOS APÓS, Antíoco enviou um oficial a cobrar o tributo nas cidades de Judá. Chegou ele a Jerusalém com uma numerosa tropa;
30.dirigiu-se aos habitantes com palavras pacíficas, mas astuciosas, nas quais acreditaram; em seguida lançou-se de improviso sobre a cidade, pilhou-a seriamente e matou muita gente.
31.Saqueou-a, incendiou-a, destruiu as casas e os muros em derredor.
32.Seus soldados conduziram ao cativeiro as mulheres e as crianças e apoderaram-se dos rebanhos.
33.Cercaram a Cidade de Davi com uma grande e sólida muralha, com possantes torres, tornando-se assim ela sua fortaleza.
34.Instalaram ali uma guarnição brutal de gente sem leis, fortificaram-se aí;
35.e ajuntaram armas e provisões. Reunindo todos os espólios do saque de Jerusalém, ali os acumularam. Constituíram desse modo uma grande ameaça.
36.Serviram de cilada para o templo, e um inimigo constantemente incitado contra o povo de Israel,
37.DERRAMANDO SANGUE INOCENTE AO REDOR DO TEPLO E PROFANANDO O SANTUÁRIO.
38.Por causa deles, os Jerusalém fugiram, e só ficaram lá os estrangeiros. Jerusalém tornou-se estranha a seus próprios filhos e estes a abandonaram.
39.SEU TEMPLO FICOU DESOLADO COMO UM DESERTO, seus dias de festa se transformaram em dias de luto, seus sábados, em dias de vergonha, e sua glória em desonra.
40.Quanto fora ela honrada, agora foi desprezada, e sua exaltação converteu-se em tormento.
41.Então o rei Antíoco publicou para todo o reino um edito, prescrevendo que todos os povos formassem um único povo e
42.QUE ABANDONASSEM SUAS LEIS PARTICULARES. Todos os gentios se conformaram com essa ordem do rei, e
43.MUITOS DE ISRAEL ADOTARAM A SUA RELIGIÃO, SACRIFICANDO AOS ÍDOLOS E VIOLANDO O SÁBADO.
44.Por intermédio de mensageiros, o rei enviou, a Jerusalém e às cidades de Judá, cartas prescrevendo que aceitassem os costumes dos outros povos da terra,

Continua no próximo..

Francisco A. de Azevedo disse...

Ao samuel

Continuando.....

ATENÇÃO NAS FRASE EM CAIXA ALTA...
macabeus 1
45.SUSPENDESSEM OS HOLOCAUSTOS, OS SACRIFÍCIOS E AS LIBAÇÕES NO TEMPLO, VIOLASSEM OS SÁBADOS E AS FESTAS,
46.PROFANASSEM O SANTUÁRIO E OS SANTOS,
47.ERIGISSEM ALTARES, TEMPLOS E ÍDOLOS, SACRIFICASSEM PORCOS E ANIMAIS IMUNDOS,
48.DEIXASSEM SEUS FILHOS INCIRCUNCIDADOS E MACULASSEM SUAS ALMAS COM TODA SORTE DE IMPUREZAS E ABOMINAÇÕES, DE MANEIRA
49.A OBRIGAREM-NOS A ESQUECER AS LEI E A TRANSGREDIR AS PRESCRIÇÕES.
50.TODO AQUELE QUE NÃO OBEDECESSE À ORDEM DO REI SERIA MORTO.
51.Foi nesse teor que o rei escreveu a todo o seu reino; nomeou comissários para vigiarem o cumprimento de sua vontade pelo povo e coagirem as cidades de Judá, uma por uma, a sacrificar.
52.Houve muitos dentre o povo que colaboraram com eles e abandonaram a lei. Fizeram muito mal no país, e
53.constrangeram os israelitas a se refugiarem em asilos e refúgios ocultos.
54. No dia quinze do mês de Casleu, do ano cento e quarenta e cinco, EDIFICARAM A ABOMINAÇÃO DA DESOLAÇÃO POR SOBRE O ALTAR E CONSTRUIRAM ALTARES EM TODAS AS CIDADES CIRCUNVIZINHAS DE JUDÁ.
55.Ofereciam sacrifícios diante das portas das casas e nas praças públicas,
56.RASGAVAM E QUEIMAVAM TODOS OS LIVROS DA LEI QUE ACHAVAM;
57.EM TODA PARTE, TODO AQUELE EM PODER DO QUAL SE ACHAVA UM LIVRO DO TESTAMENTO, OU TODO AQUELE QUE MOSTRASSE GOSTO PELA LEI, MORRERIA POR ODEM DO REI.
58.Com esse poder que tinham, tratavam assim, cada mês, os judeus que eles encontravam nas cidades
59.e, no dia vinte e cinco do mês, sacrificavam no altar, que sobressaía ao altar do templo.
60. AS MULHERES, QUE LEVAVAM SEUS FILHOS A CIRCUNCIDAR, ERAM MORTAS conforme a ordem do rei,
61. COM OS FILHOS SUSPENSOS AOS SEUS PESCOÇOS. Massacravam-se também seus próximos e os que tinham feito a circuncisão.
62. NUMEROSOS FORAM OS ISRAELITAS QUE TOMARAM A FIRME RESOLUÇÃO DE NÃO COMER NADA QUE FOSSE IMPURO, E PREFERIRAM A MORTE ANTES QUE SE MANCHAR COM ALIMENTOS;
63. NÃO QUISERAM VIOLAR A SANTA LEI E FORAM TRUCIDADOS.
64. Caiu assim sobre Israel uma imensa cólera

continua....

Francisco A. de Azevedo disse...

Ao samuel

Continuando..

A PROFANAÇÃO, PURIFICAÇÃO E RE-DEDICAÇÃO OCORREU NA ÉPOCA DOS MACABEUS... VEJA...

A FESTA DAS LUZES É UMA COMEMORAÇÃO DA PURIFICAÇÃO DO SANTUÁRIO QUE HAVIA SIDO PROFANADO.

PARA SABER QUANDO OCORREU A PURIFICAÇÃO DO SANTUÁRIO DE DEUS EM JERUSALÉM, Leia toda explicação , por favor, ABRINDO OS LINKs:
http://www.abibliamostra.com/histogeobiblica/festadasluzes.htm

e

http://cristaoslivres-francisco.blogspot.com/2010/08/historia-da-festa-das-luzes-hanukkah_14.html

A HISTÓRIA DA FESTA DAS LUZES HANUKKAH - Judas e seus irmãos disseram: “Agora que nossos inimigos estão derrotados vamos purificar o santuário e re-dedica-lo”. (1 Mac. 4:36). Eles removeram todos os vestígios do paganismo e construíram um novo altar. No dia 25 de Kislev ( usualmente em dezembro), 3 anos depois que a abominação da desolação foi introduzida no templo houve a nova dedicação. Eles celebraram a dedicação do templo por 8 dias.

TEXTO TRADUZIDO E ADAPTADO POR Eloy Arraes Vargas

NÃO CONTINUE A LEITURA SEM ANTES ABRIR OS LINKS CITADOS e conferir, POR FAVOR!

Samuel.... não se ofenda comigo, mas o religiosos omitem muitos fatos históricos e nos levam a tirar conclusões erradas. Não estou dizendo que ROMA e a IGREJA CATÓLICA não cometeram barbaridades, todos sabem e nem eles negam isto... Agora vamos colocar as coisas nos seus devidos lugares,, não é mesmo?

Então vamos lá, não é texto meu(É de Eloy A Vargas), mas muito esclarecedor:

==========================

SELEUCIDAS E PTOLOMEUS

OS GREGOS ESQUECIDOS.

Talvez me falte inteligência, talvez todos os livros e enciclopédias que eu tive as mãos ou estudei estejam erradas, pois não consigo entender o fato de que esses livros me falam muito sobre os Seleucidas, os Antíocos e os Ptolomeus, porém quando vou procurar estudos bíblicos, como por encanto esses imensos reinos (verdadeiramente impérios) desaparecem.

Quando procuro estudar com foco no período - inter testamentário - tudo vira fumaça, já houve até um pregador que pretendia me convencer que não existira um período histórico entre os testamentos e que em seguida ao livro de Malaquias nascera Jesus - o Messias - e que por isso a contagem do tempo estava totalmente errada.

Maluquices aparte, o fato é que, no mundo protestante e evangélico, procura-se ocultar aos fiéis todo esse período, e ninguém se propõe a explicar os nomes das cidades citadas por Paulo em suas viagens missionárias e outras como Ptolemaida, Seleucia, e pelo menos duas Antioquias as quais são citadas no novo testamento, há outras mais mas não vamos nos alongar.

O "Império" Selêucida e o "Império" dos Ptolomeus durou séculos e nesse tempo dominaram partes da região ao ocidente do Rio Jordão, onde está Jerusalém.

Continua no próximo..

Francisco A. de Azevedo disse...

Ao Samuel,

Continuando...

No link OS IMPÉRIOS DO ORIENTE MÉDIO - OS SUCESSORES DE ALEXANDRE MAGNO- OS REIS DO NORTE E DO SUL. há um estudo razoável sobre esse assunto e nos mostra quando foi que Seleuco e Ptolomeu dominaram a Síria e o Egito e até quando durou esse império.

O império do Egito se manteve razoavelmente estável, porem o de Seleuco começou pequeno, depois cresceu e ficou quase igual ao que fora o império de Alexandre e finalmente encolheu; quando os romanos chegaram depois de conquistar o Egito, o império Seleucida se resumia a Síria, Palestina e pouca coisa mais.

Dois mapas do império dos Seleucidas clique nos mapas para aumentar; o segundo mapa é de 90 ac e mostra como o império já havia encolhido.

Mapa 01
http://www.abibliamostra.com/diretoaoponto/seleucidas240.htm
Mapa 02
http://www.abibliamostra.com/diretoaoponto/seleucidas240.htm

Quando os Romanos chegaram em 64 ac o império seleucida era menor ainda., esse império dominou as terras da palestina por quase 200 anos, com maior ou menor poder, não há como ignora-lo - nunca devemos esquecer que o império seleucida era um império grego, e assim sendo os gregos dominaram a palestina até 64 ac quando foram derrotados definitivamente pelos romanos.

Esse tema tem muita história, vale a pena pesquisar - faça isso.

Fonte: http://www.abibliamostra.com/diretoaoponto/seleucidasptolomeus.htm

Veja também :
http://www.abibliamostra.com/histogeobiblica/reisdoexilio.htm

O professor Eloy Arraes Vargas, é Filho de Imigrantes espanhóis que aportaram no Brasil no final do século 19.

Blog: http://www.abibliamostra.com/histogeobiblica/reisdoexilio.htm

===================================

Algumas questões levantadas sobre o assunto:

Portanto podemos notar que mais de um poder se encaixa nesta descrição... e com muitos detalhes de mudança de leis e profanação do verdadeiro templo OU SANTUÁRIO DO DEUS de Israel em Jerusalém..

Perguntas:

Então qual templo seria profanado?

Onde se localizava?

O santuário que foi profanado e purificado se localizava onde? É claro que era em Jesrusalém/Israel.
E tudo isto aconteceu... O Templo foi profanado por Antíoco e foi purificado e Re-dedicado na época de Judas o Macabeu.

OUTRA QUANDO OCORREU TAL PROFANAÇÃO...

O Papa e a ICAR não poderiam fazer isto pois quando passaram a existir o TEMPLO E SANTUÁRIO NÃO MAIS EXISTIAM.... Então há algum equívoco....

O Papa e nem a Igreja católica não profanaram o verdadeiro templo de Deus que se localizava em Jerusalém-Israel. Melhor dizendo o Papa e nem a ICAR existiam quando tudo isto ocorreu....

O santuário de Israel e o Vaticano nunca existiram simultâneamente, então como pode um profanar e destruir o outro?

Pois Roma também nunca foi Santuário e nem templo do Deus de Israel..

Concorda comigo?

Seria a profanação do TEMPLO E SANTUÁRIOS ERRADOS?

Que Deus tenha misericórdia de nós pecadores!

Cordialmente,

Alberto.

Francisco A. de Azevedo disse...

Samuel,

Saudações Cristãs!

Desculpe a extensão de minhas considerações! Peço-lhe que não me julgue prepotente por te apresentar este outro entendimento.

São apenas mais informações para o nosso conhecimento.

Quero dizer-lhe que estou familiarizado com a profecia das 2300 tardes e manhãs idealizada pelos IASD, com um dia profético valendo um ano, tendo se iniciado em 457 AC e terminado em 1844 DC, dando início ao suposto juízo investigativo e a suposta purificação do santuário celestial.

Estou explicando isto para evitar que você gaste tempo postando estudos e explicações, sobre as quais já estou familiarizado e bem informado.

Apresentei este outro entendimento e interpretação para mostrar que existem muito pontos neste entendimento que tem vantagens, pois não usa de malabarismo com textos bíblicos e que ninguém deve achar que tem tudo exatamente computado, pois como vimos há fatos que não se encaixam.

A paz, saúde e luz de Deus para todos nós!

Cordialmente,

Alberto

Anônimo disse...

Bom dia, é bom te ver apesar de não ter respondido o desafio, mas depois eu explico. Ei! Não precisava fazer também tantas perguntas para eu responder! Enfim, vou tentar abordar um pouco cada pergunta.

Mas antes de falar quero lhe pedir desculpas, pois parece que estou dando a entender que não leio seus comentários, vou tentar melhorar.

Depois irei responder a resposta em relação a Daniel para não desviar do assunto, afinal tenho só duas semanas para responder o desafio.

Vamos começar! No livro de Gênesis podemos ver vários exemplos de ações ou personagens que fazem exemplo do que aconteceu no futuro:

1- O sacerdócio(Gênesis 14:17-19)
2- Dízimo(Gênesis 14:20...)
3- Sacrifício(Gênesis 4:4...)

Entre outros exemplos que não irei citar agora.
Mas o que mais fascina é que em todo o livro Deus é o único citado como exemplo. Ele foi o que deu esse exemplo, da mesma forma que foi Ele que se batizou para dar o exemplo. ELE guardou o sábado.
Bom, como não aparenta ser suficiente vamos lá.

Agora vamos pensar, porque Deus colocou o sábado como o sinal da aliança?(Lhe peço perdão se aparentei tratar você como alguém que não sabe, é só o jeito meu de falar)

"Eu sou o Senhor teu Deus, que te tirei da terra do Egito, da casa da servidão."(Êxodo 20:2)

"Falarás também aos filhos de Israel, dizendo: Certamente guardareis os meus sábados; porquanto isso é um sinal entre mim e vós pelas vossas gerações; para que saibais que eu sou o Senhor, que vos santifica."(Êxodo 31:13)

"Disse mais Jacó: o Deus de meu pai Abraão, Deus de meu pai Isaque, ó Senhor, que me disseste: Volta para a tua terra, e para a tua parentela, e eu te farei bem!"(Gênesis 32:9)

Se fores sábio entenderás o que eu quis dizer.

Certamente não aparece exemplos que dessem total entendimento de como era a adoração no Gênesis. Mas não se pode esquecer que muitas ações citadas não eram aprovadas por Deus mais Ele tolerava.
O sábado já era tratado como dia santo pois analisemos o caso. Percebemos que Deus já tinha uma relação com Adão e Eva(1 João 4:19,Gênesis 3:8), logo como Deus descansou no sábado para finalizar a sua criação e se mostrar mais próximo deles como Criador e Pai, como objetivo de conhecer a sua criação que era boa. "E viu Deus tudo quanto fizera, e eis que era muito bom. E foi a tarde e a manhã, o dia sexto." "Ora, havendo Deus completado no dia sétimo a obra que tinha feito, descansou nesse dia de toda a obra que fizera.
Abençoou Deus o sétimo dia, e o santificou; porque nele descansou de toda a sua obra que criara e fizera."

Apesar de ter sido ensinado com o tempo o povo foi se esquecendo e como podemos ver em várias partes da Bíblia a adoração do Deus verdadeiro era misturada com a de falsos deuses e até substituída.

Continua...

Anônimo disse...

Logo Deus sempre alerta para eles não guardarem os costumes que estavam propensos a seguirem nas terras que passaram e iriam passar.

"Disse mais o Senhor a Moisés:
Fala aos filhos de Israel, e dize-lhes: Eu sou o Senhor vosso Deus.
Não fareis segundo as obras da terra do Egito, em que habitastes; nem fareis segundo as obras da terra de Canaã, para a qual eu vos levo; nem andareis segundo os seus estatutos.
Os meus preceitos observareis, e os meus estatutos guardareis, para andardes neles. Eu sou o Senhor vosso Deus.
Guardareis, pois, os meus estatutos e as minhas ordenanças, pelas quais o homem, observando-as, viverá. Eu sou o Senhor."(Levítico 18:1-5)

"Agora sei que o Senhor é maior que todos os deuses; até naquilo em que se houveram arrogantemente contra o povo."(Êxodo 18:11)

O interessante que se analisarmos os verso 4 de Levítico mostra uma certa semelhança com o seguinte verso:
"porquanto Abraão obedeceu à minha voz, e guardou o meu mandado, os meus preceitos, os meus estatutos e as minhas leis."(Gênesis 26:5)

Agora analisemos Gênesis 2:4
"Estas são as origens dos céus e da terra, quando foram criados; no dia em que o SENHOR Deus fez a terra e os céus"
Vemos no versículo anterior do capítulo que o sábado foi a marca de que foi criado os céus e a terra. Sabe, quando analisamos percebemos que quando Cristo falou em Mateus 5:18 Ele confirmou muito mais do que nós podemos entender.
"Porque em verdade vos digo que, até que o céu e a terra passem, nem um jota ou um til se omitirá da lei, sem que tudo seja cumprido."

Quando lemos 1 João 2:23 percebemos que temos que aceitar a Cristo para aceitarmos o Pai. Mas o que adianta aceitarmos o Filho se rejeitamos o Pai? Por acaso Eles não deveriam se completar pois são um só?

Vamos continuar, um sacerdote pode trabalhar no sábado? Se parar para pesquisar os sacerdotes trabalham no sábado e não são considerados infratores.

Eu queria continuar para poder fazer uma linha de raciocínio por isso ia te pedir para não responder, mas você pode responder se quiser apesar de que talvez dificulte de entender o que estou tentando te falar.

Então é isso, não precisa se preocupar eu vou fazer uma linha para melhorar o entendimento.

Adeus e feliz sábado! E que o amor de Deus ocupe teu coração a cada dia e que Ele te guie para a vida que nos espera!

Anônimo disse...

Senhores adventistas!
Como é bom participar livremente e saber que seus comentários serão postados! infelizmente isso não acontece nos sites e blogs de vossa organização! nem perco mais o meu tempo! Agora, um conselho: se pretendem não desviar da verdade adventista, parem de visitar este blog, ou o exadventista.com ou então CACP! esse é conselho de irmão! Agora pode bater! eu guento!depois não digam que não avisei. Em Cristo, Elivan.

Anônimo disse...

Olá, sinto muito pela demora, o tempo anda muito curto e não tenho tido a oportunidade de fazer textos para postar aqui.
Antes de tudo quero me dirigir a pessoa do comentário de cima. Nós não podemos ficar calados, pois se ficarmos só no conforto da nossa igreja quem irá pregar a mensagem? Quem irá mostrar o caminho para os outros? Devemos exercitar a nossa fé! Eu entendi seu ponto de vista mas não acho correto ficar calado, pois isso é que esta atrasando a volta de Cristo.

Voltando ao assunto.Como não estou tendo tempo para escrever sobre o assunto decidi postar um certo texto muito interessante que aborda de várias maneiras essa profecia. Tenho que te avisar que o texto é muito grande mesmo! Mas eu aconselho a ler de uma só vez!

-------------------------

Interpretação em Daniel 8

vv. 3, 5 - Carneiro e bode - respectivamente impérios medo-persa e greco-macedônico (vv. 20, 21)

v. 5 - Chifre notável entre os olhos do bode - Alexandre o Grande

v. 8 - Chifre notável se quebra - morte de Alexandre em 323AC, aos 33 anos.
4 chifres - divisão do império greco-macedônico após a morte de Alexandre, passando a liderança do mesmo para 4 generais em 301AC, a saber:
Cassandro - ficou com a Macedônia
Lisímaco - ficou com a Ásia Menor e a Trácia
Seleuco - ficou com o norte da Síria, Mesopotâmia e Oriente
Ptolomeu - ficou com o Egito, a Palestina e sul da Síria
Vale lembrar que em 306AC, Antígonos, um outro general do antigo conquistador, ajudado pelo filho Demétrio, declarou-se rei. Mas foi derrotado pela coligação dos 4 generais, na batalha de Ipsus em 301AC.

v. 9 - Chifre pequeno se torna forte - Roma pagã e Roma papal (aplicação dupla), e não Antíoco Epifânio, pelas seguintes razões:
(1) Este rei sírio não cumpre as especificações da profecia, salvo num ou noutro ponto. Tomada no seu todo, a profecia requer uma figura bem preeminente do que ele, como esta comparação entre profecia e história demonstra:

Obs: É para ler comparado o número que aparece em cima e depois o que está escrito a seguir!

Cont.

Anônimo disse...

O que a profecia previu sobre o chifre pequeno sobre Antíoco Epifânio:
1. Avançaria irresistivelmente para o sul, para o oriente e para a terra gloriosa - verso 9
2. Cresceria até atingir o exército do Céu (o povo de Deus) e o Príncipe do exército - versos 10,11.
3. Tiraria o contínuo e deitaria abaixo o santuário - verso 11.
4. Teria êxito em deitar a verdade por terra e cumprir outros desatinos contra Deus - verso 12.
5. Surgiria quando o poder dos quatro chifres (as quatro divisões do antigo império de Alexandre, inclusive a de Seleuco de onde Antíoco procede) chegasse ao fim, e os “prevaricadores” (certamente os reis da linhagem de Seleuco e Ptolomeu, do norte e do sul respectivamente) se acabassem - verso 23.
6. Seria grande em poder, um poder não oriundo dele mesmo - verso 24.
7. Seria quebrado sem o esforço da mão humana - verso 25.

Obs:Agora que vem a comparação!

O que a História relata sobre Antíoco Epifânio:
1. A campanha no Egito (sul) foi um fiasco imposto pelos romanos, a investida para o oriente precipitou a sua morte, e sua presença na Palestina (a terra gloriosa) foi de curta duração.
2. De fato perseguiu os judeus, mas não atingiu nenhum príncipe deles. O sumo sacerdote Onias III, assassinado em 171 a.C., não pode ser aqui evocado, mesmo porque sua morte não deve ser creditada diretamente a Antíoco. Além disso, dificilmente Onias III seria o Príncipe do exército que no verso 25 é identificado como o Príncipe dos príncipes. Isto parece tão fora de questão que a maioria dos próprios intérpretes preteristas interpreta o Príncipe como sendo Deus. Entendemos que apenas a figura histórica de Jesus cumpre este ponto, o que colocaria o cumprimento profético para bem adiante do tempo de Epifânio.
3. Profanou o templo dos judeus mas jamais o destruiu. Ademais, a palavra “contínuo”, heb. tamid, ligada ao ministério do santuário, define uma atividade mais ampla que o oferecimento de sacrifícios (ver abaixo a análise deste termo). Aliás, a palavra sacrifício não se acha ligada a contínuo no original. Entendemos que o todo do ministério diário, que no antigo santuário era levado a efeito no pátio e no lugar santo, é designado pelo termo.
4. Sua hostilidade contra a fé judaica incrementou o zelo dos judeus por sua religião e levou-os a resistir à helenização de seu culto, até que finalmente lograram a independência no tempo dos macabeus
5. Dominou cerca de 100 anos antes do reino selêucida chegar ao fim em 65 a.C. Depois de Epifânio, mais 14 reis ocuparam o trono da Síria. O reino dos ptolomaidas ao sul, outro dos quatro chifres, acabou somente em 30 a. C.
6. Não grandemente poderoso; tampouco o poder que possuía poderia ser tributado a outra fonte que não ele mesmo.
7. Morreu em sua expedição ao oriente, efetivamente com o concurso da mão humana.

Anônimo disse...

O que a profecia previu sobre o chifre pequeno sobre Antíoco Epifânio:
1. Avançaria irresistivelmente para o sul, para o oriente e para a terra gloriosa - verso 9
2. Cresceria até atingir o exército do Céu (o povo de Deus) e o Príncipe do exército - versos 10,11.
3. Tiraria o contínuo e deitaria abaixo o santuário - verso 11.
4. Teria êxito em deitar a verdade por terra e cumprir outros desatinos contra Deus - verso 12.
5. Surgiria quando o poder dos quatro chifres (as quatro divisões do antigo império de Alexandre, inclusive a de Seleuco de onde Antíoco procede) chegasse ao fim, e os “prevaricadores” (certamente os reis da linhagem de Seleuco e Ptolomeu, do norte e do sul respectivamente) se acabassem - verso 23.
6. Seria grande em poder, um poder não oriundo dele mesmo - verso 24.
7. Seria quebrado sem o esforço da mão humana - verso 25.

Obs:Agora que vem a comparação!

O que a História relata sobre Antíoco Epifânio:
1. A campanha no Egito (sul) foi um fiasco imposto pelos romanos, a investida para o oriente precipitou a sua morte, e sua presença na Palestina (a terra gloriosa) foi de curta duração.
2. De fato perseguiu os judeus, mas não atingiu nenhum príncipe deles. O sumo sacerdote Onias III, assassinado em 171 a.C., não pode ser aqui evocado, mesmo porque sua morte não deve ser creditada diretamente a Antíoco. Além disso, dificilmente Onias III seria o Príncipe do exército que no verso 25 é identificado como o Príncipe dos príncipes. Isto parece tão fora de questão que a maioria dos próprios intérpretes preteristas interpreta o Príncipe como sendo Deus. Entendemos que apenas a figura histórica de Jesus cumpre este ponto, o que colocaria o cumprimento profético para bem adiante do tempo de Epifânio.
3. Profanou o templo dos judeus mas jamais o destruiu. Ademais, a palavra “contínuo”, heb. tamid, ligada ao ministério do santuário, define uma atividade mais ampla que o oferecimento de sacrifícios (ver abaixo a análise deste termo). Aliás, a palavra sacrifício não se acha ligada a contínuo no original. Entendemos que o todo do ministério diário, que no antigo santuário era levado a efeito no pátio e no lugar santo, é designado pelo termo.
4. Sua hostilidade contra a fé judaica incrementou o zelo dos judeus por sua religião e levou-os a resistir à helenização de seu culto, até que finalmente lograram a independência no tempo dos macabeus
5. Dominou cerca de 100 anos antes do reino selêucida chegar ao fim em 65 a.C. Depois de Epifânio, mais 14 reis ocuparam o trono da Síria. O reino dos ptolomaidas ao sul, outro dos quatro chifres, acabou somente em 30 a. C.
6. Não grandemente poderoso; tampouco o poder que possuía poderia ser tributado a outra fonte que não ele mesmo.
7. Morreu em sua expedição ao oriente, efetivamente com o concurso da mão humana.

Anônimo disse...

A discrepância entre profecia e história no que respeita a Antíoco Epifânio é tal que muitos preteristas, da linha mais liberal e que negam o elemento preditivo sobrenatural da profecia bíblica, afirmam que o autor do livro de Daniel se equivocou, em vários detalhes, ao antecipar os lances da carreira desse rei. Não houve, entretanto, equívoco algum, pois o profeta não se referiu a ele e sim a um reino mais poderoso que o dos quatro chifres. Enquanto que Antíoco Epifânio pertence a um dos quatro chifres, o reino selêucida, e que portanto pode ser considerado um dos “prevaricadores” do verso 23 , o poder em questão surge além dos quatro chifres. Esse poder só pode ser Roma.
(2) Versão Almeida - Edição Revista e Atualizada declara que esse poder surgiria de um dos chifres, o que não corresponde ao texto original que reza wumin ha’hhat mehess, “de uma deles”, ficando a equivalência para uma e deles na dependência do que o escritor sagrado declarou no verso anterior. Ali ele fala de: chifres (primeiramente de 1 e depois de 4), termo sempre feminino no hebraico; ventos (também em número de 4, sem dúvida referência aos 4 pontos cardeais), termo feminino ou masculino no hebraico, dependendo da flexão da palavra; e céus, termo sempre masculino no hebraico, e que no verso 8 aparece no plural. Portanto, uma (feminino), no verso 9, faz referência ou a chifre ou a vento; deles (masculino) faz referência ou a ventos ou a céus. Em lugar de chifres (masculino em português) podemos optar por pontas (feminino em português como chifre em hebraico). Os dois possíveis significados para a construção então seriam: (1) de uma [ponta] deles [isto é, dos quatro ventos], ou (2) de uma [vento (lembre que o termo pode ser também feminino no hebraico)] deles [isto é, dos céus]. Considerando, todavia, que no verso 8 o escritor empregou ruhoth, a forma feminina plural da palavra vento, é muito mais natural a alternativa (2), isto é, que ele ainda tivesse em mente a forma feminina para vento no verso 9, subtendendo-a no termo feminino uma. Neste caso, deles apontaria exclusivamente para céus. Caso Daniel quisesse significar “de uma das [4] pontas”, ou “de um dos [4] chifres”, ele teria que registrar “de uma delas”. Se ele quisesse significar “de uma ponta [ou chifre] dos [quatro] ventos”, seria mais próprio que ele registrasse “de uma delas”, já que no verso anterior registrou vento na forma feminina, ou mesmo, quem sabe, “de uma para elas”, já que no verso anterior a preposição para, e não a preposição de, rege o termo ventos. A tradução “de um dos chifres” violenta o contexto imediato da passagem, salvo se Daniel haja cometido um erro de concordância no v. 9, o que é bem mais improvável. O anjo, portanto, está afirmando que o chifre pequeno surge de um dos quatro ventos, e não de um dos quatro chifres, e mais uma vez descarta a possibilidade de Antíoco Epifânio ser esse chifre, como querem preteristas e futuristas. O vento ou ponto cardeal, de onde surge o chifre pequeno, é sem dúvida o ocidente, de onde emergiu o império romano.

Anônimo disse...

(3) O significado de determinado símbolo na profecia apocalíptica não deve ser restringido àquilo a que o símbolo preliminarmente aponta. Em Daniel existem alguns exemplos desse fato: no cap. 2 o profeta afirma categoricamente: “Tu [Nabucodonosor] és a cabeça de ouro” (v. 38). Sabemos, entretanto, que a cabeça de ouro representa não apenas o rei Nabucodonosor, mas o Império néo-babilônico, que começou a ser construído antes dele, isto é, por seu pai Nabopolassar. Igualmente no capítulo 7, o anjo interpreta os símbolos na forma de animais dizendo significarem 4 reis (v. 17), que ele amplia para reinos no verso 23. Neste capítulo o quarto animal possui 10 chifres que o anjo diz representarem 10 reis (v. 24), mas que bem sabemos representam os povos bárbaros que dividiram o império romano e se transformaram em “reinos” independentes, e não meramente 10 governantes desses reinos.
Da mesma forma o “chifre pequeno” de Daniel 7 é igualmente dito significar “outro rei”, que bem sabemos aponta para o papado (uma forma de governo político-religioso), e não para um indivíduo. No cap. 8, os animais representam reinos (vv. 20, 21) e os chifres representariam reis que devem ser interpretados também como reinos. O primeiro animal, o carneiro, possui dois chifres, um mais alto que o outro, tendo o mais alto subido por último (v. 3). Esses chifres não representam reis (no sentido individual), mas dois reinos, a Média e a Pérsia, que se uniram na formação de um único império, tendo a Pérsia finalmente sobrepujado a Média. É verdade que, com respeito ao bode, o chifre notável entre os olhos é o primeiro rei do Império greco-macedônico, isto é, Alexandre (v. 21), mas mesmo assim, considerando que Alexandre foi o único a possuir o domínio exclusivo do Império (pois os que dominaram depois dele dirigiram cada um o território que lhe coube na partilha), esse chifre notável aponta igualmente para o Império greco-macedônico na forma de monarquia. Os chifres que surgiram em seu lugar, não significam apenas os 4 generais que inicialmente dirigiram a quádrupla divisão do Império, Seleuco, Cassandro, Lisímaco e Ptolomeu, mas os 4 reinos que saíram daquele império (agora uma ex-monarquia dividida em 4 partes), com referência especial a dois deles, o reino dos selêucidas e o reino dos ptolomaidas. O chifre pequeno que “cresceu muito” (v. 9), embora o anjo diga representar um “rei” (v. 23), não significa, a exemplo das referências anteriores, apenas um indivíduo, pior ainda se considerarmos Antíoco Epifânio. Um reino inteiro está representado, e são os romanos, como Jesus afirmou ao considerar a profecia de Daniel (ver Mt 24:15; Mr 13:14; e Lc 21:20).
Portanto, esta flexibilidade rei/reino no significado dos símbolos apocalípticos usados em Daniel, é perfeitamente viável. Considerando as coisas desta forma, não há senão uma aparente dificuldade no símbolo de um chifre (com o seu significado óbvio) proceder de um ponto cardeal, e não de um outro chifre, ou de um animal, como a lógica ou coerência humana poderiam exigir. Tudo o que Deus revelou ao profeta foi a vinda de um reino futuro, proveniente de uma determinada direção da Terra, que no caso é o Ocidente, de onde Roma como império tanto pagão como religioso procedeu (cf. Zc 1:18, 19, 21 onde chifres são usados independentemente, isto é, sem estarem ligados a animal algum, como símbolos de poderes terrenos que oprimiram o povo de Deus).

Anônimo disse...

(4) Segundo as passagens dos evangelhos acima referidas, Jesus previu o cumprimento da profecia do chifre pequeno de Dan 8 com os romanos que, mais ou menos 40 anos depois da cruz, cercaram Jerusalém, invadiram a cidade e destruíram o templo. Para o Salvador o “abominável da desolação”, ou “abominação assoladora” , não se cumpre na atitude de Epifânio levantar a imagem de Zeus no templo de Jerusalém, quase 200 anos antes dEle, mas sim com Roma imperial. É claro que a profecia alcança mais amplo cumprimento com Roma papal e sua tentativa de neutralizar a eficácia salvífica do Calvário e do ministério sumo sacerdotal de Jesus no santuário celestial, instituindo e impondo um sistema espúrio de salvação, como tentaremos descrever abaixo.

O tornar-se forte para o sul, para o oriente e para a terra formosa (v. 9), se cumpre nas conquistas de Roma: Egito (30AC), Síria (65AC) e Palestina (63AC) respectivamente.

Nos versos 10 e 11 a aplicação profética é dupla: Roma imperial ou pagã, e Roma eclesiástica ou papal, como se observa na tabela abaixo:

V.Profecia
10-“cresceu até atingir o exército dos céus”.

Roma Pagã
Alusão às perseguições movidas pelos imperadores romanos à Igreja Cristã nos 3 primeiros séculos da nossa era.
Roma Papal
Alusão às perseguições movidas pela Igreja Católica a todos os que não se sujeitassem aos ditames de Roma.

10-“a alguns do exército e das estrelas lançou por terra e os pisou”.

Roma Pagã
Alusão ao martírio imposto pelos imperadores romanos aos apóstolos e outros líderes da Igreja.
Roma Papal
Alusão ao martírio imposto pela Igreja Católica aos líderes de grupos reformadores, Huss, Jerônimo, Savanarola, etc.

11-“engrandeceu-se até o Príncipe do exército”

Roma Pagã
Alusão à morte de Jesus por ordem do tribunal romano (Pilatos) em 31 AD. Conforme Dan 12:1, o Príncipe é Jesus.
Roma Papal
Alusão à atitude da Igreja Católica contra os fiéis na Idade Média, perseguindo-os e matando-os: “Quando fizerdes a um destes pequeninos que crêem em Mim, a Mim o fizes-tes.” (Mt 25:40 e 45). Ou alusão às prerrogativas papais, colocando-se no mesmo nível de Jesus, e em certos aspectos, até acima dEle, como já visto.


11-“dEle tirou o sacrifício costumado e o lugar do Seu santuário foi deitado abaixo”

Roma Pagã
Alusão à destruição de Jerusalém e especialmente do templo, por Roma em 70AD.Duas posições como descritas abaixo.

É necessário notar que a expressão “sacrifício costumado”, ou “sacrifício contínuo” como aparece em outras versões, não consta do original que registra apenas a palavra tamid, que significa contínuo. Esta palavra aparece 103 vezes no Antigo Testamento, e é empregada tanto na forma nominal como adverbial. Exemplos:
1-Incenso contínuo - Êxodo 30:8
2-Lâmpada acesa continuamente - Êxodo 27:20
3-Fogo arderá continuamente - Levíticos 6:13
4-Ministraram continuamente - I Crônicas 16:37
5-A nuvem o cobria de contínuo - Números 9:16
6-O Senhor te guiará continuamente - Isaías 58:11

Anônimo disse...

O Que é o “Tamid” em Daniel

A palavra não deve envolver apenas a idéia de “sacrifício contínuo”. Em 9:21, a palavra
“sacrifício” é registrada e não tamid, para indicar especificamente um sacrifício, e nada mais de significado mais amplo.
Em geral, são apresentadas três hipóteses quanto ao significado desse termo, como empregado nas previsões proféticas de Daniel. O termo aparece em 8:11, 12, 13; 11:31 e 12:11. Vejamos:

(1) os sacrifícios diários no santuário dos judeus
Esta hipótese é adotada por aqueles que interpretam o chifre pequeno que se tornou grande como sendo Antíoco Epifânio, que interrompeu as atividades do templo de Jerusalém por 3 anos mais ou menos (entre 167 e 164AC).
Outros, que aplicam o chifre pequeno a Roma imperial (mas não a Roma papal), entendem que a previsão quanto ao tamid se cumpre na destruição do templo em 70AD.
Os adventistas do sétimo dia não aceitam esta primeira hipótese, salvo no que se refere à Roma imperial e à destruição do templo.

(2) o paganismo
Os que admitem essa hipótese afirmam que a “abominação assoladora” de 11:31 é o papado. Este só poderia ser estabelecido com o afastamento do tamid. A idéia é que o sistema eclesiástico papal não poderia ser implantado enquanto o império romano fosse pagão; ele teria primeiro de se tornar cristão, o que ocorreu a partir de Constantino.
Os que esposam esta hipótese procuram fundamentar-se em II Tessalonicenses 2:7, onde Paulo diz que no seu tempo ainda havia algo que tinha de ser afastado para dar lugar “ao homem do pecado”. Entendem que o apóstolo se referia ao paganismo que predominava em seu tempo por todo o império.
Esta posição foi adotada por Guilherme Miler e posteriormente por Uriah Smith.

(3) o ministério salvífico de Cristo no Santuário Celestial
Esse ministério é cumprido de 31AD (quando Cristo ascendeu ao Céu) até particularmente (mas, a nosso ver, não exclusivamente) 1844 (Hb 7:25). Essa hipótese envolve a idéia do meio correto de salvação: por meio da graça, com base no sacrifício de Cristo, e mediante a fé.
O ser tirado o tamid e ser estabelecida a “abominação assoladora” significa que o poder papal, durante o tempo de sua supremacia (=1260 anos, de 538AD a 1798AD), conseguiu desviar a atenção dos pecadores do ministério de Jesus no Santuário Celestial em favor deles, para um sistema espúrio de salvação mediante o esforço humano efetivado na prática de obras meritórias: penitências, pagamento de promessas, compra de indulgências, peregrinações, participação nas cruzadas à Terra Santa, mortificações, etc. Para solidificar todo esse aparato do mérito humano, a Igreja concorria com missas, oportunidade de confissão auricular, pontificado e sacerdócio clerical, queima de incenso, oferecimento de sacrifício incruento (hóstia), e a garantia, ao fiel, do céu após a morte, ou mesmo do meio fiel, através do purgatório. Na verdade, um santuário paralelo foi levantado neste mundo, para obliterar o celestial, e substituir a obra mediatória de Jesus, o único Sumo Pontífice.

Anônimo disse...

Esta terceira posição parece bem mais satisfatória. Ela foi adotada por Tiago White, O. R. L. Crosier (1846), David Arnold (1849), e outros pioneiro. Quanto ao ponto de vista do pastor Crosier, E. G. White disse:
“Creio que o santuário a ser purificado no fim dos 2.300 dias é o templo da Nova Jerusalém, do qual Cristo é o ministro. O Senhor me mostrou em visão, há mais de um ano, que o irmão Crosier estava com a verdadeira luz a respeito da purificação do santuário, etc., e que era da Sua vontade que o irmão Crosier publicasse a visão que nos havia dado no Day-Star-Extra, de 7 de fevereiro de 1846. Senti-me totalmente autorizada pelo Senhor a recomendar aquele ‘Extra’ a cada santo.”
Mais definidamente, a posição de Tiago White é expressa por ele mesmo nestes termos:
“Dizemos, então, que o Santuário no Céu tem sido trilhado sob os pés no mesmo sentido em que o Filho de Deus o tem sido. Do mesmo modo o exército, a igreja verdadeira, tem sido trilhada. Aqueles que tem rejeitado o Filho de Deus tem-nO trilhado sob os pés, e sem dúvida tem trilhado o Seu santuário.
“A Igreja Católica tem trilhado sob pés não somente a ‘cidade santa’ (ver Ap 11:2) mas também o Santuário, e o Seu ministro, ou sacerdote, ‘o Filho de Deus’. Roma tem sido chamada de a ‘Cidade Santa’ e ‘Cidade Eterna’, que somente pode ser dito da Cidade do Deus vivente, a Nova Jerusalém.
“O papa tem professado ter poder na terra para perdoar pecados, o qual poder pertence somente a Cristo. O povo tem sido ensinado a olhar para o ‘homem do pecado’, assentado no seu templo, ou como diz Paulo, ‘a ponto de assentar-se no santuário de Deus’, etc. -- ao invés de olhar para Jesus, assentado à mão direita do Pai, no santuário celeste. Ao assim desviar-se de Jesus, que unicamente pode perdoar pecados e dar vida eterna, e ao conceder ao papa tais títulos como Senhor Santíssimo, tem trilhado sob pés o Filho de Deus. E ao chamar Roma de ‘Cidade Eterna’, e de ‘Cidade Santa’, tem trilhado sob pés a Cidade do Deus vivente e o Santuário Celeste. O ‘exército’, a igreja verdadeira que tem olhado para Jesus no Santuário verdadeiro para perdão dos pecados, a vida eterna, tem, assim como o seu Senhor divino e Seu santuário, sido trilhada a pés.”

Anônimo disse...

Como tudo aconteceu?

Paulo advertiu a Igreja primitiva de que o processo de apostasia já operava (II Ts 2:7). A partir do II século uma crescente carga de heresias foi avançando em solo cristão. Com a conversão de Constantino no IV século, o paganismo envolveu-se numa cobertura cristã. No VI século o papado, já plenamente estabelecido, exercia cada vez mais o predomínio. A cristandade já havia experimentado de tudo: heresias, dissensões, divisões, rivalidade entre líderes, etc., e o pior, a interposição humana entre o pecador e Deus. Os bárbaros haviam liquidado o império pagão, mas das cinzas dele, o sistema papal se levantara e exercia a soberania. II Tessalonicenses 2:4 havia se cumprido: o homem do pecado assentar-se no santuário de Deus (Sua igreja), e tomara o lugar de Deus.
O santuário de Deus envolve as verdades do Evangelho. Esse fato foi tipificado no santuário terrestre, onde diariamente o plano da redenção era aplicado. Naquele santuário estava também presente a Lei de Deus, a exposição do Seu caráter santo. No cumprimento do ministério do santuário, Deus Se manifestava como pleno de amor, e desejo pela salvação de Seu povo.
Observe que Daniel 8:11 afirma que o contínuo seria removido, o santuário seria pisado, e a verdade jogada por terra. 11:31 afirma que em lugar de tudo isto seria introduzida a abominação assoladora, isto é, o conhecimento de Jesus como Sumo Sacerdote, como Aquele que aplica ao pecador as virtudes salvíficas de Seu sacrifício, seria tirado, e em seu lugar seria colocado um sistema espúrio e diabólico de salvação.
Deus afirma que Seu nome está no santuário, em Sua cidade, e em Seu povo (Dn 9:18, 19; II Cr 6:33; 20:9; Jr 7:14, 30). É-nos dito que quanto o santuário é assolado, arrasam “até o chão a morado Teu nome” (Sl 74:7). O nome de Deus é Seu caráter. Quando Babilônia espiritual deitou abaixo o Santuário do Príncipe, profanou o nome de Deus. “E abriu a boca em blasfêmias contra Deus, para Lhe difamar o nome e difamar o tabernáculo” (Ap 13:6). Em resultado a Terra foi submetida à escuridão da Idade Média, e os homens adotaram falsos conceitos sobre Deus. Eles passaram a ter medo de Deus e a odiá-lO. Criam num inferno de chamas eternas a aguardá-los avidamente quando morressem, e do qual não poderiam se desviar a não ser pelos recursos da Igreja. A exemplo do paganismo, foram criados meios humanos de se “aplacar a ira divina”. O caráter de Deus havia sido atirado ao pó. A esse respeito, diz E. G. White:
“O acesso da Igreja de Roma ao poder assinalou o início da escura Idade Média. Aumentando o seu poderio, mais se adensavam as trevas. De Cristo, o verdadeiro fundamento, transferiu-se a fé para o papa de Roma. Em vez de confiar no Filho de Deus para o perdão dos pecados e para a salvação eterna, o povo olhava para o papa e para os sacerdotes e prelados a quem delegava autoridade. Ensinava-se-lhes ser o papa seu mediador terrestre, e que ninguém poderia aproximar-se de Deus senão por intermédio; e mais ainda, que ele ficava para eles em lugar de Deus e deveria, portanto, ser implicitamente obedecido...
“Ensinava-se-lhes não somente a considerar o papa como seu mediador, mas a confiar em suas próprias obras para expiação do pecado. Longas peregrinações, atos de penitência, adoração de relíquias, ereção de igrejas, relicários e altares, bem como pagamento de grandes somas à Igreja, tudo isto e muitos atos semelhantes eram ordenados para aplacar a ira de Deus ou assegurar o Seu favor, como se Deus fosse idêntico aos homens, encolerizando-Se por ninharias, ou apaziguando-Se com donativos ou atos de penitência!”

Anônimo disse...

Aplicação: Relacionamento tipológico entre Daniel 1 e Daniel 8

Daniel 1 apresenta o tipo; Daniel 8 prevê o antítipo. O cativeiro dos judeus no domínio babilônico começou em 605a.C., o assunto de Daniel 1, e alcançou sua culminação em 586a.C., quando Nabucodonosor destruiu Jerusalém e o templo. Por 70 anos, a partir da 1ª data, o povo seria mantido no cativeiro. Passado esse tempo o santuário deveria ser restaurado, o que passou a ocorrer, como sabemos, com dificuldade.
Ellen G. White afirma que a desolação do santuário e do povo de Deus durante os 70 anos de cativeiro babilônico é um tipo da desolação do Santuário e do povo de Deus durante o tempo da supremacia papal.
Da mesma maneira que o cativeiro dos judeus veio em resultado de suas transgressões, também o cativeiro sob o poder papal veio em resultado de a Igreja Cristã abrir mão da verdade. Justamente como os babilônicos entraram em Jerusalém e a deixaram desolada, derrubando o santuário e levando cativo o povo judeu, assim também pela apostasia que se seguiu à era apostólica, o homem do pecado entrou na Igreja, deitou por terra o santuário e levou em cativeiro o povo de Deus (cf. Dn 11:33 e Ap 13:10).
Em Daniel 8:13 é feita a pergunta: “até quando?” Até quando estará o santuário desolado e estará por terra a verdade? A resposta é dada em seguida: “Até 2.300 tardes e manhãs, e o santuário será purificado.”
A palavra traduzida por purificado aqui é sadaq, que aparece nesta forma unicamente em Daniel 8:14 em todo o Velho Testamento, e sugere uma gama de significados: vindicado, corrigido, restaurado, purificado, justificado, etc. O contexto desta profecia parece indicar um completo processo de se restaurar tudo o que o chifre pequeno arruinou.
Pelo cálculo das 70 semanas em Daniel 9 chegamos à conclusão que as 2.300 tardes e manhãs terminaram em 1844. Neste ano começou a purificação do santuário: no Céu o julgamento investigativo; na Terra a restauração das verdades jogadas por terra.
Durante o tempo da supremacia papal Deus teve, naturalmente, os Seus fiéis, que O honraram com uma vida de obediência dentro de um limitado conhecimento de Sua vontade. Muitos destes tiveram que pagar com a vida a santa ousadia de rejeitar as imposições da apostasia. A reforma protestante do séc. XVI foi inegavelmente um retorno à mensagem da Bíblia. Mas logo as igrejas daí oriundas caíram vítimas do conformismo. Outros movimentos surgiram para incorrerem no mesmo mal. Mais ou menos duzentos anos depois da Reforma, o racionalismo invadiu os domínios do protestantismo relegando a fé a um segundo plano. Era necessária uma retomada final de posição ao lado de Deus, e isto ocorreu a partir do movimento milerita. Por esta época um despertamento mundial para as profecias relativas ao fim, que resultou na proclamação da volta de Jesus como fato iminente, confirmava a chegado do tempo.
Erros de Babilônia ainda eram mantidos, e teriam que ser eliminados. Os que estudaram a profecia das 2.300 tardes e manhãs desconheciam a verdade do santuário, e não procuram entendê-la adequadamente. O grande desapontamento veio e revelou-se uma bênção, pois premidos por ele voltaram-se para as Escrituras em busca de respostas. Depararam com a doutrina do santuário e com ela um leque de verdades, até então desprezadas, abriu-se diante dos pesquisadores.

Anônimo disse...

Os antigos enganos papais passaram a ser removidos para dar lugar à verdade. A imortalidade da alma, o tormento eterno, etc., foram desmascarados como enganos de Babilônia, e as verdades correspondentes passaram a ser apresentadas. A Lei de Deus, que havia sido pisada pelo homem do pecado, agora seria exaltada em sua integridade original. Através da doutrina do santuário, em cujo seio a Lei divina se acha abrigada, o povo de Deus viu a grande verdade do selo de Deus, o sábado, que Babilônia havia substituído por um dia espúrio, como sinal de sua pretensa autoridade sobre assuntos divinos. Com efeito, Apocalipse 11:1 e 19 alcançara cumprimento; o santuário havia sido medido e dos crentes atinaram com a arca do concerto.
Deus verdadeiramente começara a chamar o Seu povo para que saísse de Babilônia. “Vinda é a hora do Seu juízo”, a primeira mensagem angélica havia soado, e agora, a segundo, “caiu, caiu Babilônia” estava sendo dada (Ap 14:6-8). Em 536aC, quando Babilônia já era caída (Is 21:9), os judeus foram chamados a saírem dela e regressarem à Palestina para a reconstrução do templo. Em 1844 aconteceu a mesma coisa. O povo de Deus estava livre do jugo babilônico para lançar o fundamento da grande verdade do santuário, cuja reconstrução espiritual avançará até que o Céu diga: “está feito” (Ap 16:17). Desde 1844 o edifício espiritual da verdade está sendo edificado. Pedra sobre pedra, a verdade está sendo juntada para logo termos um templo perfeito, completamente restaurado, a fim de que, pleno da glória divina, o mundo seja iluminado. (Ap 18:1)
--------------------------------

Bom, é isso! Eu sei que você falou para eu não perder tempo com essas coisas mas se for para perder que seja por algo útil.
Como falei é um texto longo. Algumas partes podem estar meio confusas na organização, mas acho que dá para entender tudo.

Vou tentar voltar a postar em breve. Que Deus te guie e abençoe sua vida para que chegue em um caminho correto!

Francisco A. de Azevedo disse...

Samuel,

Saudações Cristãs!

Como disse já estou familiarizado com esta visão que você apresentou, contudo há falhas, pois acusas CRISTÃOS DE SEREM ANTI-CRISTÃOS. As igrejas Cristãs podem até tolerar algumas heresias, mas nenhuma igreja Cristã que conheço, nega a Deus o pai e nem a Jesus Cristo seu Filho.

Veja porque todo este seu longo texto copiado e colado cai por terra com um só verso bíbico:

1 João

2.22 Quem é o mentiroso, senão aquele que nega que Jesus é o Cristo? Este é o anticristo, o que nega o Pai e o Filho.

Vejo aí incoerência.

Falta você apresentar os versículos da bíblia respondendo de modo especifico as perguntas:

Perguntas para também serem respondidas NO PRAZO DE DUAS SEMANAS, A CONTAR DE 2 de agosto de 2011 01:52

QUE VOCÊ NÃO RESPONDEU, portanto perdeu o prazo...

Deveria citar textos bíblicos do Antigo Testamento:
1 - Quem policiava os portões de Jerusalém para ninguém entrar ou sair aos sábados da cidade?
2 - Quem eram os Atalaias que ficavam de guarda para proteger a cidade de inimigos?
3 - A Cidade ficava desguarnecida?
4 - Os sacerdotes no templo praticavam circuncisão no sábado?
5 – Abraão guardou o sábado?
6 – Isaque guardou o sábado?
7 – Jacó guardou o sábado?
8 – José do Egito guardou o sábado?
9 – Moisés antes e quando esteve na corte de Faraó guardou o sábado?
10 - Mostre-me uma só passagem bíblica em que os patriarcas acima citados guardaram o sábado antes do Êxodo?

Estou aguardando os versos que respondam diretamente as perguntas.
Peço não despejar passagens bíblicas que falam sobre mandamentos e lei, para com malabarismo e suposições tentar responder as perguntas.

No Comentário seguinte, vou mostrar como Paulo identificou os Anti-Cristos de sua época, e como, devemos identificar os ANTI-CRISTO de hoje.

Cordialmente,

Alberto.

Francisco A. de Azevedo disse...

SAMUEL,

Saudações Cristãs!

Esta explicação que você deu, não é sua. É de outros! Cadê sua individualidade e subjetividade para ler a bíblia e estudar história e chegar as suas próprias conclusões.

Pare de defender e fazer propaganda de interpretações e entendimentos de outros. CADÊ VOCÊ?

peço-lhe que leia cada linha e assista os vídeos indicados antes de me responder. Como já disse, não vá passando por cima lendo de qualquer jeito, como se já soubesse de tudo. Lembre-se: ninguém sabe de tudo.

Veja:

O Anti-cristo é também anti-cristão.

Dá uma observada em quem persegue e mata Cristãos hoje no mundo e identificará o anti-cristo e o ANTI-CRISTÃOS Atual.

Pode até usar livros religiosos, contudo o anti-cristo e anti-cristão ATUAL não usa a Bíblia, usa outro livro.

Pode até ser ateu ou religioso que usa o nome de Deus. Penso que não confessa a Cristo e o nega, e ainda perseguem aqueles que se dizem Cristãos. Assim como Paulo identificou os anti-Cristãos de sua época, podemos identificar os de Hoje.

Veja com Paulo identificou os de sua época:

Biblicamente, quem foram os primeiros anticristãos e (anti-cristo):

1 Tessaloniceses
13 E existe outra razão pela qual sempre damos graças a Deus. Quando levamos a vocês a mensagem de Deus, vocês a ouviram e aceitaram. Não a aceitaram como uma mensagem que vem de pessoas, mas como a mensagem que vem de Deus, o que, de fato, ela é. Pois Deus está agindo em vocês, os que crêem.
14 Meus irmãos, o que aconteceu com vocês já havia acontecido também com as igrejas de Deus na Judéia, com o povo dali que pertence a Cristo Jesus. VOCÊS FORAM PERSEGUIDOS PELOS SEUS PRÓPRIOS PATRÍCIOS, DO MESMO MODO QUE OS CRISTÃOS DA JUDÉIA FORAM PERSEGUIDOS PELOS JUDEUS.
15 FORAM OS JUDEUS QUE MATARAM O SENHOR JESUS E OS PROFETAS E TAMBÉM NOS PERSEGUIRAM. Eles desagradam a Deus e são inimigos de todos.16 Tentam até nos impedir de anunciarmos a mensagem de salvação aos não-judeus. Com isso eles completam o total dos pecados que eles têm cometido. Mas agora o castigo de Deus caiu finalmente sobre eles.
17 Irmãos, nós tivemos de nos separar de vocês por algum tempo. Estamos longe dos olhos, mas perto do coração. Sentimos muitas saudades de vocês e gostaríamos de vê-los outra vez.
18 Por isso quisemos ir até aí e fazer uma visita a vocês. Pelo menos eu, Paulo, quis fazer isso mais de uma vez, mas Satanás não nos deixou.
19 Afinal, quando o nosso Senhor Jesus vier, vocês e ninguém mais são de modo todo especial a nossa esperança, a nossa alegria e o nosso motivo de satisfação, diante dele, pela nossa vitória.
20 Sim, vocês são o nosso orgulho e a nossa alegria!

Continua no próximo...

Francisco A. de Azevedo disse...

Continuação da resposta ao Samuel...

(VEJA BEM! OS JUDEUS NÃO SÃO ANTI-CRISTÃOS HOJE. ISTO FOI PASSADO E NÃO FORAM TODOS OS JUDEUS, PENSO QUE NUNCA MAIS SE REPETIRÁ, MUITO PELO CONTRÁRIO OS CRISTÃOS HOJE GOSTAM DOS JUDEUS E PENSO QUE ELES GOSTAM DOS CRISTÃOS), INCLUSIVE EXISTEM MUITOS JUDEUS CRISTÃOS, INCLUSIVE NA ÉPOCA, OS DISCÍPULOS ERAM JUDEUS.

Não vejo outros cristãos perseguindo cristãos, mas vejo uma paranóia induzida pela leitura, causada pelos ensinamentos e doutrinas contidas em alguns livros que distorcem a geografia religiosa do mundo de hoje.

Veja um vídeo que mostra muito bem quem são os anti-cristãos hoje em dia, e qual é a ideologia deles; que matam e perseguem Cristãos de qualquer denominação no mundo inteiro, no link:

http://www.youtube.com/watch?v=L2DmLULc5sE&feature=player_embedded

Inclusive estes dias mataram mais ou menos 500 Cristãos na Nigéria, conforme o link:

http://www.eventos-finais.com/2010/03/confronto-religioso-mata-500-pessoas-na.html

ESTA DE FICAR FOCANDO Cristãos de qualquer linha doutrinária como inimigos, ou seja, focando o inimigo errado, que não nos fazem mal algum, ou seja, são inofensivos e nos dão plena liberdade de até falar mal deles, sem nos perseguir.

Penso que devemos focar os inimigos de hoje, como Paulo focou nos inimigos de sua época.

Presta atenção e começe a pensar, pois esta de ir na conversa de outros, DEIXAR QUE OUTROS PENSEM POR NÓS, ser conduzidos por outros É coisa de cego(Característica de laodicéia)..

Sua Igreja é LAODICÉIA?
Laodicéia tem a visão distorcida e precisa DO COLÍRIO OFERECIDO por DEUS, não é mesmo?

O Que Jesus disse de um cego tentar conduzir outro:

Mateus

15.14 Deixai-os; são cegos, guias de cegos. Ora, se um cego guiar outro cego, cairão ambos no barranco.

Então fica esperto Samuel!

No amor de Nosso Senhor Jesus Cristo.

Alberto.

Francisco A. de Azevedo disse...

Samuel,

Saudações Cristãs!

O vídeo que indiquei parece que foi removido, mas penso que este abaixo o substituirá...

Crescimento do Islamismo e Declínio do Cristianismo no Mundo Ocidental

link:
https://www.youtube.com/watch?v=T1xTmUYYVFQ

Abra-o para entender o que estou querendo dizer..

Agradeço a você como cristão se assitir este vídeo.

Cordialmente,

Alberto.

Francisco A. de Azevedo disse...

Samuel,

Você não se identificou nestes últimos comentários. Os comentários que postastes, pelo que entendo, procedem dos Livros e doutrinas IASD.

Quando for postar comentários de tamanha extensão, peço-lhe, indique apenas o link, porque senão sobrecarrega o blog com assuntos que já estão disponiveis na internet, gerando repetições, que sobrecarregam o leitores tornando o blog cansativo.

Se não fores o Samuel, peço Desculpas, é que assim entendi pelo modo como respondestes.

Obrigado se fizer o esforço para atender ao meu pedido.

Saúde e paz, em Cristo Jesus, filho do Deus Eterno!

Alberto.

Francisco A. de Azevedo disse...

Ao Samuel,

Saudações Cristãs!

Veja, outro motivo porque não sou favorável a esta vasta explanação que você postou:

Abra o link

http://olharprofetico.com.br/estudos-sobre-profecias/147-as-2300-tardes-e-manhas

e veja um estudo sério sobre:

-As 2300 tardes e manhãs, incluindo - a Interpretação Adventista;
- O que Caracteriza o “Chifre Pequeno”?
- Roma é o “Chifre Pequeno”?
- Quem na Verdade é o “Chifre Pequeno”?
- O Que é O “Sacrifício Contínuo”?
- O Que São as 2300 Tardes e Manhãs?
- Como Antíoco Pode se Relacionar a Eventos no Fim dos Tempos?

Estudo este que leva em conta toda aquela interpretação que você postou, porém questiona, mostrando onde podem estar vários enganos.

Ficou muito mais fácil do que postar tudo! Apenas te indiquei o link e os principais tópicos. Sugiro que faça mesmo quando postar comentários.

Desculpe qualquer coisa,

Alberto.

RICARDO disse...

Queridos irmãos, boa tarde.
Creio que o debate está fugindo um pouco do tema, por isso quero voltar ao tema sugerido e comentar sobre um fato bíblico para a reflexão de todos nós.

Vejamos então a linda passagem bíblica em João 8:3-11, onde Jesus revela o verdadeiro caráter da sua doutrina:
"Os escribas e fariseus trouxeram à sua presença uma mulher surpreendida em adultério, fazendo-a ficar de pé no meio de todos e disseram a Jesus: Mestre, esta mulher foi apanhada em flagrante adultério. E na lei nos mandou Moisés que tais mulheres sejam apedrejadas; tu, pois, que dizes? Mas Jesus, inclinando-se escrevia na terra com o dedo. Como insistissem na pergunta, Jesus se levantou e lhes disse: aquele que dentre vós estiver sem pecado seja o primeiro que lhe atire pedra. E tornando a inclinar-se, continuou a escrever no chão. Mas, ouvindo eles esta resposta e acusados pela própria consciência, foram se retirando um por um, a começar pelos mais velhos até os últimos, ficando só Jesus e a mulher no meio onde estava. Erguendo-se Jesus e não vendo ninguém mais além da mulher, perguntou-lhe: mulher, onde estão teus acusadores? Ninguém te condenou? Respondeu ela, ninguém, Senhor! Então, lhe disse Jesus, nem Eu tampouco te condeno; vá e não peques mais".

Neste episódio, bastante conhecido de todos nós, encontramos um procedimento de Jesus que evidencia o verdadeiro Evangelho. Nesta passagem bíblica, percebemos o propósito de Deus para um fato, que só Ele sabe a razão de ter ordenado. ( Obs. Creio que foi um propósito específico de Deus para um determinado momento histórico).
Nos termos da lei mosaica, aquela mulher, apanhada em adultério, não encontraria nenhuma porta de escape, devia mesmo ser apedrejada até à morte. Vê-se, assim, que perante a dura e inflexível lei mosaica, 10 Mandamentos, o interesse pelas regras e leis, por certo, estava acima do valor da vida humana.
Esta passagem bíblica oferece-nos uma outra hermenêutica: os escribas e fariseus usaram aquela mulher, expondo-a perante a multidão, simplesmente, para a consecução de seus maquiavélicos propósitos, os quais eram conseguir apanhar Jesus em qualquer contradição dos seus legítimos ensinamentos.
Na realidade se formos ser mais precisos, os fariseus estavam sendo hipócritas, pois até para o apedrejamento, dentro das normas legais haveria necessidade de trazer as testemunhas e o homem ou os homens que haviam adulterado com a mulher.

CONTINUA

RICARDO disse...

CONTINUA

Propondo uma melhor didática, para entender o que quero falar, vamos hipoteticamente imaginar que os fariseus que apresentaram a mulher a Jesus tivessem dito o seguinte: - Mestre tanto nós; quanto esta mulher cometemos adultério e transgredimos o sábado. Saiba que todos os procedimentos legais foram tomados seguindo a determinação da lei. O Senhor sabe que o próprio Jeová determinou o seguinte:

Êxodo 31:12-15. Falou mais o SENHOR a Moisés, dizendo: Tu. Pois fala aos filhos de Israel, dizendo: Certamente guardareis os meus sábados, porquanto isso é um sinal entre mim e vós nas vossas gerações, para que saibais que eu sou o SENHOR que santifica.
Portanto, guardareis o sábado porque santo é para vós, aquele que o profanar CERTAMENTE MORRERÁ, porque aquele que nele fizer alguma obra, aquela alma será extirpada do meio do seu povo.

Êxodo 35:2 Seis dias se trabalhará, mas o sétimo dia vos será santo, o sábado do repouso do SENHOR, todo aquele que fizer obra nele morrerá.
Números 15:32-36. Estando pois os filhos de Israel no deserto, acharam um homem apanhando lenha num sábado. E os que o acharam apanhando lenha o trouxeram a Moisés e Aarão, e a toda a congregação. E o puseram em guarda porque ainda não estava declarado o que se lhe devia fazer.
Disse, pois, o SENHOR a Moisés: Certamente morrerá o tal homem; toda a congregação com pedras o apedrejará fora do arraial.
Então, toda a congregação o tirou para fora do arraial e com pedras o apedrejaram, e morreu, como o SENHOR ORDENARA A MOISÉS.
BEM IMAGINEMOS QUE AGORA OS FARISEUS, BASEADOS NAS PASSAGENS BÍBLICAS ACIMA CITADAS,
DISSESSEM PARA JESUS O SEGUINTE:- POIS BEM MESTRE O QUE O SENHOR TEM A DIZER, DEVEMOS SER APEDREJADOS – NÓS E A MULHER – COMO DETERMINOU JEOVÁ OU NÃO?
Irmãos que saída Jesus teria, se fosse seguir a lei e os ordenamentos do Antigo Testamento, os quais por determinação de Jeová – O PRÓPRIO DEUS - deviam ser apedrejados todos os que transgredissem o Decálogo? Nenhuma, haja vista que os fariseus não estavam seguindo quaisquer tradições humanas, mas as orientações do Pai Celestial.
Porém conhecendo Jesus como nós conhecemos, os irmãos e todos os que estão lendo os meus comentários o que acham que Jesus faria? Seguiria a lei à risca ou a transgrediria?
Deixo a pergunta aos interessados.
Obs 1: Afirmar que os fariseus eram rigorosos em relação aos Dez Mandamentos por questão de tradição é violentar a própria bíblia. Vide os versos citados: Êxodo 31:12-15; Êxodo 35:2 e Números 15:32-36.
Obs 2: É evidente que o amor a Deus é ao próximo não são o resumo dos Dez Mandamentos. É Possível provar? Sim.
1º Se não perdoar o próximo, os Dez Mandamentos não me acusam;
2º Se não visitar um doente, os Dez Mandamentos não me acusam;
3º Se for racista, os Dez Mandamentos não me acusam;
4º Se cumprir as minhas obrigações e não gostar dos pobres, os Dez Mandamentos não me acusam.

Portanto, é evidente que Deus MUDA e tem propósitos específicos para um determinado momento histórico.
Tanto assim que com Jesus todo o jugo foi suavizado e o verdadeiro exemplo foi dado de como devemos amar a Deus e ao próximo, sendo estas únicas leis que não deixam escapar o pecado.

Um abraço fraternal a todos.

Gênes Soares disse...

Bem os dez mandamentos, são apenas um resumo dos principais princípios de moralidade do caráter de Deus.
Esse é o dever de todo o homem, de acordo com Eclesiastes 12:13.
Portanto porque não esta escrito na lei dos dez mandamentos, eu posso ser racista, posso não perdoar...

Repito os 10 mandamentos é só um resumo dos vários preceitos que se encaixam dentro do principio de moralidade provinda de Deus, por isso mesmo que ele quer que sejamos semelhantes a ele principalmente em caráter.

Esses princípios morais são eternos onde existir vida permaneceram.
O pecado acabará, mas esses princípios de moralidade existiram para sempre.
Sabe por que amados, porque a sua essência provem de Deus, por isso Deus não MUDA e esses princípios o acompanharam por toda a eternidade.

Portanto antes mesmo de o pecado surgir com Lúcifer, esses princípios de moralidade já existiam.
Portanto esses princípios independem do pecado para ter existência.

Pois bem vou tentar ser mais denegra do, vou dar uma simples ilustração.

Gênes Soares disse...

Bem os dez mandamentos, são apenas um resumo dos principais princípios de moralidade do caráter de Deus.
Esse é o dever de todo o homem, de acordo com Eclesiastes 12:13.
Portanto porque não esta escrito na lei dos dez mandamentos, eu posso ser racista, posso não perdoar...

Repito os 10 mandamentos é só um resumo dos vários preceitos que se encaixam dentro do principio de moralidade provinda de Deus, por isso mesmo que ele quer que sejamos semelhantes a ele principalmente em caráter.

Esses princípios morais são eternos onde existir vida permaneceram.
O pecado acabará, mas esses princípios de moralidade existiram para sempre.
Sabe por que amados, porque a sua essência provem de Deus, por isso Deus não MUDA e esses princípios o acompanharam por toda a eternidade.

Portanto antes mesmo de o pecado surgir com Lúcifer, esses princípios de moralidade já existiam.
Portanto esses princípios independem do pecado para ter existência.

Pois bem vou tentar ser mais denegrado, vou dar uma simples ilustração.

O BEM e o MAL, a LUZ e a ESCURIDÃO.

A ESCURIDÃO e nada mais nada menos do que a ausência da LUZ.
O MAL e nada mais nada menos do que a ausência do BEM.

O PECADO e nada mais nada menos que a ausência desses princípios de moralidade na qual os dez mandamentos se baseia.

Agora podemos entender porque os dez mandamentos se qualifica como lei moral, pois se baseia em princípios de moralidade que são eternos, por isso que a lei de Deus é eterna.

Mateus 5:17-18
17 Não cuideis que vim destruir a lei ou os profetas; não vim ab-rogar, mas cumprir. 18 Porque em verdade vos digo que, até que o céu e a terra passem, nem um jota ou um til se omitirá da lei sem que tudo seja cumprido.

Nota: os dez mandamentos estão inclusos também no Pentateuco.

Salmos 111:6-7
“As obras das suas mãos são verdade e juízo; fiéis, todos os seus mandamentos.
PERMANECEM firmes para TODO O SEMPRE; são feitos em VERDADE e RETIDÃO.”

Bem amados lembremos também que o sábado está incluso dentro desses princípios por isso mesmo que ele também é eterno.
De acordo com Isaias 66:22-23

Isaias 66:22-23
22 Porque, como os céus novos e a terra nova que hei de fazer estarão diante da minha face, diz o SENHOR, assim há de estar a vossa posteridade e o vosso nome. 23 E será que, desde uma Festa da Lua Nova até à outra e desde um sábado até ao outro, virá toda a carne a adorar perante mim, diz o SENHOR.

Gênes Soares disse...

Portanto o PECADO se baseia no que é MAL.
E a LEI (princípios morais) se baseia no que é BOM.



Bem qual desses deixará de existir o BEM ou o MAL?

Deus prometeu por fim no mal de acordo com Malaquias 4:1, ele disse que não ficará nem raiz ou galho algum do MAL.

Malaquias 4:1
"Pois certamente vem o dia, ardente como uma fornalha. Todos os arrogantes e todos os malfeitores serão como palha, e aquele dia, que está chegando, ateará fogo neles", diz o Senhor dos Exércitos. "Nem raiz nem galho algum sobrará.


Bem não fica difícil de entendermos agora.

Acabando se o MAL também o PECADO não mais existira.

E com relação aos que praticaram o bem, o que vai acontecer com eles?
De acordo com João 5:29 eles viverão eternamente.

João 5:29
“E os que fizeram o bem sairão para a ressurreição da vida; e os que fizeram o mal, para a ressurreição da condenação.”

Continuando o BEM a LEI continuará.

Salmos 111:6-7
“As obras das suas mãos são verdade e juízo; fiéis, todos os seus mandamentos.
PERMANECEM firmes para TODO O SEMPRE; são feitos em VERDADE e RETIDÃO.”

NOTA: Pecado é a transgressão da Lei de acordo com 1 João 3:4.
Portanto repito, a LEI (princípios morais) independe do pecado para ter existência.
O pecado é a ausência ou a transgressão desses princípios na qual os dez mandamentos se incluem.

Portanto o AMOR esta ligado á tudo que é bom.

Pois bem, quando dizemos para uma pessoa que furtar é pecado, eu além de lhes mostrar
Que esse ato é errado e totalmente contrário àquilo que é BOM, lhes mostro o quanto que eu realmente á AMO, não quero que ela venha futuramente sofrer por tal ato, pois faço isso por amor á ela, pois quem ama corrige também.

Apocalipse 3:19
“Eu repreendo e castigo a todos quanto amo; sê, pois, zeloso e arrepende-te.”

Provérbios 3:12
“Porque o SENHOR repreende aquele a quem ama, assim como o pai, ao filho a quem quer bem.”


Além de mostrar o amor através dessa correção, automaticamente estarei demonstrando-o também para a pessoa que sofreria tal perca pelo furto.

Bem isso para mim se caracteriza amor para com o meu próximo, Deus daria algo somente para nos corrigir e condenar? Não.

Queridos, a bondade esta ligada a tudo aquilo que justo, e tudo aquilo que é justo á bondade.

Portanto a lei e JUSTA, SANTA, e BOA, de acordo com o apóstolo Paulo em romanos 7:2.

Romanos 7:12
“Assim, a lei é santa; e o mandamento, santo, justo e bom.”

Nota: o mandamento aqui, se refere à lei dos dez mandamentos.

Quem AMA é BOM, quem é BOM AMA.

João 14:15
“Se me amardes, guardareis os meus mandamentos.”

João 15:10
“Se guardardes os meus mandamentos, permanecereis no meu amor, do mesmo modo que eu tenho guardado os mandamentos de meu Pai e permaneço no seu amor.”

1 João 5:3
“Porque nisto consiste o amor a Deus: obedecer aos seus mandamentos. E os seus mandamentos não são pesados.”

Portanto queridos Deus nos deu os dez mandamentos porque ele nos ama, para o nosso próprio bem.
Aceite essa verdade para as suas vidas.

Portanto se Deus não muda de acordo com Malaquias 3:6 e Tiago 1:17, como ele nos deu um novo mandamento?

Portanto, quando o NT chama de novo mandamento, amor a Deus e amor ao próximo.

NOVO NA APLICAÇÃO querido, coisa que os fariseus não entendiam, pois achavam que seguindo a risca os mandamentos iriam ser justos e conseguiriam a sua salvação, isso os levava a serem frios e muita das vezes desumanos com os demais, em outras palavras pessoas egocêntricas e sem AMOR na qual o eu falava mais alto, não intendiam o O REAL OBJETIVO DOS MANDAMENTOS que se resumem no AMOR.


Em Cristo.

Gênes Soares.

Anônimo disse...

Ah Francisco, porque deixou lutar? Eu achava que tu já estavas pronto mas pelo jeito me enganei.

Tu falas para mim que estou sendo guiado por outros pensamentos mas como tu podes deixar de ver algo tão claro?

Pegue a sua Bíblia para que eu te possa provar que o que eu falo é verdade.
Abra em Marcos 13
Afinal, por acaso não percebe que Jesus fala com Pedro, Tiago, João e André?(vs 3)
"Então os que estiverem na região da Judéia, fujam para os montes"(vs 14)
Logo Cristo fala que o "grande terror" ainda estava par vim. Prova mais clara? E ainda mais no verso 24 percebemos que depois disso o sol ficaria escuro e a lua em cor de sangue como também vemos em Joel 2:31.

Continuemos, peço que volte para o verso 20 pois se esses sinas fossem literalmente no fim, podemos dizer assim(entenda!),tal tempo não seria encurtado.

Bom, vamos continuar. Como posso saber se o que Samuel está falando está de acordo com a Bíblia e não apenas um malabarismo.

"Não deixem que ninguém os engane de modo algum. Antes daquele dia virá a apostasia e, então, será revelado o homem do pecado, o filho da perdição."
2 Tessalonicenses 2:3

Agora tu me entendes? Agora abra em Daniel 8:25

"E pelo seu entendimento também fará prosperar o engano na sua mão; e no seu coração se engrandecerá, e destruirá a muitos que vivem em segurança; e se levantará contra o Príncipe dos príncipes, mas sem mão será quebrado."
Daniel 8:25

Acho que a última coisa que tenho para falar é isso:

"Recomendo-lhes, irmãos, que tomem cuidado com aqueles que causam divisões e colocam obstáculos ao ensino que vocês têm recebido. Afastem-se deles.
Pois essas pessoas não estão servindo a Cristo, nosso Senhor, mas a seus próprios apetites. Mediante palavras suaves e bajulação, enganam os corações dos ingênuos."
Romanos 16:17-18

Eu tenho um pedido para fazer, lute! Pois o tempo está acabando e você ainda está dormindo! Está a mensagem de Deus para as igrejas:

"Eis que estou à porta, e bato; se alguém ouvir a minha voz, e abrir a porta, entrarei em sua casa, e com ele cearei, e ele comigo.
Ao que vencer lhe concederei que se assente comigo no meu trono; assim como eu venci, e me assentei com meu Pai no seu trono.
Quem tem ouvidos, ouça o que o Espírito diz às igrejas."
Apocalipse 3:20-22

Francisco A. de Azevedo disse...

Gênes Soares,

Saudações Cristãs!

Entendo sua explicação.

Quando citas:

"Portanto a lei é JUSTA, SANTA, e BOA, de acordo com o apóstolo Paulo em romanos 7:2."

Aqui diz 'L E I" e não apenas os "DEZ MANDAMENTOS". Outros lugares falam de "TODA A LEI" .

Paulo mesmo disse:

Gálatas - 5.14 Porque "TODA A LEI" se cumpre em um só preceito, a saber: Amarás o teu próximo como a ti mesmo.

Então há uma diferença; nem sempre quando a bíblia diz "MANDAMENTOS" se refere aos "DEZ MANDAMENTOS"; também quando diz "LEI", ou "TODA A LEI", nem sempre se refere aos dez mandamentos..

Veja alguns ensinamentos e mandamentos morais que estão "NA LEI" mas não constam dos "dez mandamentos":

- Ex 22:22: a nenhuma viúva nem órfão afligireis.
- Ex 22:21: não afligirás o forasteiro, nem o oprimirás...
- Lev 19:17: não aborrecerás teu irmão no teu íntimo...
- Lev 19:14: não amaldiçoarás o surdo, nem porás tropeço diante do cego; mas temerás o teu Deus.
- Ajudar os órfãos e as viúvas - - Tiago 1.27.
- Não fazer acepção de pessoas - Tiago 2:9

Então fica claro que muitas orientações morais fora dos "DEZ MANDAMENTOS" SÃO TÃO MORAIS QUANTO ELES, veja como tiago ENFATIZA " T O D A A L E I "
e não apenas os dez mandamentos, que são uma parte da lei....

Tiago

2.9 se, todavia, fazeis ACEPÇÃO de pessoas, cometeis pecado, sendo argüidos pela lei como transgressores. 2.10 Pois qualquer que guarda "TODA A LEI", mas tropeça em um só ponto, se torna culpado de todos.

Então se tropeçarmos em algum destes mandamentos que estão "NA LEI" mas não estão nos dez mandamentos, nos tornamos culpados de todos.

Obrigado pela participação e principalmente por se identificar!

Cordialmente em Cristo jesus!

Alberto.

Anônimo disse...

De Samuel

Porque você ainda não aceitou meu último comentário?

"Jesus enviou estes doze, e lhes ordenou, dizendo: Não ireis pelo caminho dos gentios, nem entrareis em cidade de samaritanos;
Mas ide antes às ovelhas perdidas da casa de Israel;"
Mateus 10:5-6

Bom dia, sempre existe uma certa confusão entre o antigo e o novo testamento, mas não devemos esquecer do seguinte fato: Cristo pregava para aqueles cujo já conheciam a lei.

A lei era uma base e preparação para o evangelho que Cristo ainda ia pregar.

Como posso ter certeza disso? Abra sua Bíblia em Atos 15. Você já deve conhecer a discussão que houve sobre a circuncisão. Mas o que muitos ignoram é o que o apóstolo Tiago diz.
"Então toda a multidão se calou e escutava a Barnabé e a Paulo, que contavam quão grandes sinais e prodígios Deus havia feito por meio deles entre os gentios.
E, havendo-se eles calado, tomou Tiago a palavra, dizendo: Homens irmãos, ouvi-me:
Simão relatou como primeiramente Deus visitou os gentios, para tomar deles um povo para o seu nome.
E com isto concordam as palavras dos profetas; como está escrito:

"Depois disto voltarei, E reedificarei o tabernáculo de Davi, que está caído, Levantá-lo-ei das suas ruínas, E tornarei a edificá-lo.
Para que o restante dos homens busque ao Senhor, E todos os gentios, sobre os quais o meu nome é invocado, Diz o Senhor, que faz todas estas coisas,
Conhecidas são a Deus, desde o princípio do mundo, todas as suas obras."
Por isso julgo que não se deve perturbar aqueles, dentre os gentios, que se convertem a Deus.
Mas escrever-lhes que se abstenham das contaminações dos ídolos, da prostituição, do que é sufocado e do sangue.
Porque Moisés, desde os tempos antigos, tem em cada cidade quem o pregue, e cada sábado é lido nas sinagogas."
Atos 15:12-21

Consegue me compreender? A Lei de Moisés já era espalhada pelos povos, sendo feita a promessa de Genêsis 12:3,Deus preparava o seu povo da mesma maneira que preparava para a vinda do Messias através do Cordeiro.

Preste atenção agora no que eu vou dizer! Você me falou que a Igreja Adventista é a Laudicéia, e falou que em Lucas 6:39 está escrito que um cego não pode guiar outro, mas se lembre que o mesmo Cristo que chamou o fariseu de hipócrita foi o mesmo que disse:
"Os mestres da lei e os fariseus se assentam na cadeira de Moisés.
Obedeçam-lhes e façam tudo o que eles lhes dizem. Mas não façam o que eles fazem, pois não praticam o que pregam."
Mateus 23:1-3

Cristo falou que devesse seguir o que eles dissessem mas que não copiassem suas ações. Eu sei o que vivo, muitas vezes sou orgulhoso mas a cada dia eu oro a Deus e Ele me responde renovando o meu coração. Não acredite em todo aquele que se diz Adventista, porque quando me deixei levar por esse pensamento quase fracassei de vez, sem ter outra chance. Mas agora continuo minha caminhada e sei quem realmente segue a Cristo e deles que eu me aproximo.

Continua

Anônimo disse...

Está escrito na lei:
"Não procurem vingança, nem guardem rancor contra alguém do seu povo, mas ame cada um o seu próximo como a si mesmo. Eu sou o Senhor."
Levítico 19:18
E também:
"O estrangeiro residente que viver com vocês será tratado como o natural da terra. Amem-no como a si mesmos, pois vocês foram estrangeiros no Egito. Eu sou o Senhor, o Deus de vocês."
Levítico 19:34
E ainda mais:
"E agora, ó Israel, que é que o Senhor seu Deus pede de você, senão que tema o Senhor, o seu Deus, que ande em todos os seus caminhos, que o ame e que sirva ao Senhor, ao seu Deus, de todo o seu coração e de toda a sua alma"
Deuteronômio 10:12

Lembre-se que esta escrito:
"Pois quem obedece a toda a Lei, mas tropeça em apenas um ponto, torna-se culpado de quebrá-la inteiramente.
Pois aquele que disse: "Não adulterarás", também disse: "Não matarás". Se você não comete adultério, mas comete assassinato, torna-se transgressor da Lei."
Tiago 2:10-11

De fato, não é em todos os momentos que quando é falado Lei que somente os Dez Mandamentos estão inclusos, mas eles entram também no conceito de lei, ou seja, refere-se a lei e aos mandamentos(Deuteronômio 10:13).

Tu sabes o que está escrito:
"Pois estes mandamentos: "Não adulterarás", "não matarás", "não furtarás", "não cobiçarás", e qualquer outro mandamento, todos se resumem neste preceito: "Ame o seu próximo como a si mesmo".
Romanos 13:9

"Irmãos, vocês foram chamados para a liberdade. Mas não usem a liberdade para dar ocasião à vontade da carne; pelo contrário, sirvam uns aos outros mediante o amor.
Toda a lei se resume num só mandamento: "Ame o seu próximo como a si mesmo".
Gálatas 5:13-14

Francisco, o tempo está acabando. Quando o tempo acabar não haverá mais volta!
"Dou-lhe este aconselho: Compre de mim ouro refinado no fogo e você se tornará rico; compre roupas brancas e vista-se para cobrir a sua vergonhosa nudez; e compre colírio para ungir os seus olhos e poder enxergar.
Repreendo e disciplino aqueles que eu amo. Por isso, seja diligente e arrependa-se.
Eis que estou à porta e bato. Se alguém ouvir a minha voz e abrir a porta, entrarei e cearei com ele, e ele comigo.
Ao vencedor darei o direito de sentar-se comigo em meu trono, assim como eu também venci e sentei-me com meu Pai em seu trono.
Aquele que tem ouvidos ouça o que o Espírito diz às igrejas."
Apocalipse 3:18-22

Francisco A. de Azevedo disse...

Samuel, também repasso-lhe o conselho do próprio Jesus:

"Dou-lhe este aconselho: Compre de mim ouro refinado no fogo e você se tornará rico; compre roupas brancas e vista-se para cobrir a sua vergonhosa nudez; e compre colírio para ungir os seus olhos e poder enxergar.
Repreendo e disciplino aqueles que eu amo. Por isso, seja diligente e arrependa-se.
Eis que estou à porta e bato. Se alguém ouvir a minha voz e abrir a porta, entrarei e cearei com ele, e ele comigo.
Ao vencedor darei o direito de sentar-se comigo em meu trono, assim como eu também venci e sentei-me com meu Pai em seu trono.
Aquele que tem ouvidos ouça o que o Espírito diz às igrejas."
Apocalipse 3:18-22

Sabe porque:

Gálatas:
3.10 Todos quantos, pois, são das obras da lei estão debaixo de maldição; porque está escrito: Maldito todo aquele que não permanece em todas as coisas escritas no Livro da lei, para praticá-las.

Efésios:
2.8 Porque pela graça sois salvos, mediante a fé; e isto não vem de vós; é dom de Deus;

Continua..

Alberto

Francisco A. de Azevedo disse...

Continuando:

Romanos

8.14 Pois todos os que são guiados pelo Espírito de Deus são filhos de Deus.

Gálatas

5.18 Mas, se sois guiados pelo Espírito, não estais sob a lei.

Continua...

Francisco A. de Azevedo disse...

Então Samuel,

Saudações Cristãs!

Pelas suas recomendações, parece que julgas que sou transgressor de algum mandamento, ou um pecador inveterado, apenas por dizer que "GUARDAR OS DEZ MANDAMENTOS NÃO É SINÔNIMO DE AMAR A DEUS E AO PRÓXIMO"?

É isto?

Então diga-me?

Qual mandamento julgas que estou transgredindo?

Devo me arrepender de que?

Por favor seja específico.

Cordialmente,

Alberto.

Anônimo X disse...

Queridos irmãos, boa tarde
Não consigo entender uma coisa. O quê? É que até hoje não conheço um único adventista que tenha guardado ou que guarde o sábado.
Se existir algum que guarde o sábado. Por favor se apresente.

"EU QUERO IR PARA O CÉU, E VOCÊ"? disse...

AO ANÔNIMO X:

Afinal, em que cidade vc reside?

Sinceramente, eu tb n/ conheço ninguém que assina seu próprio nome como ANÔNIMO X.

UM ASD;

ORLANDO R. NETTO

Anônimo disse...

De Samuel

Anônimo X, apesar de achar bem estranho a sua pergunta, eu proponho algo, porque você em vez de ficar esperando ver os outros fazerem o que é correto, você mesmo não faz? Seja um adventista que guarde o sábado, já que onde tu moras ,aparentemente(pelo menos acho que foi isso que você transmitiu), não existe nenhum adventista que guarde o sábado.

Bom dia, vamos voltar ao assunto. Sinto falta do irmão Genês Soares.
O que vou dizer agora é necessário sabedoria.

Quero que você pegue sua Bíblia e abra no livro de Romanos, pois é ali que veremos cada parte da das Escrituras.

"A lei foi introduzida para que a transgressão fosse ressaltada. Mas onde aumentou o pecado, transbordou a graça,
a fim de que, assim como o pecado reinou na morte, também a graça reine pela justiça para conceder vida eterna, mediante Jesus Cristo, nosso Senhor."
Romanos 5:20-21

Não ignoro a importância da graça, pelo contrário, se eu não a tivesse não poderia obedecer a lei e assim seguiria minha natureza humana.
Já que não somos guiados pela lei e sim pelo Espírito isso quer dizer que nós assim transgredimos a lei? Pois está escrito que não!

"Porque todos os que sem lei pecaram, sem lei também perecerão; e todos os que sob a lei pecaram, pela lei serão julgados.
Porque os que ouvem a lei não são justos diante de Deus, mas os que praticam a lei hão de ser justificados.
Porque, quando os gentios, que não têm lei, fazem naturalmente as coisas que são da lei, não tendo eles lei, para si mesmos são lei;
Os quais mostram a obra da lei escrita em seus corações, testificando juntamente a sua consciência, e os seus pensamentos, quer acusando-os, quer defendendo-os;
No dia em que Deus há de julgar os segredos dos homens, por Jesus Cristo, segundo o meu evangelho."
Romanos 2:12-16

Já assim, mesmo que eu não conheça a lei, o Espírito me guia para fazer o que é correto. Mas vendo pela lei que sou condenado isso me faz correr aos braços de Cristo.

"Sabemos que tudo o que a lei diz, o diz àqueles que estão debaixo dela, para que toda boca se cale e todo o mundo esteja sob o juízo de Deus.
Portanto, ninguém será declarado justo diante dele baseando-se na obediência à lei, pois é mediante a lei que nos tornamos plenamente conscientes do pecado.
Mas agora se manifestou uma justiça que provém de Deus, independente da lei, da qual testemunham a Lei e os Profetas,
justiça de Deus mediante a fé em Jesus Cristo para todos os que crêem. Não há distinção,
pois todos pecaram e estão destituídos da glória de Deus,
sendo justificados gratuitamente por sua graça, por meio da redenção que há em Cristo Jesus."
Romanos 3:19-24

Continua

Anônimo disse...

Já assim, nós que tínhamos a natureza humana não podíamos obedecer a lei, mas tendo o Espírito em nós, somos capazes de obedecer a lei.

"Portanto, agora nenhuma condenação há para os que estão em Cristo Jesus, que não andam segundo a carne, mas segundo o Espírito.
Porque a lei do Espírito de vida, em Cristo Jesus, me livrou da lei do pecado e da morte.
Porquanto o que era impossível à lei, visto como estava enferma pela carne, Deus, enviando o seu Filho em semelhança da carne do pecado, pelo pecado condenou o pecado na carne;
Para que a justiça da lei se cumprisse em nós, que não andamos segundo a carne, mas segundo o Espírito."
Romanos 8:1-4

Agora você não pode dizer que não ouviu, pois te deram ouvidos, você não pode dizer que não viu, pois te deram olhos, você não pode dizer que não conseguiu andar, pois te deram pernas.

Eu nunca tive a atenção de te acusar Francisco. Então porque entende de maneira errada o que tento te dizer?
Não existe pecado em querer perguntar e conhecer as Escrituras. Mas se você, mesmo vendo a verdade e conseguindo entender você insiste em permanecer no erro, já não peca contra os homens e sim contra o Espírito.
Agora se a sua mente o acusa, sem que eu tenha intenção de fazer isso, tu já não é inocente.

Disse Jesus: "Se vocês fossem cegos, não seriam culpados de pecado; mas agora que dizem que podem ver, a culpa de vocês permanece".
João 9:41

Escute o que Deus fala as igrejas, pois o tempo está acabando.

"Você diz: Estou rico, adquiri riquezas e não preciso de nada. Não reconhece, porém, que é miserável, digno de compaixão, pobre, cego e que está nu.
Dou-lhe este aconselho: Compre de mim ouro refinado no fogo e você se tornará rico; compre roupas brancas e vista-se para cobrir a sua vergonhosa nudez; e compre colírio para ungir os seus olhos e poder enxergar.
Repreendo e disciplino aqueles que eu amo. Por isso, seja diligente e arrependa-se.
Eis que estou à porta e bato. Se alguém ouvir a minha voz e abrir a porta, entrarei e cearei com ele, e ele comigo.
Ao vencedor darei o direito de sentar-se comigo em meu trono, assim como eu também venci e sentei-me com meu Pai em seu trono.
Aquele que tem ouvidos ouça o que o Espírito diz às igrejas."
Apocalipse 3:17-22

Francisco A. de Azevedo disse...

Samuel,

Saudações Cristãs!

Vamos fazer o seguinte; Poste os comentários identificando-se verdadeiramente, colocando seu open-id ou conta Google.

Não poste mais como anônimo pois Samuel pode apenas ser mais um codinome.

Aguardando sua identificação, para moderar seus últimos comentários.

Cordialmente,

Alberto.

Anônimo disse...

De Samuel

Quero que poste logo meu comentário, depois, quando eu tiver tempo, crio uma conta e posto com ela.
Tudo bem? Até mais!

Francisco A. de Azevedo disse...

Samuel,

Seus comentários foram moderados.

Observação:

No seu comentário continuas com a mesma insinuação de que ando fazendo algo errado.

Seja claro e direto: diga O QUÊ?

Veja com te expressas:
---Início de sua expressão----
"Eu nunca tive a atenção de te acusar Francisco. Então porque entende de maneira errada o que tento te dizer?
Não existe pecado em querer perguntar e conhecer as Escrituras. Mas se você, mesmo vendo a verdade e conseguindo entender você insiste em permanecer no erro, já não peca contra os homens e sim contra o Espírito.
Agora se a sua mente o acusa, sem que eu tenha intenção de fazer isso, tu já não é inocente."
------ Fim da sua expressão----

Veja Samuel....

Um tanto contraditório este teu texto, pois ao mesmo tempo em que dizes que não tem a intenção de me acusar, mas logo em seguida dá uma bela de uma "alfinetada".. Colocando textos bíblicos e advertências, como por exemplo:

1 - "mesmo vendo a verdade e conseguindo entender você insiste em permanecer no erro";

2 - "já não peca contra os homens e sim contra o Espírito";

3 - "tu já não é inocente";

E Se porventura eu for pecador apenas igual a você?

Pelo jeito continuas me "Julgando um pecador inveterado", não é mesmo?

Depois passas a usar textos bíblicos, como por exemplo -Apocalipse 3:17-22; para fazer intimidação comigo? Para me amedrontar e fazer que eu perca minha individualidade e subjetividade e passe a concordar cegamente contigo e com seus entendimentos e interpretações, é isto?

Quem diz que não peca ou pensa que não peca é o que? Veja a resposta bíblica:

1 João 1.10 - "Se dissermos que não temos cometido pecado, fazemo-lo mentiroso, e a sua palavra não está em nós."

Samuel,

"Sou pecador e careço do perdão, bondade, graça e misericórdia de Deus, ou seja, um favor imerecido que há Nosso Senhor e Salvador jesus Cristo, Certo?

Reenvio-lhe a recomendação que teimas em me dirigir:

Samuel esta advertência do apocalipse é para todo cristão, inclusive para você:
===========
Escute o que Deus fala as igrejas, pois o tempo está acabando.

"Você diz: Estou rico, adquiri riquezas e não preciso de nada. Não reconhece, porém, que é miserável, digno de compaixão, pobre, cego e que está nu.
Dou-lhe este aconselho: Compre de mim ouro refinado no fogo e você se tornará rico; compre roupas brancas e vista-se para cobrir a sua vergonhosa nudez; e compre colírio para ungir os seus olhos e poder enxergar.
Repreendo e disciplino aqueles que eu amo. Por isso, seja diligente e arrependa-se.
Eis que estou à porta e bato. Se alguém ouvir a minha voz e abrir a porta, entrarei e cearei com ele, e ele comigo.
Ao vencedor darei o direito de sentar-se comigo em meu trono, assim como eu também venci e sentei-me com meu Pai em seu trono.
Aquele que tem ouvidos ouça o que o Espírito diz às igrejas."
Apocalipse 3:17-22
======

Outra:

Gálatas:

2.21 Não anulo a graça de Deus; pois, se a justiça é mediante a lei, segue-se que morreu Cristo em vão.
5.4 De Cristo vos desligastes, vós que procurais justificar-vos na lei; da graça decaístes.

Veja bem Samuel, não estou dizendo que podemos sair por ai pecando... O que digo é que somos todos pecadores e carentes da bondade, perdão, graça, misericórdia e amor de Deus que há em Cristo Jesus filho do Deus Eterno.

Peço-lhe: Não me julgues e nem faça insinuações, pois não me conheces.

Se for continuar com suas insinuações, por favor aponte a qual dos meus pecados se referes? Certo?

Preste bem atenção, pois às vezes pecamos até sem perceber ou inconscientemente!

Jesus disse:

"QUEM NÃO TEM PECADO ATIRE A PRIMEIRA PEDRA!"

Mas tem gente que gosta de dar uma pedrada(Alfinetada-insinuação).

Cordialmente,

Alberto.

Anônimo disse...

Leitores,

Aproveitem e abram o vídeo do link abaixo e assistam um hino cantado no Coliseu de Roma...

Maravilhosa Graça

http://www.youtube.com/watch?v=4k613v5OZNk

Bacana mesmo!

Anônimo X disse...

Prezados irmãos, boa tarde.
Irei responder aos Srs. Orlando e Samuel.
Anteriormente fiz uma pequena pergunta e afirmação:

“Não consigo entender uma coisa. O quê? É que até hoje não conheço um único adventista que tenha guardado ou que guarde o sábado. Se existir algum que guarde o sábado. Por favor se apresente.”

Os Srs. Orlando e Samuel redarguiram o que escrevi do seguinte modo.
O Sr. Orlando escreveu o seguinte:
Afinal, em que cidade vc reside?
Sinceramente, eu tb n/ conheço ninguém que assina seu próprio nome como ANÔNIMO X.

Resposta: quero dizer ao Sr. Orlando que coloco e assino meu nome ou pseudônimo do jeito que quiser. O próprio site dá esse possiblidade. Portanto nada fiz de errado.
Já o Sr. Samuel escreveu o seguinte:
Anônimo X, apesar de achar bem estranho a sua pergunta, eu proponho algo, porque você em vez de ficar esperando ver os outros fazerem o que é correto, você mesmo não faz? Seja um adventista que guarde o sábado, já que onde tu moras ,aparentemente(pelo menos acho que foi isso que você transmitiu), não existe nenhum adventista que guarde o sábado.
Resposta: Primeiramente, ao contrário do que afirmou, minha pergunta não tem nada de estranho. Como irei demonstrar mais à frente. Em segundo lugar não estou esperando os outros fazer o que o certo. Por quê? Porque estes outros, incluindo o Sr. , que me deu um conselho que não pratica, não guardam o sábado coisíssima nenhuma.
As denominações, incluindo a IASD, são compostas por muitas pessoas de bem. Contudo, no caso dos irmãos da IASD, que é o que interessa mencionar aqui, apesar da sinceridade e da alegada boa intenção, estão longe, muito longe de guardar o sábado.
Por que os adventistas não guardam o sábado? Porque usufruem de todos os serviços não ligados ao evangelismo neste dia. Há muitas situações em que poderiam deixar de usar alguns serviços no sábado: TELEFONE, ENERGIA ELÉTRICA ETC.
O interessante é que sabem que as pessoas estão cometendo pecado, transgredindo o sábado como afirmam, contudo usam em suas casas: no exato momento em que as pessoas fornecem-lhes os serviços, por exemplo, o telefone e os serviços elétricos: fogão, chuveiro elétrico, lâmpadas. É importante ressaltar que usam todos os serviços citados, no sábado, na maior parte das vezes para serviços não evangelísticos.
Assim condenam os que trabalham no sábado e beneficiam-se do pecado. Pregam assim um fardo aos outros que não praticam. (HIPOCRISIA. Por que o Srs. PREGAM UM FARDO QUE NÃO PRATICAM?
Agora vamos falar um pouco da IASD.
A IASD é uma igreja baseada em princípios falsos, criados por seres humanos, e contrários até aos princípios bíblicos que alega seguir. Por quê?

1º Exige que o batizando declare a crença no dom profético de Ellen White. Se isso não for feito a pessoa não será batizada. PORTANTO DOUTRINA HUMANA DA IASD E CONTRÁRIA À BÍBLIA. Por que os Srs. e a cúpula da IASD concordam com tamanho erro?


2º Proíbe usar brinco ou cordão. Se a pessoa usar brinco ou cordão é excluída do rol de membros da IASD. E isso quando o profeta Daniel e José do Egito usaram cordão e Rebeca usou brinco e foram, todos eles, abençoados por Deus. PORTANTO A PROIBIÇÃO DE USAR CORDÃO OU BRINCO É DOUTRINA HUMANA CRIADA PELA IASD E CONTRÁRIA À BÍBLIA. Por então que os Srs. concordam com mais esta mentira?
3º Proíbe o casamento de seus membros com pessoas cristãs de outras denominações. É interessante que no passado, onde as normas eram muito mais rigorosas, José do Egito casou-se com uma mulher não judia e a rainha Ester casou-se com o rei Assuero que não era judeu. DESTE MODO, A PROIBIÇÃO DE CASAMENTO ENTRE CRISTÃOS DE DENOMINAÇÕES DIFERENTES É DOUTRINA HUMANA DA IASD CONTRÁRIA À BÍBLIA. Por que então que os Srs. e a cúpula da IASD concordam com mais esta mentira?


Continua

Anônimo X disse...

Continuando
4º Os plágios e cópias dos escritos de livros de outros autores que foram feitos por Ellen White e atribuídos ao Espírito Santo. ( A SITUAÇÃO AQUI NÃO É MENOS GRAVE. VIDE QUE OCORRE O SEGUINTE: a) FALSIDADE E MENTIRA; b) APROPRIAÇÃO, FURTO E ROUBO INDEVIDO DO QUE FOI PRODUZIDO POR VÁRIOS AUTORES (Obs: ATRIBUI-SE A PRODUÇÃO DAS IDÉIAS FURTADAS DOS AUTORES, AO ESPÍRITO SANTO) E c) O USO DO NOME DE DEUS EM VÃO. Por que Os Srs. e a cúpula da IASD concordam com mais estas práticas pecaminosas?
5º Supressão de livro e de parágrafos errados nos livros “escritos Ellen White” que continham erros proféticos de Ellen White e erros científicos. AQUI OCORRE NOVAMENTE MENTIRA E MÁ FÉ. Por que o Sr. aceitam tais erros e práticas pecaminosas?
6º Alteração dos “escritos de Ellen White” pela IASD ao longo dos anos. Tudo isso foi feito, novamente ratifico, para esconder e apagar erros de Ellen White. DE NOVO O ESPÍRITO DA MENTIRA. Porque o Srs. e a cúpula da IASD concordam com mais esta prática pecaminosa?
7º Ellen White escreveu no passado que o cruzamento de homens com animais gerou raças inferiores. Seria o caso de um cruzamento de ser humano; com macaco ou um outro bicho ter gerado uma “espécie humana inferior”; o que é desmentido pela ciência. Isso foi apagado dos escritos de Ellen White irmãos. E aí, o que dizem a respeito?
8º Ellen White profetizou a volta de Jesus em seus dias. Afirmou que ela não morreria sem ver isto acontecer, e isso bem depois de 1844. E aí o que os Srs. acham disso?
9º A doutrina da IASD afirma erradamente que amar a Deus e a amar ao próximo é o resumo dos Dez Mandamentos. Onde na Bíblia isto está escrito? Em lugar algum. Há condutas e procedimentos humanos que não são contemplados ou normatizados pelos 10 Mandamentos. Exemplos: perdoar ao próximo, não ser racista, gostar dos pobres, ir ao orfanato visitar as crianças, ir ao hospital visitar um doente, ser caridoso etc. Certo ou errado? Classifique os exemplos que dei dentro dos Dez mandamentos.

Vou parar por aqui, senão a lista ficará enorme.
Não estão sendo feitas acusações, tudo que foi dito acima pode ser provado.
Se forem a favor da verdade, respondam, por favor, as questões acima e mostrem os erros.
Todavia se os Srs. não souberem responder pelo menos admitam isso.
Lembrem-se que Deus pedirá contas as pessoas que mesmo sabendo dos fatos, não investigam, não procuram analisar e preferem ficar do lado da mentira, se omitindo e se acomodando diante dos pecados, dos erros e das falsidades.
Obs: a maior parte dos adventistas é composto por pessoas de bem que desconhecem os fatos citados.

Que Deus abençoe a todos nós e nos livre, sempre e sempre do fanatismo e da cegueira espiritual

"EU QUERO IR PARA O CÉU, E VOCÊ"? disse...

ALBERTO:

Depois destas aberrações que escrevestes, encerro minha participação em seu blog.

Antes, deixo mais uma vez textos para sua reflexão:

Os.4:6>>"O meu povo foi destruído porque....meus Mandamentos....tb me esquecerei de seus filhos".

Tito 3:9-11>>"Mas não entres em questões loucas,...estando já em si mesmos condenados".

Se você for honesto consigo mesmo e para com Deus, descobrirá a quem estes textos a Bíblia está referindo-se.

Cuidado para NÃO TORCER o que a Palavra de Deus diz em Apc. 22:17-19.

Paz no Senhor;

ORLANDO R. NETTO

Francisco A. de Azevedo disse...

Orlando,

Saudações Cristãs!

Parece que estás confundindo. Não sou o Anônoimo X.

Não me lembro de ter dito aberrações..? Ou melhor procuro não dizer..

Relacione, por favor as aberrações assinadas por mim.. citando onde foram ditas.. por favor?

Se ficar Comprovado que que eu disse aberrações.. terei obrigação de me desculpar.. Então me ajude, pois pode ter alguem usando meu nome para escrever coisas em algum lugar..

Aguardando,

Obrigado.

Feliz ano novo pra você e seus familiares!

Cordilamente,

Alberto.

"EU QUERO IR PARA O CÉU, E VOCÊ"? disse...

Alberto:

É Alberto! Infelizmente tenho de dizer mais uma vez que és um LUNÁTICO.
Escreve um absurdo sobre a IASD no seu post anterior no dia 30 Dezembro, diz que não é você?

Espero da próxima vez que escrever alguma coisa sobre alguém, primeiro certifique-se a procedência para não cometer erros absurdos como estes que cometeu.

Bom ano novo!!!!

ORLANDO R. NETTO

Anônimo X disse...

Irmão Orlando e irmão Alberto, bom dia.
Primeiramente um feliz ano de 2012.
Pergunto ao irmão Orlando que aberrações eu disse?
Quem afirma deve provar.
É muito fácil tomar o tipo de atitudes que tomou quando não têm argumentos.
Pelo eu percebi o Sr. Orlando prefere acusar, se fazer de ofendido, de vítima, do que responder as questões que são levantadas usando a Bíblia.
As passagens que o Sr. Orlando citou:

Os.4:6>>"O meu povo foi destruído porque....meus Mandamentos....tb me esquecerei de seus filhos".

Tito 3:9-11>>"Mas não entres em questões loucas,...estando já em si mesmos condenados".
e principalmente Apc. 22:17-19.
Aplicam-se tão-somente A V.Sa.; Sr. Orlando que não aceita a Bíblia como regra de fé.

Sr. Orlando entre no site Ex adventistas, o que escrevi aqui, também escrevi lá com as mesmas palavras.
Não acuse o irmão Alberto do que ele não escreveu.
Portanto, na realidade o Sr. não responde ao que escrevi; porque não tem base bíblica e não tem humildade só isso.
Sera que: tornei-me, porventura, vosso inimigo, por vos dizer a verdade? Gálatas 4:16
Agora irmão Alberto, respeitosamente te pergunto: O que escrevi de errado?
Onde escrevi e assinei com o seu nome? Em lugar algum.
Por isso, fique tranquilo, nada do que foi escrito é aberração.
A realidade é que o Sr. Orlando não tendo resposta, preferiu atirar para o lado errado e se fazer de ofendido. A verdade é essa.
Por fim, quero deixar registrado que até agora não encontrei um único adventista que responda as questões que levantei.
Fazer o quê?

De todo modo, um abraço fraternal a todos.

Francisco A. de Azevedo disse...

Ao Anônimo X,

Feliz Ano novo também!

Me desculpe, sem querer deixei a entender que poderia haver alguma aberação. Não me apercebei de meu erro! Sinceramente, desculpe-me! No meu ponto de vista não escrevestes aberração alguma e espero que os ASD possam te responder sem divagar ou dissimular.

===========

Ao Orlando,

Feliz ano novo também!

Para começar bem o ano deves-me um pedido de desculpas, pois não sou o "anônimo X".

Fundamento bíblico:
O MANDAMENTO DIZ: "Não dirás falso testemunho contra o teu próximo".

Tiago

2.10 Pois qualquer que guarda toda a lei, mas tropeça em um só ponto, se torna culpado de todos.

Obrigado por participar com comentários... Que o Senhor nos ajude a ser mais tolerantes com as opiniões divergentes.

Cordialmente,

Alberto.

"EU QUERO IR PARA O CÉU, E VOCÊ"? disse...

AO ANÔNIMO X:

Este é o problema de não se identificar com o próprio nome, ou pelo menos, pseudônimo que diferencie dos outros.

Respondi como se fosse o Alberto, porque o mesmo por diversas vzs se identifica como anônimo e, se vc for outro como diz, deveria pelo menos dizer que não se tratava da mesma pessoa. Creio que, quando alguém deseja responder por outra em algum blog, penso que deveria se identificar para não haver confusão, como foi neste caso.

Isto não quer dizer que não concordo que aconteça, pois faço com frequência em diversos blogs, nunca tive problemas por este motivo.

Agora, ao vc dizer que aproveito para usar textos bíblicos, sugiro que faça o mesmo, ou seja, caso saiba usar o contexto, do contrário, é melhor não dizer nada.

Saiba que a Bíblia responde a si mesma, e é por isso mesmo que faço uso dela com frequência.

Feliz Ano Novo....

ORLANDO R. NETTO

Francisco A. de Azevedo disse...

Orlando,

Não entenda como ofensa o que vou dizer.

Neste caso houve um erro.

De que adianta a dureza? Não custa nada pedir desculpas.. Eu mesmo já pedi várias vezes...
Espero que Deus te abençõe amolecendo e sensiblizando seu coração e dando-lhe coragem para exercer este dom tão benéfico, pois nos torna mais humanos, ficando bem consigo mesmo, com Deus e com o próximo.

Ao admitirmos que somos humanos e pecamos(ERRAMOS), e que carecemos do perdão, bondade e misericórida de Deus, alcançaremos A GRAÇA(Favor imerecido).

Minha oração hoje é:

"Pai Perdoai as nossas ofensas, assim com perdoamos a quem nos tenha ofendido".

De seu amigo e irmão,

Alberto

Anônimo X disse...

Irmão Alberto, boa noite.
Um feliz 2012.

O Sr. escreveu o seguinte:

Me desculpe, sem querer deixei a entender que poderia haver alguma aberação. Não me apercebei de meu erro! Sinceramente, desculpe-me! No meu ponto de vista não escrevestes aberração alguma e espero que os ASD possam te responder sem divagar ou dissimular.

Está tudo bem irmão Alberto.
Quem dera que os adventistas, incluindo o Sr. Orlando, respondessem as indagações que foram feitas, de forma objetiva.
Todavia, infelizmente isso não ocorrerá. Por quê?
Porque quem questiona e levanta questões é considerado por eles como inimigo. Fazer o quê?
Vou usar aqui as mesmas palavras que o Sr. Orlando escreveu e usou contigo irmão Alberto:

"Será que este é o Alberto? Porque de vez em quando, entras com este pseudônimo. Você disse que os ASD atacam as denominações protestantes, às vzs se faz necessário, pois a melhor defesa é o ataque, ou seja, vc entende que é ataque porque é desmascarado perante a Bíblia, como não se admite o que faz, acaba levando para outro sentido.

Dou graças a DEUS porque estão fazendo com se cumpra as profecias. Oh! glória!!!"

Viu irmão Alberto como o Sr. Orlando é um verdadeiro fanático.
Ele pode questionar e escrever bobagens e palavras soltas e sem sentido.
Agora o que fiz? Simplesmente, ao contrário do Sr. Orlando, fiz várias afirmações e perguntas.
E o que o Sr. Orlando fez? Fez-se de ofendido e NADA RESPONDEU. NADA EXPLICOU.
TENHA CORAGEM E RESPONDA AS PERGUNTAS IRMÃO ORLANDO. LIBERTE-SE DO FANATISMO!!!!


Oremos a Deus e peçamos que ELE nos livre do fanatismo, nos dê amor e compreensão em nossos corações; e que liberte o Sr. Orlando do fanatismo e do farisaísmo.

Um abraço fraternal.

"EU QUERO IR PARA O CÉU, E VOCÊ"? disse...

A TODOS QUE PENSAM QUE OS ASD SÃO FANÁTICOS:

Seguir a Deus e obedecê-lo conforme a Bíblia ensina é fanatismo?

Realmente as profecias estão se cumprindo. O povo que procura obedecer a Lei de Deus serão perseguidos, conforme encontramos em Apc.12:17.

Pessoal da discórdia, não se ofenda pelo texto citado, caso queiram não participar dos flagelos de que a Bíblia fala, mude de lado enquanto a porta da graça não se feche.

O anônimo diz para me responder, a que? Se toda vez que respondo suas opiniões a respeito dos ASD já estão formadas?

Leiam a Bíblia com mais frequência e aceite as mensagens nela contidas.

Um Feliz Ano Novo a todos;

ORLANDO R. NETTO

Anônimo X disse...

Irmão Orlando, bom dia.
O Sr. escreveu o seguinte:

O anônimo diz para me responder, a que? Se toda vez que respondo suas opiniões a respeito dos ASD já estão formadas?

O Sr. como era de esperar fugiu e não respondeu as questões.
A minha opinião cada vez fica mais sodificada quando vejo que pessoas como o Sr. não respondem as perguntas que são levantadas.
Quero aproveitar para lhe pedir
que responda as dez perguntas/afirmações que foram feitas.
Por outro lado, aproveitando ensejo vou ainda escrever o seguinte:

No caso dos adventistas, temos um grande equívoco na interpretação particular de Ellen White. Veja o comentário que a Sra. Ellen White escreveu em O Desejado de Todas as Nações, 2004, Página 206, sobre a cura que Jesus realizou no paralítico de Betesda
“Por isso escolhera o sábado para nele realizar a cura de Betesda. Poderia haver curado o enfermo igualmente em qualquer outro dia da semana; ou simplesmente tê-lo curado, sem lhe dizer que levasse a cama. Isto, porém, não Lhe teria proporcionado a oportunidade que desejava."
"Um sábio desígnio guiava todos os atos de Cristo na Terra. Tudo quanto fazia era em si mesmo importante, bem como na lição que comunicava. Escolheu, entre os sofredores que se achavam junto ao tanque, o pior caso, para aí exercer Seu poder de cura, e pediu ao homem que levasse a cama através da cidade, a fim de publicar a grande obra de que fora objeto. Isso daria lugar à questão do que era ou não era lícito fazer no sábado, e abriria o caminho para Ele condenar as restrições dos judeus quanto ao dia do Senhor, declarando vãs suas tradições.” (O Desejado de todas as nações pg 206)

Ora, o homem poderia muito bem sair pulando e declarando aos quatro cantos da terra que estava curado, o fato do homem carregar a cama não despertou nos judeus, curiosidade ou espanto pela cura. Eles nem perguntaram quem o tinha curado.

Continua

Anônimo X disse...

Continuando


Repare, eles, os judeus, viram o homem carregando a cama e o alertaram para a proibição de carregar materiais (cargas); eles disseram: “hoje é sábado, não te é lícito carregar o leito”. e não perguntaram: quem te curou? Mas perguntaram: quem é o homem que te disse: toma teu leito e anda? (João 5:10-12)
Carregando a cama, o homem não publicou sua cura, só irritou os judeus, pois o tal homem estava quebrando claramente Jeremias 17 : 21-22.
Agora caríssimo irmão, observe bem esse trecho, em que a senhora Ellen White afirmou acima:
“...e pediu ao homem que levasse a cama através da cidade, a fim de publicar a grande obra de que fora objeto. Isso daria lugar à questão do que era ou não era lícito fazer no sábado, e abriria o caminho para Ele condenar as restrições dos judeus quanto ao dia do Senhor, declarando vãs suas tradições.”
Ela também escreveu:
“Ele (Cristo) viera para libertar o sábado daquelas enfadonhas exigências que o haviam tornado uma maldição em vez de bênção”(idem pg 206).
Observe: Ela disse que através daquele ato (o homem carregar a cama) se abriria o caminho para Cristo condenar as restrições dos judeus quanto ao dia do Senhor, declarando vãs suas tradições.
Perguntamos: Que restrições dos judeus? Que tradições? Foram os judeus que escreveram Jeremias 17 e outras leis? Era uma “tradição”? Era uma “enfadonha exigência” dos judeus a proibição de carregar lenha ou outros materiais?
O homem do episódio em pauta não recebeu uma ordem de Cristo para quebrar uma tradição...
Recebeu uma ordem para quebrar a lei do sábado!!!
E o que é pior; a mando de Cristo... Esse episódio do ex-paralítico carregar carga não apresenta quebra de nenhuma tradição dos judeus. O cenário e o contexto nada indicam sobre isso.

Continua

Anônimo X disse...

peresContinua

Outro detalhe é que não encontramos em lugar algum na Bíblia, a afirmação de que Jesus veio libertar o sábado; mas sim, Ele veio libertar as pessoas (Lc. 4:18) (Gal. 5:1) (Ap.1:5).
Foi Deus quem falou claramente através do profeta Jeremias, que no sábado era totalmente proibido carregar qualquer carga ou material, e Jesus mandou o ex-paralítico carregar sua cama no dia de sábado, quebrando a lei. (João 5:1-15).
Se coloque por um momento no lugar dos judeus; além de outras leis falando do sábado, eles liam nas Escrituras:
- Que a lei do 4º mandamento do decálogo dizia para: parar as atividades no shabbat; (Êx 20:8-10) e (Dt. 5:12-15)
- Que era proibido cozinhar (Êx.16:23).
- Que era proibido lavrar, arar, e colher (Êx. 34:21).
- Que era proibido fazer fogo (Êx. 35:2-3).
- Que era proibido apanhar lenha (Num.15:32-36).
- Que era proibido carregar cargas (Jeremias 17:21-22).
- Que era proibido praticar o comércio (Neemias 13:15-17).

E estava escrito claramente que qualquer um, fazendo qualquer trabalho, qualquer tarefa, seria morto (Êx. 31:14-15) (Êx 35:2); Núm. 15:32-36, então aparece um sujeito carregando uma cama... O que queriam que os judeus fizessem? Que dissessem: “tudo bem, tudo bem, já que você foi curado, pode carregar sua carga...” Por acaso a lei abria essa exceção?
Então Jeová determina uma coisa e Jesus faz outra?

POR FAVOR EXPLIQUE ESSA.
Obs: retirado e adaptado do site ex-adventistas.

Continua

Anônimo X disse...

Continua

Agora outra questão:

Se Jesus não veio para mudar a lei, mas para obedecer, na ótica e do modo como os adventistas acreditam.
Quero te perguntar o seguinte: Por que os transgressores dos 10 mandamentos não devem ser apedrejados nos dias atuais?

Veja que Jeová determinou o seguinte:

Êxodo 31:12-15. Falou mais o SENHOR a Moisés, dizendo: Tu. Pois fala aos filhos de Israel, dizendo: Certamente guardareis os meus sábados, porquanto isso é um sinal entre mim e vós nas vossas gerações, para que saibais que eu sou o SENHOR que santifica.
Portanto, guardareis o sábado porque santo é para vós, aquele que o profanar CERTAMENTE MORRERÁ, porque aquele que nele fizer alguma obra, aquela alma será extirpada do meio do seu povo.

Êxodo 35:2 Seis dias se trabalhará, mas o sétimo dia vos será santo, o sábado do repouso do SENHOR, todo aquele que fizer obra nele morrerá.

Números 15:32-36. Estando pois os filhos de Israel no deserto, acharam um homem apanhando lenha num sábado. E os que o acharam apanhando lenha o trouxeram a Moisés e Aarão, e a toda a congregação. E o puseram em guarda porque ainda não estava declarado o que se lhe devia fazer.
Disse, pois, o SENHOR a Moisés: Certamente morrerá o tal homem; toda a congregação com pedras o apedrejará fora do arraial.
Então, toda a congregação o tirou para fora do arraial e com pedras o apedrejaram, e morreu, como o SENHOR ORDENARA A MOISÉS.

Então responda:
Os transgressores dos 10 mandamentos devem ser apedrejados? Sim ou não?

Continua

Anônimo X disse...

Continua

Em relação à Ellen White, ela cometeu muitos erros. Portanto não acredite apenas, pesquise.
Leia o livro "Nuvem Branca" de Dirk Anderson, o artigo "Amálgama de Besta e Homem. O que Ellen White quis Dizer? de Gordon Shigley e "A mentira Branca" de Walter Reá.

Não acredite irmão. Isso é insuficiente. Leia, pesquise, compare, pergunte. Só assim poderá tirar suas próprias conclusões.

Um abraço fraternal.

Gênes Soares disse...

Bem queridos o meu nome é Gênes Soares, sou Adventista do Sétimo Dia a 21 anos, tenho participado de debates sobre temas bíblicos, gostaria de também poder trocar informação bíblica para com os irmãos aqui do blog.

Bem em 1º lugar parabenizo o irmão Francisco A. de Azevedo por criar o blog com o intuito de podermos expor as nossas ideias a respeito de temas bíblicos, e pelo respeito que o irmão tem para com os demais participantes que pensam diferente do irmão, deixando que os seus comentários fiquem visíveis para que os demais possam fazer juízo dos mesmos.

Porque digo isso querido Editor:

Porque alguns blogs, dito cristãos além de não respeitarem quem pensa de forma diferente deles não respeitam nem a sua própria politica.
Postam os comentários e depois quando da parte dos mesmos não se tem uma refutação logo tiram.

Sendo que o mesmo respeitou a sua politica, isso além de falta de respeito tanto para quem fez o comentário quanto para com os demais participantes isso também é ante- ético.

Gostaria de perguntar ao irmão se terei a oportunidade de poder me expressar, trocar informação com o irmão de forma respeitosa e com os demais irmãos do blog.
Sem o uso de SACARMO me referindo ao IRONISMO ZOMBARIA RISADAS.

Se a sua resposta for afirmativa, gostaria que o irmão postasse aqui para mim os regulamentos, ou seja, a politica do blog.

Desde já estarei aquardando a vossa resposta.

Atenciosamente.

Gênes Soares.

Francisco A. de Azevedo disse...

Gênes Soares,

Saudações em Cristo!

Costumo moderar quase todos os comentários que são postados. Porém quando o assunto entra em "luping" repetitivo costumo avisar aos participantes do fato e passo o e-mail de um para o outro para que continuem os debates de forma privada.

No caso deste post: "GUARDAR OS "DEZ MANDAMENTOS" É SINÔNIMO DE AMAR A DEUS E AO PRÓXIMO?", Penso que o assunto está praticamente esgotado; portanto peço aos leitores que antes de postar qualquer comentário leiam todo o texto do post e todos os comentários antes de fazer qualquer comentário, atendo-se ao assunto em foco.

Basta ver que aqui temos 134 comentários.

TE PERGUNTO: LESTES TODOS ELES?

Todas as participações são bem vindas, desde que dentro destas limitações para o bom entendimento do assunto em foco.

Cordialmente,

Alberto.

Anônimo X disse...

Irmão Alberto, bom dia.
Creio que o assunto esteja esgotado mesmo.
Só lamento o fato de nenhum adventista ter refutado ou respondido ao que perguntei.
Outro fato que lamento foi a postura do irmão Orlando que o acusou falsamente e não teve a humildade em se desculpar; pedir perdão.
Acredito que o irmão Orlando tenha feito isso porque os Dez Mandamentos não apontam o seu erro.

Um abraço fraternal.

Anônimo disse...

Realmente a bíblia diz que pecado é transgressão da LEI e não apenas dos dez mandamentos.

Anônimo X disse...

Irmão Gênes, boa noite.
O que o Sr. comentou é verdade.
Todavia, ao contrário deste blog, os blogs da IASD se enquadram direitinho no que o irmão afirmou:

"Porque alguns blogs, dito cristãos além de não respeitarem quem pensa de forma diferente deles não respeitam nem a sua própria politica.
Postam os comentários e depois quando da parte dos mesmos não se tem uma refutação logo tiram".

Só que nos blogs da IASD as perguntas "embaraçosas" sequer são postadas.

Mudando um pouco de assunto, aproveito o ensejo para convidá-lo a responder as perguntas que fiz ao Sr. Orlando.

Um abraço fraternal.

Junior_Ja7 disse...

A idéia de que os 2 mandamentos resumem os 10 mandamentos, não é dos Adventistas. A própria Bíblia responde isso:
Romanos 13:9-10

Veja este video também:
http://www.youtube.com/watch?v=4_yb54Qyx18

Francisco A. de Azevedo disse...

JA7,

Lamento, mas a Bíblia discorda.

A Bíblia diz que destes dois mandamentos dependem "TODA LEI E OS PROFETAS"; ela não diz destes dois mandamentos dependem "os dez mandamentos". Repense e reflita bastante, pois nos dez mandamentos temos apenas obrigações e nada de manifestação espontânea de amor a Deus a ao próximo.